CLIQUE NO BANNER E CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO NATAL DE GARANHUNS

Mande seu currículo

Mande seu currículo
SELEÇÃO EM GARANHUNS E REGIÃO. MANDE SEU CURRÍCULO

segunda-feira, 10 de julho de 2017

TRAGÉDIA ANUNCIADA: Busca por sobreviventes continua sete horas após desabamento de prédio em Garanhuns


Cerca de 20 militares do Corpo de Bombeiros continuam as buscas por dois desaparecidos sob os escombros do desabamento de um prédio de dois andares no bairro de Aluísio Pinto, em Garanhuns. O bloco de apartamentos ruiu por volta das seis horas da manhã deste dia 10 de julho.  

VEJA TAMBÉM

Encontrado corpo de funcionário da Prefeitura vítima de desabamento de prédio em Garanhuns

Encontrado segundo corpo nos escombros de prédio que caiu em Garanhuns




Duas pessoas foram resgatadas com vida logo após o desastre, mas outros dois adultos encontram-se desaparecidos. Os resgatados são uma mãe, identificada como Genicelia Cardoso de lima Arcoverde, de 30 anos, e sua filha recém-nascida, a pequena Ana Raquel, de apenas 20 dias. As duas foram socorridas para o Hospital Regional Dom Moura e, felizmente, já tiveram alta. Situação mais delicada é a de Edval Soares da Silva, 66 anos, e Antônio Ferreira Arcoverde Botelho, 32. Segundo informações de familiares eles estavam no interior do prédio no momento do desabamento e estão sob os escombros. Antônio Arcoverde é funcionário da Prefeitura Municipal de Garanhuns, lotado na Procuradoria Municipal. 

Apesar do trabalho ininterrupto dos Bombeiros e Defesa Civil desde o início da manhã, até às 13 horas e 30 minutos desta segunda, nenhuma das duas vítimas haviam sido localizadas. A retirada dos blocos de concreto ocorre lentamente, de forma minuciosa, e deve entrar pela noite. Refletores foram instalados pela Prefeitura Municipal para ajudar, caso os procedimentos entrem no período noturno. Cães farejadores pertencentes ao Corpo de Bombeiros do Recife chegaram ao local para ajudar nas buscas.
Antônio Arcoverde está desaparecido
TRAGÉDIA ANUNCIADA
Em entrevista ao repórter Aurimar Ferreira, da Rádio Jornal, a mãe de Antônio Arcoverde disse que o filho se queixava de problemas estruturais no apartamento, como infiltrações e rachaduras na parede. Antônio teria ido até a imobiliária reclamar sobre as irregularidades e estava procurando um novo imóvel para alugar, temendo que pudesse acontecer o pior. Segundo outro morador, há algum tempo atrás, engenheiros da Prefeitura de Garanhuns fizeram uma vistoria no imóvel e afirmaram que não existia risco de desabamento.

ENTENDA O CASO
Um prédio de dois andares desabou no início da manhã desta segunda-feira, 10 de julho, em Garanhuns. A edificação ficava localizada na Rua Desembargador João Paes, no bairro Aluísio Pinto, por trás do Expresso Cidadão.  Duas pessoas, sendo uma bebê recém-nascida e sua mãe, foram socorridas pelo Samu e outras duas estão desaparecidas.  Ainda de acordo informações, no imóvel funcionava um bloco de seis apartamentos que veio totalmente abaixo no início da manhã. 

PARA SABER MAIS CLIQUE AQUI
Cães farejadores





VEJA VÍDEO COM O TRABALHO DOS BOMBEIROS







PUBLICIDADE


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...