sexta-feira, 15 de abril de 2016

TRAGÉDIA FAMILIAR:Comandante do 9º BPM não confirma nem descarta suposto suicídio de homem que matou irmão e um funcionário em garanhuns

Um bombardeio de informações e boatos tomaram conta das redes sociais no que se refere a um duplo assassinato ocorrido em Garanhuns no início da noite desta quinta, 14/04. Um construtor assassinou seu próprio irmão e um funcionário pedreiro. As informações divulgadas nos grupos do WhatsApp e Facebook davam conta de que o homicida havia sido encontrado morto, supostamente tendo cometido suicídio. No final da manhã de hoje, o comandante do 9º BPM, Ely Jobson, em entrevista ao radialista Eduardo Peixoto, no programa Ronda Policial, afirmou que até ás 11h50min desta sexta, 15 de abril, não havia nenhuma confirmação da veracidade da informação. "Tomamos conhecimento através das redes sociais, mas ate o momento ( 11h50) nenhuma informação oficial chegou até nós . Nosso efetivo em Paranatama ( local onde supostamente teria sido encontrado o corpo) continua fazendo diligências  para localizar o veículo ou o corpo, que segundo os boatos, estariam naquela região, mas até o momento nada foi encontrado. Esperamos que não seja verdade" , disse Jobson.

ENTENDA O CASO
Um duplo assassinato foi registrado por volta das 18 horas desta quinta-feira, 14 de abril no bairro da Boa Vista, em Garanhuns. Rogério Gomes Cabral, vulgo "Ro", um construtor de 35 anos, residente na Rua José Brasileiro Vila Nova, nº 45, Boa Vista, matou seu irmão com disparos de arma de fogo dentro da sua casa, na frente da própria mãe, após uma discussão. Momentos depois, se dirigiu à Rua Tomé Cavalcanti onde residia um pedreiro funcionário seu e também ceifou a vida do mesmo.

O irmão morto foi identificado como, Roberto Gomes Cabral, de 34 anos conhecido como Beto.  Já o Pedreiro é Alex Ferreira Gomes, de 26 anos, residente na Tomé Cavalcanti, 253. Tanto o irmão quanto o pedreiro ainda chegaram a ser socorridos para o Dom Moura, mas morreram naquele hospital. Segundo a polícia, o crime tem ligação com o trabalho dos três envolvidos. Rogério era construtor e atuava junto com o irmão. O pedreiro era funcionário do assassino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger