domingo, 26 de julho de 2015

CASA CHEIA:Capital Inicial leva 65 mil pessoas ao delírio em show de encerramento do FIG 2015

Capital Inicial no FIG 2015
Foto: Stúdio C
Se você foi à Esplanada Cultural Mestre Dominguinhos ontem deve concordar que, por volta de uma e meia da madrugada, horário em que a última atração entrou no palco, ninguém podia dar um passo pra frente, pro lado ou pra trás. A casa, ou melhor, a praça, estava em sua lotação máxima, afinal quem estava encerrando o FIG 2015 era Capital Inicial. Se não se podia andar por falta de espaço, pular e balançar os braços era o único movimento possível e permitido e foi isso que a multidão de cerca de 65 mil pessoas usou para interagir com Dinho Ouro Preto e sua trupe que, debaixo de uma chuva fina, encerrou em grande estilo a 25ª Edição do Festival de Inverno de Garanhuns.
Dinho mergulhou no meio do público no início da apresentação
Foto: Stúdio C

Logo no início da apresentação o vocalista mergulhou nos braços do povo, que teve dificuldade em recolocá-lo de volta no palco. Recomposto, Dinho retribuiu o calor humano cantando por cerca de duas horas um  repertório que contou com os grandes sucessos do Capital, com músicas do Aborto Elétrico, dos Raimundos e tributos a Charlie Brown Jr. e Legião Urbana. E foi com "Que País é Esse", do saudoso Renato Russo, que Dinho levou o público ao êxtase. Antes, fez uma incisiva crítica aos políticos do país e ao atual estado de coisas do Brasil. "Esses engravatados de Brasília não me representam. Eduardo Cunha, Sarney e Collor não me representam", gritou o cantor com a energia de sempre. 
Show do Capital Inicial no Festival de Inverno de 2015
Foto: Tetto Drone
Dinho usou uma rede social para
comentar show em Garanhuns
Dinho ainda mergulharia outra vez no meio do povo e ainda levaria este à histeria muitas outras vezes ao longo do show, que terminou às 3h30min com Primeiros Erros. "Eu já tinha assistido ao show do Capital Inicial no FIG de 2007 e aquilo já tinha sido histórico, o de hoje superou todas as expectativas. Um encerramento à altura dos 25 anos do Festival de Inverno de Garanhuns, um merecido jubileu de prata", afirmou um fã que estava entre os 65 mil especadores da Praça Mestre Dominguinhos. Mesma impressão teve o próprio Dinho ao usar uma rede social para comentar o show. "Garanhuns, o que foi aquilo ontem? Fala Sério. Nunca vi um povo mais animado. Simplesmente o máximo. Obrigado galera. Viva Pernambuco", escreveu o cantor.
FIG 2015:Público superlotou Praça Mestre Dominguinhos no show do Capital Inicial
Foto: Tetto Drone

PRAÇA TEVE ENTRADAS FECHADAS POR VOLTA DAS 11H30MIN

Todas as entradas da praça foram fechadas por volta das 23h30min pelo Corpo de Bombeiros e muita gente ficou sem poder entrar. A decisão, impopular, mas acertada, foi para garantir a segurança das pessoas, já que o local tinha atingido naquele horário sua lotação máxima. De acordo com estimativas da Prefeitura, entre 65 mil e 70 mil pessoas compareceram à última noite de shows do 25º Festival de Inverno de Garanhuns, que ainda contou com apresentações da garanhuense Andrea Amorim, do grupo Bonsucesso Samba Clube e da banda pernambucana Mombojó. Sobre o show deles, fizemos um capítulo a parte que você pode conferir clicando AQUI
Nos braços do povo: Dinho Ouro Preto no FIG 2015
Foto: Secom PMG
FIG 2015: 65 mil pessoas lotaram Esplanada
Cultural Mestre Dominguinhos em Garanhuns

Segundo mergulho do vocalista nos braços do povo: irreverência
Foto: Stúdio C






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger