terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Rotary Clube e INSS em Garanhuns promovem teste gratuito para detectar hepatite C nesta quarta,16/12

Ação acontecerá no prédio do INSS, situado na Praça Dom Moura, centro de Garanhuns. 


A Hepatite C é uma doença silenciosa e pode levar à morte. O Rotary Clube de Garanhuns e o INSS oferecerão na manhã da próxima quarta-feira (16), exames para identificação da hepatite C, com testes rápidos para diagnosticar a doença. A ação acontecerá no prédio do INSS, situado na Praça Dom Moura, centro de Garanhuns. 

A hepatite C representa a principal causa de transplante de câncer de fígado no país. Estima-se que nove mil mortes por ano por doenças no fígado estejam relacionadas à hepatite C e que quase três milhões de brasileiros estejam infectados pelo vírus. Esta hepatite é causada pelo vírus VHC transmitido principalmente por sangue contaminado. A infecção pode também ser transmitida pelo contato sexual e por via perinatal (da mãe para filho) sobretudo durante a gravidez e o parto, assim como pelo compartilhamento de seringas, agulhas ou de instrumentos para manicure, pedicure, tatuagem e colocação de piercing quando os materiais não são esterilizados. 

Quem recebeu transfusão de sangue antes de 1993 também pode ter adquirido hepatite C. A tendência é os pacientes desenvolverem uma forma crônica da doença que leva a lesões graves no fígado, como cirrose, câncer no fígado e insuficiência hepática, uma vez que a maioria não sabe que tem a doença e a evolução da enfermidade costuma ser lenta e o diagnóstico tardio. Na maior parte dos casos, a hepatite C é assintomática, mesmo quando o fígado já está bastante afetado pela doença. Em algumas situações, porém, pode ocorrer uma forma aguda da enfermidade, que antecede a forma crônica e provoca os seguintes sintomas: mal estar, vômitos, náuseas, pele amarelada (icterícia), dores musculares, perda de peso e muito cansaço. Ascite (barriga d’água) e confusão mental podem ser sinais de que a doença atingiu estágios mais avançados. Ainda não existe vacina contra a hepatite C, mas os portadores do vírus devem receber as vacinas contra as hepatites A e B, a vacina contra gripe todos os anos e a vacina contra pneumonia. A hepatite C é uma das poucas enfermidades crônicas que pode ser curada. Quando não é possível, o tratamento busca conter a progressão da doença e evitar as complicações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger