sexta-feira, 24 de julho de 2015

VELHOS E ÓTIMOS NOVOS BAIANOS: Pepeu Gomes, Moraes Moreira, e seu filho Davi Moraes, se apresentam na Praça Mestre Dominguinhos na 8ª noite do FIG 2015

Pepeu Gomes brilhou na Praça Mestre Dominguinhos: FIG 8º DIA
Foto - V&C

Há dois dias do fim, o 25º Festival de Inverno de Garanhuns já começa a deixar saudades e, em sua oitava noite, o evento agregou em seu palco principal dois dos integrantes dos Novos Baianos. Em shows separados e cada um ao seu estilo, estes dois velhos e ótimos Novos Baianos escreveram seus nomes na história dos FIGs trazendo bons shows e guitarradas para a Praça Mestre Dominguinhos.

Pepeu Gomes, que teve a apresentação antecipada, fazendo com que muita gente perdesse seu show, ou parte dele, trouxe ao FIG 2015 seus grandes sucessos e levou a plateia à catarse quando homenageou Pernambuco entoando " A cidade", uma paulada de Nação Zumbi e Chico Science. Aos 63 anos, Pepeu brilhou e mostrou a mesma energia e empolgação do tempo em que iniciou a carreira nos Novos Baianos. E olha que isso já faz mais de 40 anos. Como tudo que começa uma hora acaba, o cantor encerrou sua passagem por Garanhuns com a consagrada canção Todo Dia era Dia de Índio, uma composição de Jorge Ben Jor, eternizada na voz de Baby do Brasil, sua ex-esposa e mãe dos seus seis filhos. Falando em Baby, ela e Pepeu se apresentarão juntos no Rock In Rio, após 27 anos. O show acontece em setembro. Imperdível. 

Público aplaudiu muito o show do baiano Pepeu Gomes
Foto - V&C

Por volta de uma e meia da manhã, já na madrugada desta sexta, o acadêmico Moraes Moreira entrou no Palco Mestre Dominguinhos trazendo consigo seu filho e músico Davi Moraes. É acadêmico porque o baiano foi empossado em maio na Academia Brasileira de Literatura de Cordel e agora transita entre o cantar e o recitar, entre o cantor e o cantador.

O show de ontem foi apenas o 2º da 1ª turnê que pai e filho estão fazendo juntos e começou inspirado nas melodias afro-brasileiras do Cd Nossa Parceria, álbum que contém 10 músicas inéditas de autoria dos dois. Um momento também marcante foi um poema recitado por Moraes em homenagem a Dominguinhos que arrepiou os presentes. Contando com um público não muito numeroso, mas fiel, Moraes Moreira só foi cantar seus grandes sucessos na metade da apresentação e foi aí que ele levantou a massa com as consagradas Sintonia e Pombo Correio. Assim que terminou a saga dos dois Moraes pela 25ª Edição do Festival de Inverno de Garanhuns. Uma bela parceria onde, hora filho coadjuvava pai, hora pai, humildemente, coadjuvava filho. Salve a Bahia. 
Davi Moraes e Moraes Moreira fecharam as apresentações da 8ª noite do FIG 2015
Foto - Secom

Público durante show de Moraes Moreira e Davi Moraes
Foto - V&C
Além dos dois baianos. se apresentaram nesta quinta (23/07) Alexandre Revoredo e  DJ Dolores e Banda Sonora. O garanhuense foi o responsável pela abertura da oitava noite de shows do 25º Festival de Inverno de Garanhuns e atraiu seu público sempre fiel. Já DJ Dolores e Banda Sonora deixou a plateia ruborizada com a Polca do cu, canção que tirou onda do aparelho excretor de todo mundo, inclusive do de Silas Malafaia, Eduardo Cunha e  Marco Feliciano.
DJ Dolores e Banda Sonora foram a terceira atração da quinta (23/07)
Foto - V&C

A festa entra no seu penúltimo dia nesta sexta-feira (24/05)  CONFIRA A PROGRAMAÇÃO    AQUI

Garanhuense Alexandre Revoredo iniciou as apresentações -foto -Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger