domingo, 27 de março de 2016

FEZ DURAS CRÍTICAS AO PREFEITO: Em carta aberta à população de Garanhuns, PSB local diz que Izaías fala demais e faz de menos pela saúde do município





O PSB de Garanhuns, através de seu presidente, Nivaldo Azevedo, divulgou uma carta aberta à população de Garanhuns na qual faz duras críticas à  Izaías Régis no que se refere à condução da saúde municipal por parte do prefeito. O desagravo se pauta por uma defesa do Governo Paulo Câmara, constantemente atacado por Régis em suas entrevistas.


CONFIRA A ÍNTEGRA DO DOCUMENTO ABAIXO.


CARTA ABERTA À POPULAÇÃO DE GARANHUNS,PELA VERDADE E POR UMA GESTÃO POPULAR NA SAÚDE




"O Prefeito Izaías Régis continua fazendo acusações ao Governo do Estado nas áreas de saúde, educação e turismo, em indisfarçável tentativa de ocultar os seus deslizes e deficiências no plano municipal.

Resolveu, agora, condenar o Governo Estadual por não ter construído ainda o novo Hospital Mestre Dominguinhos, quando é sabido que o Governador Paulo Câmara mal completou o primeiro ano de seu governo. Paulo vem enfrentando a crise econômica sem os traumas financeiros que outros estados mais ricos da federação estão atravessando. Como Izaías pode cobrar esta obra no início de um governo, se ele próprio deixará de realizar as grandes obras de infraestrutura que prometeu em sua campanha, a exemplo da reforma do centro da cidade e do Distrito Industrial?

Izaías cobra o novo hospital regional para que possa, mais uma vez, utilizar como se fosse municipal, fugindo de suas responsabilidades na Atenção Básica, pelo erro de ter fechado o Hospital Municipal e não colocar a UPA24h para funcionar.


Reclamou que não recebeu apoio do Governo Estadual para o Festival de Jazz, na tentativa ilusória de passar para o estado o ônus de sua equivocada e prejudicial decisão de acabar com o evento que atraía investimentos para Garanhuns durante o carnaval. O Estado investiu, em 2015, em torno de R$ 7 milhões no Festival de Inverno, e duas atrações bancadas pelo Governo Municipal, são objetos de investigação no Ministério Público por superfaturamento de cachés. Em 25 anos, o estado nunca, em momento algum, respondeu alguma acusação do tipo envolvendo o evento símbolo da cidade. Imaginem se a atual Gestão Municipal tomasse conta do FIG.

É louvável a sua ansiedade quanto ao hospital, mas o prefeito deveria estar mais preocupado com a população carente de atendimentos básicos de saúde que o município negligencia, mesmo dispondo de 38 Postos de Saúde “funcionando plenamente”, conforme anuncia o seu Secretário Adjunto de Saúde,Sr. Harley Davidson.

 De forma leviana e irresponsável, em entrevista à imprensa local, o  Secretário afirmou que esses 38 postos atendem 4.000 (QUATRO MIL)  pacientes por dia, o que representaria um atendimento de cerca de 80%  (OITENTA POR CENTO) da população de Garanhuns por mês. A ser verdadeira esta fantástica afirmação, não sobrariam pacientes para serem atendidos pelo Hospital Dom Moura, pela UPAE, pelo Hospital Infantil, pelos  hospitais particulares que atendem os planos de saúde e os pacientes do SUS, a exemplo do Perpétuo Socorro.


 DESAFIAMOS o Governo de Izaías para apresentar, documentadamente, por servidor responsável, e prove se for capaz, os registros (prontuários) de  atendimentos de 4.000 pacientes de baixa complexidade por dia, ou seja, 120.000 certificados, conforme anunciados durante o mês de janeiro de  2016, tomados por exemplo.


Enquanto isso, apenas o Hospital Dom Moura contabilizou nesse mesmo mês 6.108 atendimentos, e em fevereiro 8.410, emergenciais nas áreas geral, pediátrica, obstétrica e odontológica. Realizou 72 partos normais e 62 cirúrgicos, 65 procedimentos cirúrgicos, 75 traumatológicos e 544  internamentos.


Em contrapartida, o Governo Izaías Régis fechou o Hospital Municipal e já anunciou que a UPA24h, cuja construção ficará pronta em junho, não será  implantada por não dispor de recursos para mantê-la. Segundo Izaías, que  esteve em Brasília-DF em novembro passado para tratar desse assunto, a  Prefeitura não terá condições para arcar com os custos de funcionamento  da Unidade. O prefeito, que reclama do Governo do Estado, pediu ajuda a Paulo Câmara para colocar a UPA24h para funcionar, durante o Seminário Todos por Pernambuco, no ano passado.


 "O custo para a manutenção mensal da UPA24h é de mais de um milhão de reais. O repasse do Governo Federal não representa 20% desse valor o que torna improvável que o município consiga resolver arcar com os custos. Minha preocupação, enquanto Gestor, é que não consigamos manter a  Unidade de Saúde, já que o custo é muito alto para o Governo Municipal" conforme declarou em entrevista à Rádio Jornal.


Pergunta-se: Para que inventou, se não tinha condições de colocá-la em funcionamento? Para que anunciou com estardalhaço e permitiu que o Governo Federal gastasse em vão dois milhões de reais na construção sem proveito algum? O prédio destinado à UPA24h vai ficar abandonado como as duas escolas que desativou há mais de dois anos? Para que iludir a população com promessas vazias, que não vai realizar? Somem-se a esta, tantas outras.

Enquanto se recusa atender à população carente, Izaías Régis vê o Governo do Estado, que ele tanto critica, convocar 2.560 profissionais de saúde concursados para reforçar a assistência à população de todo o Estado!


Em Garanhuns, os concursados só começaram a ser convocados depois que a vice-prefeita, Rosa Quidute, precisou confrontar o próprio prefeito e grande parte dos secretários, que não queriam chamar os aprovados do concurso. Toda a sociedade acompanhou a luta da vice-prefeita, e somente depois, o prefeito, para dar satisfação, alegando ter um planejamento, deu continuidade às convocações. Em uma clara afronta à opinião pública, tentou desqualificar o trabalho de Rosa Quidute, em apenas 15 dias, fez mais pelos concursados que todo o mandato do prefeito.


O prefeito Izaías Régis alega não ter recursos para atender 400 pacientes/dia na UPA24h, mas tem dinheiro de sobra para gastar mais de um milhão de reais mensais em uma licitação para contratação de mão de obra terceirizada, incluindo 300 auxiliares de serviços gerais, sem qualquer qualificação que, na verdade, destinam-se a distribuir empregos aos protegidos em plena campanha eleitoral. Não seria melhor investir na saúde?

 A conta é fácil. A parcela que o Prefeito alega não “dispor de recursos para mantê-la” será na ordem de R$ 800.000,00 mensais. Isso para acudir ao atendimento de 400 pacientes diários de baixa e média complexidade, que daria um alívio enorme aos serviços de saúde básicos em Garanhuns. Ou seja, não é gasto, é investimento na saúde da população. Talvez Izaías não entenda esta situação, pois não costuma trabalhar as políticas públicas sociais, negligenciando saúde e educação, apenas olhando as cifras, os gastos e os lucros da administração. Os próprios professores estão denunciando o que chamam de caos na educação, com escolas sucateadas, falta de materiais e merenda, e até água potável para os alunos, que estão levando de casa.


Por tudo isto, em vez de criticar o Hospital Dom Moura, o prefeito Izaías deveria era agradecer que o Hospital Regional acaba funcionando como Hospital Municipal, cobrindo as deficiências de sua rede de saúde. O Hospital Estadual, que atende 21 municípios, não esconde estar saturado pelos atendimentos de Garanhuns, e isto acontece, em parte, por conta da administração do Prefeito Izaías Régis ter fechado seu hospital municipal, um centro de fisioterapia, não aparelhar devidamente os Postos de Saúde e privar a população de uma UPA24h, priorizando os investimentos em obras de calçamento. Torna-se cômodo para o prefeito não oferecer os serviços e ainda jogar a população contra o Hospital Dom Moura.


Vamos tratar a questão da saúde em Garanhuns com mais seriedade. Essa é  a aspiração da população, que precisa que o Governo Municipal faça sua parte.E para começar, seria bom a Secretaria de Saúde apresentar os documentos que comprovam este atendimento impressionante de 80% da população de Garanhuns, mensalmente, em seus Postos de Saúde. Pois a gestão tem falado demais, e feito de menos."



Garanhuns, 27 de Março de 2016

Nivaldo Azevedo

Presidente do PSB Garanhuns

PARA CONFERIR A RESPOSTA DO PARTIDO DE IZAÍAS RÉGIS ÀS ACUSAÇÕES DO PSB DE GARANHUNS CLIQUE AQUI

2 comentários:

  1. Isaías um dos melhores prefeitos que Garanhuns já teve(pelo menos neste primeiro mandato) Paulo câmara, uma gestão insensível, incompetente sem nenhum compromisso com o povo,se o povo tiver um mínimo de inteligência e justiça em 18 se muda essa situação. Vieira lima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo qual a grande obra que izaias fez nesses 3 anos de governo, fora asfaltar ruas com asfalto sonrizal?
      Calçar ruas e fazer saneamento básico e merenda em escola é obrigação de qualquer gestor.

      Excluir

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger