sexta-feira, 28 de julho de 2017

Moto roubada em Alagoas é recuperada na BR-423 em Garanhuns, PE


Uma moto roubada foi recuperada na quinta-feira (27) em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o veículo - que estava sem placa - foi apreendido durante uma abordagem a um caminhão na BR-423. Segundo a PRF, um idoso de 66 anos apresentou uma nota de venda e compra com indícios de falsificação. Na verificação os agentes da PRF descobriram que o veículo havia sido roubado em Alagoas no ano de 2015. O homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Garanhuns.

Do G1

Garanhuense concorre ao Miss Teen Pernambuco neste sábado (29)


A jovem Giovanna Areias,  Miss Teen Garanhuns 2017, está de volta aos concursos de beleza.  Ela é nossa representante no concurso Miss Teen Pernambuco 2017, que acontece neste sábado, 29,  às 20 horas no La Casa Recepções, AV. Bernadete Barreto, em Piedade no Recife. Giovanna tem 17 anos e é estudante do 3º ano do Ensino Médio no Colégio XV. 

Quem coordena o evento é o empresário da Moda Oscar Fidelis da Agência Fidelis Models Agency.  Para assistir  o Miss Teen sábado basta acessar @fcmisspernambucooficial  e acompanhar ao vivo.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

VAQUEJADA PRIME: Geraldo Cardoso lança 17º CD de sua carreira


Atualmente com 16 trabalhos lançados que inclui três vinis, três DVDs e 10 cds, Geraldo Cardoso está lançando o 17º trabalho de sua carreira, intitulado Vaquejada Prime” com a mesma vivacidade do início da carreira.

Cantor e compositor de vários sucessos como: “Agora Pense” gravado por ele com a participação de Flávio José, “Um Matuto em Nova Iorque” inserida na trilha sonora da novela América(Rede Globo), “Flecha-Flechou” que fez grande sucesso nos anos 90 na voz do pernambucano Jorge de Altinho. Geraldo Cardoso continua compondo sucessos como “Casa de Tapera”, “Só pra te Dizer” na voz do baiano Adelmário Coelho, “Lembrança de Nós” num dueto com Altemar Dutra Jr e tantos outros artistas que gravaram suas obras.

Alagoano da cidade de Quebrangulo, Geraldo Cardoso-O Matuto de Luxo como é conhecido, conquistou um grande público em mais de duas décadas na estrada.  “Quero dividir com todo meu público a emoção de estar inaugurando uma nova fase em minha vitoriosa carreira”. O CD Vaquejada Prime traz 18 faixas onde o artista bebe de várias fontes musicais, adicionando ao seu trabalho novas batidas como também uma nova sonoridade mas sem perder a essência do  trabalho que o tornou conhecido.

O novo CD conta com a participação especial do seu conterrâneo Mano Walter nascido e criado na mesma rua, fazem dueto na faixa “Desilusão de um Vaqueiro” de sua autoria com seu parceiro Ari Perciano que também virou um vídeo clip que está disponível no seu canal no YouTube, tudo arranjado pelo produtor musical Silvano Queiróis.

Vaquejada Prime- a palavra vem do verbo primar, o mesmo que: destaque, evidencie, realce ressalte ou ainda “Vaquejada de Primeira” já vem ocupando um grande espaço na mídia regional e nacional.

Festival de Inverno de Garanhuns garante acessibilidade no cinema e em sessões teatrais


Em mais uma edição, o Festival de Inverno de Garanhuns oferece programações acessíveis a pessoas com algum tipo de deficiência. Na tarde de quarta-feira (26), surdos puderam viver a experiência de conferir o longa-metragem Amigos de Risco, de Daniel Bandeira. Em parceria, pelo terceiro ano consecutivo, com o Festival VerOuvindo, a 13ª Mostra de Cinema do FIG exibiu o filme pernambucano no Cine Eldorado com legendas, audiodescrição e interpretação em libras.
Após os primeiros pronunciamentos da coordenadora de Audiovisual da Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult/PE), Milena Evangelista, do produtor do Festival Ver Ouvindo, Túlio Rodrigues, e da própria exibição do filme, o público permaneceu na sala de cinema para uma conversa com os envolvidos. Todos os depoimentos contaram com a tradução em libras de Anderson Almeida, que também colaborou com a tradução do filme por intermédio da Com Acessibilidade Comunicacional, realizadora do Festival e parceira da Mostra. “É o nosso terceiro ano de parceria com o Festival Ver Ouvindo. O que temos percebido é um aumento de público dos últimos dois anos pra cá, o que faz parte desse processo de construção de ampliação. Um exemplo disso é o fato de 72% dos projetos aprovados no Funcultura Audiovisual mais recente contemplarem a acessibilidade. Estamos bastante empenhados em avançar e, também, nos alinhando com a meta do Governo Federal de que todos os filmes com investimento da Agência Nacional do Cinema tenham acessibilidade”, diz Milena.
Emerson da Cunha
Emerson da Cunha
O produtor Túlio Rodrigues esclarece dúvidas no debate
A presidente da Associação de Surdos do Agreste Meridional de Pernambuco (Asampe), Diega Alves, estava presente na sessão e avalia a ação como positiva. “Foi muito bom para nós assistir a sessão de hoje. Todos ficamos atentos ao filme, que bom ver essa expansão de consciência para todos que assistem e fazem o cinema”, diz ela. Leidson Rocha, vice presidente da Associação de Surdos de Caruaru, também falou da experiência. “É uma sensação muito boa assistir a um filme na nossa língua”, diz ele.

“Essa parceria com o FIG faz parte do Festival Ver Ouvindo Itinerante onde a intenção é interiorizar o acesso. A ação de hoje foi muito importante pelo retorno que obtivemos com o debate final. Isso contribui para nossos estudos e para a formação de público, também”, explica o produtor do Festival Ver Ouvindo, Túlio Rodrigues. Quem quiser conhecer mais sobre o Festival pode acessar o site.
TEATRO ACESSÍVEL  – Em parceria com a VouVer Acessibilidade, empresa que desenvolve serviços de acessibilidade comunicacional, o 27º FIG oferecerá, ao público, outras ações de audiodescrição e interpretação em libras dentro da programação de Teatro, para continuar ampliando o acesso do público.
Confira a agenda de espetáculos com acessibilidade: 
TEATRO LUIZ SOUTO DOURADO
Sexta-feira, 28/07, 18h
Mucurana, o Peixe (Teatro Adulto)

Construtores de Histórias (PE)
Direção: Carlos Carvalho | Classificação indicativa: 16 anos | Duração: 50 minutos | Com audiodescrição e libras

Divulgação
Divulgação
Mucurana é inspirada em obra de Hermilo Borba Filho
Adaptação do conto “O Peixe”, de Hermilo Borba Filho, a história traz um homem ingênuo, morador de rua, que carrega consigo apenas canções, uma lata de farinha e lembranças do cavalo-marinho.
Sábado, 29/07, 10h

Vento Forte Para Água e Sabão (Teatro para infância)
Companhia Fiandeiros de Teatro (PE)
Direção: André Filho |  Classificação indicativa: livre | Duração: 55 minutos | Com audiodescrição e libras

RogerioAlves/Divulgação
RogerioAlves/Divulgação
‘Vento Forte Para Água e Sabão’ atração para a infância
O musical narra a história de amizade entre uma bolha de sabão chamada Bolonhesa e Arlindo, uma rajada de vento. Vivem uma divertida aventura, descobrindo o mundo e dando sentido à sua pequena existência.
Sábado, 29/07, 18h


Eldorado (Teatro adulto)
Eduardo Okamoto (SP)
Direção: Marcelo Lazzaratto | Classificação indicativa: 12 anos | Duração: 1h | Com audiodescrição e libras

Divulgação
Divulgação
Eduardo Okamoto apresenta ‘Eldorado’ no FIG
Acompanhado por uma “Menina”, um cego busca encontrar o que nenhum homem pôde jamais: Eldorado. Toda estória se resume nisto: era uma vez… um homem que procura.

SEXTA NOITE DO 27º FIG FOI DEDICADA AO PARÁ: Fafá de Belém e Pinduca levam romantismo e carimbó à Praça Mestre Dominguinhos


Uma noite cheia de suingue, com tambores da floresta, merengue, carimbó, guitarradas e lambadas vindas do Pará deu o tom da sexta noite de shows do Palco Dominguinhos.  A “Noite do Pará” contou com a presença do rei do carimbó, Pinduca, considerado o “Luiz Gonzaga” do norte do país, que veio pela primeira fez ao festival. Ele fez uma participação especial no show de Lia Sophia, cantando suas clássicas “Dança do Carimbó” e “Sinhá Pureza”, além de músicas como “Ai Menina” e “Volare”, fazendo todo mundo dançar, mesmo na chuva. Também subiram ao palco nesta noite a aclamada cantora Fafá de Belém, o músico Arthur Espíndola com seu samba amazônico e a cantora Belinha Lisboa e seu reggaeton.

Quem abriu a noite de shows foi a cantora garanhuense Belinha Lisboa, que participa pela segunda vez do festival. Trazendo suas influências do reggae, ela apresentou músicas autorais e também deu uma repaginada em cações de Edson Gomes, Luiz Gonzaga, Chico Science e Alceu Valença, em ritmos de zouk e reggaeton.

A segunda atração foi o cantor paraense Arthur Espíndola, integrante da nova geração de artistas do Pará que faz um resgate e uma mistura de ritmos regionais, tocando samba com carimbó, ritmo que ficou conhecido como “samba amazônico”, feito com instrumentos como banjo regional, curimbó, barrica de boi, marabaixo e outros instrumentos clássicos do samba como cavaquinho e pandeiro. Cantor e multi-instrumentista, Arthur Espíndola contou com a participação de Fafá de Belém no seu clipe Tempo Deus e prepara a gravação do seu novo DVD, A Ilha do Samba, que será filmado a partir de dezembro no Pará. Além de músico, Arthur também apresenta um programa na TV Cultura, o “Amazônia Samba”, transmitido toda segunda-feira às 7h30.


Lia Sophia e Pinduca contagiaram o público com muito suingue, lambada e carimbó. “Essa é a segunda vez que toco no FIG, a primeira foi em 2014. Estou muito feliz por Pinduca ter aceitado meu convite e viemos aqui fazer uma música quente, com guitarradas e merengue para todo mundo dançar”, afirmou a cantora. Pinduca, aos 80 anos e cheio de energia, contou que já tinha estado em Garanhuns há 40 anos, para divulgar um vinil, “mas, para tocar é a primeira vez que venho e achei emocionante porque o público ficou e cantou mesmo debaixo de chuva. Eu e Fafá de Belém abrimos as portas para muitos artistas do Pará. Quando comecei, o carimbó era música para velho, mas fizemos uma modernização e o ritmo ganhou o gosto popular”, explica o mestre.

A última atração da noite, Fafá de Belém fez todo mundo cantar num show que variou entre ritmos suaves e dançantes. No repertório, mesclou canções já conhecidas em sua interpretação como “Abandonada” e músicas que fazem parte do seu novo disco “ Do Tamanho Certo para o Meu Sorriso” (2015) , como “Pedra sem Valor” (Dona Onete). O disco comemora os 40 anos de carreira da cantora e venceu o 27º Prêmio da Música Brasileira, nas categorias Melhor Álbum e Melhor Cantora.

Com informações da Fundarpe


Garanhuns é único município pernambucano a concorrer a prêmio nacional de Gestão Previdenciária


A Associação Nacional de Entidades de Previdência dos Estados e Municípios (Aneprem) divulgou esta semana a lista dos 27 concorrentes ao 8º Prêmio Aneprem de Boas Práticas de Gestão Previdenciária. As entidades previdenciárias municipais de 24  localidades e três estaduais constam na relação e Garanhuns é o único município pernambucano na concorrência.  O Prêmio analisa práticas de transparência, equidade, ética, e responsabilidade corporativa e social. O resultado será divulgado durante o 17º Congresso Nacional de Previdência da Aneprem, em conjunto com o 11º Seminário Paranaense de Previdência da Apeprev, que será realizado nos dias 18, 19 e 20 de setembro, em Curitiba (PR).

Entre as práticas analisadas pela  entidade nacional estão: a publicação de atas do comitê de investimento; a disponibilização do extrato previdenciário individualizado do segurado e dos demonstrativos das aplicações financeiras das receitas e despesas empenhadas e realizadas nas despesas administrativas e da folha de pagamento da unidade gestora e dos beneficiados.  A capacitação dos conselheiros administrativo fiscal ou equivalentes também foi analisada, bem como a disposição do código de ética, a regularidade quanto às obrigações fiscais, o recadastramento dos ativos nos últimos 4 anos e dos inativos.  Programas de que promova ações de sustentabilidade que visam a redução dos impactos ambientais e a preservação da natureza, a exemplo de consumo consciente de recursos naturais, uso racional de materiais e programas de reciclagem também contam durante a concorrência.  Para estar na lista dos pré-selecionados também é necessário que o plano financeiro esteja em equilíbrio e que haja um controle interno, além da política de segurança da informação.

O Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Garanhuns (IPSG) foi aprovado nessa pré-análise e segue na disputa. A entidade foi criada em 28 de dezembro de 2000 e possui 14 conselheiros efetivos,  sendo classificado como uma modalidade de unidade gestora de tamanho médio. O IPSG possui 2.170 segurados ativos, 843 aposentados e pensionistas, de acordo com informações de dezembro de 2016, totalizando 3013. Para o presidente Marcelo Marçal, participar dessa lista já é uma honra. “No nosso setor falamos que esse é como se fosse um oscar da  Previdência. Estar entre os selecionados já demonstra o compromisso que temos no nosso trabalho junto ao Instituto”, disse.

Município não tem débito com IPSG e aprovação de projeto de lei que trata de reparcelamento junto ao órgão não trás nenhum dano à previdência dos servidores, esclarece Prefeitura de Garanhuns


Os vereadores aprovaram por unanimidade, na manhã desta quarta-feira (26), o Projeto de Lei 019/2017 que trata de reparcelamento do Município de Garanhuns junto ao IPSG. Como a Câmara Municipal está em recesso, sua presidente Carla de Zé de Vilaço fez uma convocação dos parlamentares em caráter extraordinário para apreciação da demanda legislativa em regime de urgência, o que gerou algumas dúvidas por parte de alguns cidadãos, sobretudo aqueles que acompanham atentamente cena política local (clique aqui e entenda). Um deles, Johny Albino, foi bastante incisivo nas críticas ao projeto. O bacharel em Direito questionou o fato do encaminhamento ter ocorrido em pleno recesso e disse que a aprovação da proposta poria em risco o equilíbrio fiscal do IPSG, órgão responsável pela gestão do Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos do município de Garanhuns.  

De acordo com a prefeitura, a ilação de Albino não procede e a aprovação da proposta não trás risco algum para a previdência dos servidores, nem para a saúde fiscal do IPSG.  O projeto de lei trata de um reparcelamento de dois parcelamentos, sendo um de 2011 e outro de 2013, nenhum destes é referentes à atual gestão municipal. Segundo Marcelo Marçal, presidente do IPSG, o município está apenas aderindo a Medida Provisória 778/2017, oriunda do Ministério da Fazenda. Marçal também refutou a informação de que o município teria débito com o IPSG. "Não são débitos. São diferenças de alíquotas patronais. Uma das condições para que o município possa aderir a esse reparcelamento é estar com o CRP e CND em dia. Nós estamos,  o que é uma prova de que não há débitos do município com o instituto", argumentou.

Ainda de acordo com esclarecimento prestado pela prefeitura, os valores são os seguintes:  o parcelamento 00037/2011 é de R$ 3.278.826,18 em 240 parcelas. Deste montante, o município já pagou 64 parcelas. O outro é no valor de R$ 4.012.519,23. Deste valor o município já abateu 36 parcelas.   Com o reparcelamento, os dois  valores se transformam em um só com 200 parcelas, juros menores e prazo maior. Vários municípios que estão com a situação fiscal regular também estão aderindo à medida, não sendo a prática uma  ação única e exclusiva  do município de Garanhuns.

Quanto à votação ter sido em regime de urgência, a prefeitura informa que foi uma medida necessária porque para o reparcelamento ter validade, a primeira parcela deve ser paga até 31 de julho.  Como a MP  só foi regulamentada no dia 12 de julho, e como o município tomou conhecimento no último dia 17, a convocação da Câmara Municipal foi solicitada pelo prefeito Izaias Régis. 

Com o reparcelamento, a previsão da prefeitura é de que haja uma redução de até 60% dos valores pagos atualmente, podendo essa porcentagem ser maior. Após a aprovação do Projeto de Lei pelos vereadores, o município agora deve encaminhar a proposta  para o aval do Ministério da Fazenda, o que deve ocorrer nos próximos dias.  

PARA SABER MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO, CONFIRA NO VÍDEO  ABAIXO UMA ENTREVISTA DO PRESIDENTE DO IPSG, MARCELO MARÇAL, E DO SECRETÁRIO DE FINANÇAS DA PREFEITURA DE GARANHUNS, FLÁVIO ELÓIA, A RESPEITO DO REPARCELAMENTO



USOU PRÓPRIA PISTOLA: Policial Civil comete suicídio na Vila do Quartel em Garanhuns

Danilo Taveira
Foto: Agreste Violento

Um Policial Civil cometeu suicídio na manhã desta quinta-feira, 27 de julho, ao atirar contra a própria cabeça na residência onde vivia na Rua Brejão, Vila do Quartel, em Garanhuns. 

Danilo Taveira da Silva ia completar 33 anos e era agente lotado na Delegacia Regional. De acordo com informações iniciais, ele teria se trancado no quarto, colocado o cano da pistola abaixo do queixo e disparado. A bala transfixou a cabeça e o agente teve morte instantânea.  

Vários policiais colegas de Danilo estão no local. Ele era casado e morava a pouco mais de quatro meses na Vila do Quartel. Muito abalada, a viúva, que estava na casa na hora da tragédia, precisou ser amparada por vizinhos. 

Danilo era um policial dedicado e se destacou positivamente durante a Força no Foco, realizada em Garanhuns no mês passado, como mostra a foto acima, onde ele aparece agachado ao centro após uma das ações da operação.

 Em nota, o Delegado Luiz Bernardo, titular da 18ª DESEC, se pronunciou sobre o caso 

Informo que o Agente de Polícia Danilo Taveira da Silva, matrícula 297.004-0, na data de hoje 27/07/2017, ceifou sua própria vida com um disparo de arma de fogo. O mesmo apresentava sintomas de depressão e foi orientado pela autoridade policial subscritora, que procurasse um especialista e foi chamado para conversar pessoalmente com o Delegado Seccional, que subscreve. Toda equipe da 18ª DESEC lamenta o referido episódio e está consternada com a a perda deste excelente policial, que contribuiu demasiadamente para nossa instituição com excelentes serviços prestados a sociedade. Todos nós estamos de luto e em breve noticiaremos a data e horário do velório deste especial companheiro. 

 LUIZ BERNARDO, Delegado Titular da 18ª Desec

PLATEIA DIVINA: Ângela Ro Ro elogia Festival de Inverno de Garanhuns


A cantora Ângela Ro Ro saiu bastante impressionada com a recepção que teve da plateia por ocasião de sua participação no  27º Festival de Inverno de Garanhuns.  A artista participou do Som Na Rural e fez um maravilhoso show solo no Parque Euclides Dourado, no último sábado, 22 de julho.  Através de uma rede social, Ro Ro se derreteu de amores pelo FIG e pela plateia, a quem chamou de divina. "Meus queridos!!Grande alegria ter participado do Festival de Inverno de Garanhuns!!Tantos Artistas e Músicos Amigos Maravilhosos e uma Platéia Divina!! !!Grata pelo convite do pessoal da Fundarpe e o Carinho Competente de toda Produção!! $aude! Sejam felizes", escreveu ela em seu Facebook.  A carioca ainda postou um vídeo com trechos do seu show em Garanhuns. 

 CONFIRA ABAIXO


 

Acidente mata jovem de 27 anos na BR-424, em Garanhuns



Um acidente ocorrido na noite de ontem, 26 de julho, na BR-424, em Garanhuns, tirou a vida de um jovem de 27 anos. 

A fatalidade ocorreu no Sitio Saquinho, KM 95,6 da referida BR, nas proximidades da Curva da Laranjeira. A vítima é Rosiel Pereira Correia, 27 anos, residente no Sítio Saquinho, mas que trabalhava na Churrascaria da Paz, aqui na zona urbana de Garanhuns. 

Publicidade
Apenas 100 reais a mensalidade.
Rua Júlio Brasileiro, Heliópolis

Segundo informações, uma das hipóteses para o acidente é de que o rapaz tenha perdido o controle da moto que pilotava e foi atropelado em seguida por um veículo desconhecido. Segundo a PRF, não há como precisar se o rapaz caiu e foi atropelado ou se o veículo colidiu com ele antes deste perder o controle da moto. 

Rosiel havia saído do trabalho na churrascaria e retornava de Garanhuns para o sítio onde morava, falecendo no local. Pedaços de um veículo foram encontrados no perímetro do acidente. O corpo foi levado para o IML. 

"Foi um acidente meio complicado de entender porque não tinha veículo da colisão, só pedaços. A moto não tava muito avariada. Não sabemos se ele estava parado no acostamento e um carro o colheu, também há a hipótese que ele tenha caído e um carro trafegando no sentido Brejão Garanhuns o tenha atropelado. É difícil de definir," disse uma testemunha que chegou ao local minutos depois do ocorrido


quarta-feira, 26 de julho de 2017

NEANDER, LUCAS SANTANNA, BANDA EDDIE E BAIANA SYSTEN: 35 mil pessoas participaram da 5ª noite de shows no palco principal do 27º FIG, diz PM


Após uma segunda com um tímido público a Praça Mestre Dominguinhos voltou a registrar uma boa quantidade de pessoas em seu interior na quinta noite do 27º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). As atrações foram Neander, Lucas Santanna, Banda Eddie e  BaianaSisten e o público presente, segundo à PM, foi de 35 mil pessoas. 

 A abertura dos trabalhos ficou por conta da banda garanhuense Neander. que já tem 23 anos de carreira. A banda, fundada pelo vocalista e compositor Léo Noronha, apresentou um repertório com músicas autorais e sucessos do rock nacional. Apesar da baixa temperatura registrada durante a noite, o público se aqueceu com a programação.


O vocalista da Neander comentou o quanto é gratificante estar participando mais uma vez do FIG. “Já tocamos há 20 anos no festival, é um sentimento de dever cumprido para nós, artistas. Estamos com um projeto novo que se chama ‘Amores impossíveis que dariam certo’, é um super projeto, será música, um livro de contos, será adaptado para espetáculo teatral, um curta metragem e exposição fotográfica”, adiantou Léo Noronha.

Passava das 21h quando o cantor, compositor e produtor Lucas Santtana subiu ao palco. Em seguida, a banda Eddie, que completa 27 anos de existência, se apresentou - originada em Olinda, a banda já lançou o sexto álbum, intitulado “Morte e Vida”. Mesclando blues e samba, frevo e surf music, Caribe e Recife, músicas como “Desequilíbrio” e “Morte e Vida” fizeram parte do repertório, contando ainda com a participação da Orquestra Henrique Dias que levaram o público a loucura, com muito frevo.

Apesar do frio peculiar das noites da Suíça Pernambucana, o público continuou fiel até a madrugada para esperar pelo show da Banda BaianaSystem, o grupo mais aguardado da noite. Fundada em 2009, em Salvador (BA), grupo foi formado com o intuito de buscar novas possibilidades sonoras para a guitarra baiana. Em 2016, o grupo ficou conhecido internacionalmente com a faixa "Playsom". 

Hoje, a partir das 20h, se apresentam na Praça Cultural a cantora garanhuense Belinha Lisboa, Arthur Espíndola, Lia Sophia e Pinduca e Fafá de Belém.

Com informações da Secom

FOI ENQUADRADO COMO ATO OBSCENO: Engenheiro urina na frente de mulheres e crianças dentro de praça do FIG e é detido, diz PM


O ato de urinar nas ruas durante as festas é comum, não só em Garanhuns, mas também em todo o país. O que poucos sabem é que a prática pode ser passível de detenção ou multa se enquadrada em alguns artigos do código penal como o 61º e o 233º. É que a conduta pode ser interpretada como atentato violento ao pudor ou ato obsceno se for feita na frente de mulheres e crianças.

Garanhuns vive o 27º Festival de Inverno e a Praça Mestre Dominguinhos é o epicentro da festa. Banheiros químicos foram dispostos dentro do perímetro onde ocorre os shows, mas alguns preferem fazer suas necessidades ao ar livre constrangendo crianças e mulheres que circulam pelo evento.

Foi o que aconteceu por volta das 23 horas desta terça, 25/07, atrás do Centro Cultural, onde um engenheiro de 29 anos foi flagrado urinando. Advertido para não praticar tal deselegância, ele ignorou por isso foi detido. 

A PM caracterizou a ocorrência como atentado violento ao pudor já que o homem urinou na frente de crianças e mulheres. Ele foi levado para a delegacia móvel e vai responder um TCO. USEM OS BANHEIROS QUÍMICOS



PUBLICIDADE

DONOS DOS ANIMAIS PODEM SER MULTADOS E PUNIDOS: Comum Garanhuns, criação de equinos, cabras, porcos e vacas na zona urbana do município preocupa Ministério Público


Não é difícil trafegar pela zona urbana de Garanhuns e flagrar cabras, burros, jumentos, porcos e até bovinos dentro de quintais apertados de residências, isso quando não estão soltos nas ruas colocando a vida de motoristas em risco. 

Considerando que a criação de animais em perímetro urbano, em alguns casos, é uma ameaça à saúde da população haja vista a falta de higiene com que é realizada, sem contar com a pertubação do sossego, o MPPE notificou três desses criadores e os intimou a assinar um Termo de Ajustamento de Conduta. 

Pelo documento eles se comprometem a parar com a criação dos referidos animais em área urbana em até 15 dias sob pena de multa e prática de crime contra o meio ambiente. Após esse prazo o Centro de Zoonoses de Garanhuns fará uma visita nas residências dos notificados e, caso julgue que a recomendação não foi cumprida, poderá aplicar as sanções previstas no TAC. 

Ainda segundo o termo, o descumprimento das medidas também poderá acarretá a propositura de uma Ação Civil Pública objetivando a preservação do meio ambiente local, além da multa. Os três casos geradores do TAC foram identificados em residências situadas nos arredores do Loteamento Garanhuns Cidade das Flores, onde animais como cabras, porcos e bovinos estavam sendo criados soltos, mas a medida do MPPE deve servir de parâmetro para dirimir questões semelhantes em toda área urbana de Garanhuns. 

Reclamações e denúncias de mau cheiro ou barulho referente à criação de animais como porco, cavalo, vaca e cabra, além de maus tratos,  podem ser feitas ao centro de zoonoses de Garanhuns.

FIG 2017: Com Pinduca e Fafá de Belém, Noite do Pará promete agitar a Praça Mestre Dominguinhos nesta quarta-feira


A quarta-feira é dedicada aos ritmos do Pará no palco Mestre Dominguinhos do 27º Festival de Inverno de Garanhuns. Compositor, intérprete, multi-instrumentista e produtor, Arthur Espíndola faz parte da nova geração de artistas paraenses e sobe ao palco a partir das 21h. O trabalho dele dialoga com o samba e a música amazônica, promovendo encontros com o carimbó, o lundu, o marabaixo e outros ritmos regionais.

Em seguida, Lia Sophia e Pinduca convidam o público do FIG a uma viagem pela musicalidade do Norte do País no show Carimbó no Brasil. Recentemente o carimbó foi oficializado como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. 

Com a voz e o carisma que já são patrimônios do povo brasileiro, Fafá de Belém encerra a noite dedicada à sonoridade paraense interpretando grandes sucessos e as canções do álbum Do tamanho certo para o meu sorriso, que celebra seus 40 anos de carreira. O show está marcado para começar às 23h30. Abrindo a programação da noite no palco principal, às 20h, está a cantora garanhuense Belinha Lisboa. 

Palco Pop – Cantora, compositora e cineasta, Ava Rocha vem pela primeira vez ao FIG, com o repertório de seus dois discos lançados: Diurno (2011) e Ava Patrya Yndia Yracema (2015). O show começa às 19h. Fechando a programação, tem o espetáculo Não recomendados (SP), que questiona os padrões comportamentais e viciados da sociedade.

Palco Instrumental – O destaque na programação desta quarta-feira é o show de Betto de Bandolim com a participação muito especial do mestre Chocho, Patrimônio Vivo do Choro e do estado de Pernambuco. O encontro, às 20h, mistura o ecletismo e a contemporaneidade de Betto do Bandolim com a tradição do clássico choro do mestre Chocho. 

Palco forró – A primeira atração é o jovem sanfoneiro Mateus Cordeiro, que volta a Garanhuns para mostrar seu talento que vem sendo refinado desde quando tinha 11 anos. Fiel representante do forró da sanfona de oito baixos, Truvinca se apresenta em seguida, a partir das 23h. À meia-noite, o tocador Agostinho do Acordeon, que aprendeu os primeiros acordes com o próprio Luiz Gonzaga, faz um apanhado da sua carreira de 38 anos.

Plataforma FIG – O evento, que acontece hoje e amanhã no auditório do hotel Garanhuns Palace, é uma oportunidade para artistas locais participarem de debates sobre a cadeia produtiva da música e apresentar seus trabalho para grandes produtores de festivais do Brasil. Para participar da Plataforma FIG é preciso se inscrever pelo e-mail plataformafig@gmail.com. O evento também aceita inscrições na hora.

O Festival de Inverno de Garanhuns é realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, e conta também com a parceria da Prefeitura de Garanhuns e apoio da CEPE Editora, Sesc e Sebrae, além do Virtuosi e do Conservatório Pernambucano de Música. Confira a programação completa e atualizada no site oficial: www.cultura.pe.gov.br/fig2017.

Confira abaixo a programação completa desta quarta-feira

MÚSICA
Palco Mestre Dominguinhos

20h – Belinha Lisboa
21h - Arthur Espíndola (PA)
22h – Lia Sophia e Pinduca (PA)
23h30 – Fafá de Belém (PA)
Palco de Cultura Popular Ariano Suassuna
12h às 14h – Roda de Sanfona I
13h - Cortejo Quadrilhas
14h - Quadrilha Junina Luminar (Garanhuns)
14h30 - Quadrilha Junina Os Filhos de Lampião (Correntes)
15h - Quadrilha Junina Xamego na Roça (Canhotinho)
16h – Bloco C. M. Lira da Noite
17h – Coco de Pneu
18h – Maracatu de Baque Solto Leão Misterioso
19h – Afoxé Filhos de Dandalunda
20h – Benedito da Macuca
Palco Pop
17h – Milena Rimer
18h – João Fênix
19h – Ava Rocha (SP)
20h20 – Não Recomendados (SP)

Som na Rural
Parque Euclides Dourado
21h20 – Edmilson do Pífano

Palco Instrumental
Parque Ruben Van der Linden
17h – Roberto Lima e Banda
18h – Danda e seu regional de ouro
19h – Rafael Marques
20h – Betto do Bandolim, com participação de Mestre Chocho

Palco Forró 
Parque Euclides Dourado
22h – Mateus Cordeiro
23h – Truvinca
0h – Agostinho do Acordeon

Palco Mamulengos e Pontos de Cultura
Parque Euclides Dourado

15h – Mamulengo Nova Geração
16h – O Grão Circo Mamulengo
17h - Coco de Roda do Cabo de Santo Agostinho (Ponto de Cultura Farol da Vila – Coco de Pontezinha)
Programa do Conservatório Pernambucano de Música (Catedral)
16h30 – SaGRAMA e Yamandu Costa
21h – Libertango – ‘Tangos Hermanos’ Estela Caldi (Piano), Alexandre Caldi (Saxofones e Flautas), Marcelo Caldi (Acordeon)

Artes cênicas

CIRCO
16h – Circo Mambembe – Arte do Povo
Circo Alves (PE)

TEATRO ADULTO
18h – A Descoberta de Um
Grupo Claricena (Garanhuns)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

2ª MOSTRA DE TEATRO ALTERNATIVO
22h – Que muito amou
Cênicas Cia de Repertório (PE)
Local: Galeria Galpão

AUDIOVISUAL
14h – Exibição de Longa-metragem com Acessibilidade Comunicacional
Parceria com o Festival VerOuvindo

Amigos de Risco (Ficção, 88 minutos, 2007, Brasil), de Daniel Bandeira
Após a exibição do filme haverá uma conversa sobre Acessibilidade Comunicacional
Classificação: 16 anos
18h20 - Longa-metragem Nacional

Divinas Divas (Documentário, 110 minutos, 2017, Brasil), de Leandra Leal
Classificação: 14 anos

DIÁLOGOS (SESC)
Galeria Galpão
16h - "Conversas para adiar o fim do mundo" - Bené Fonteles
“Urgências e poéticas na questão indígena”, com Vincent Carelli, Raonny Fulniô, Guilherme Marinho Xucuru e Zé Carlos do Castainho

LITERATURA
Praça da Palavra Hermilo Borba Filho

9h – Alma Pelada, poesia abstrata com Luiz Gonzaga de Melo Neto (UBE)
10h – Escuta e Labirinto – Vivência da Escuta da Música Contemporânea como entrada em um Labirinto, com Leonardo Aldrovandi (SP)
11h – Embarcando no Universo da Imaginação |Cia. Fisa D’arte (Secretaria Municipal de Educação e Editora IMEPH)
11h40 – Histórias para Contar a Vovó | Verônica Costa e Sheylla Feitos (Secretaria Municipal de Educação e Editora IMEPH)
14h – Outras Palavras: Conversa com Paulo Gervais (vencedor do IV Prêmio Pernambuco de Literatura) e apresentação do grupo Chorões da Aurora
16h – Palestra | Declamação, Prosa, Versos e Poesia em Relação ao que o progresso nos trouxe (UBE)
17h – Prosa e Cordel: Em cena a poesia popular, com Edilene Soares e Sandoval (UBE)
18h – Palestra | Quem matou Delmiro Gouveia, com Edsom Mendes (UBE)
19h – Palestra | Lançamento de Livro: À Espera de Tio Alois, com Homero Fonseca,mediação de Dorvalina Maciel (PE)
20h – Recital | Da Lua Não Vejo Minha Casa, com Leonardo Aldrovandi (SP)

PLATAFORMA FIG
Garanhuns Palace Hotel

14h às 15h30 - Mesa “A importância dos festivais Pernambucanos na cena independente da música nacional”
Mediação: Melina Hickson (Porto Musical)
Paulo André (Abril Pro Rock)
Gutie (Rec Beat)
Jarmeson Lima (Coquetel Molotov)
16h às 17h30 - Apresentação da startup Musicle (parceria com o Portomídia)

PROJETO OUTRAS PALAVRAS
14h às 17h – Conversa com o escritor Paulo Gervais, vencedor do 4º Prêmio Pernambuco de Literatura (Paulatim) + Apresentação da Banda de MPC Animalize (estudantes e professores da EREM N. S. Perpétuo Socorro) e participação especial de Fafá de Belém
Local: Praça da Palavra Hermilo Borba Filho
Envolvidos: Comunidade escolar de Garanhuns e público geral

Hélio dos Terrenos toma posse como prefeito de Belo Jardim


Na manhã desta terça-feira (25), o prefeito e o vice-prefeito eleitos de Belo Jardim, Hélio dos Terrenos (PTB) e Dr. Silvano, respectivamente, foram diplomados e empossados em solenidade realizada na Comarca Municipal no Salão do Júri e na Câmara de Vereadores, marcando o último ato oficial da Justiça Eleitoral nas eleições suplementares. Hélio venceu a disputa no último dia 2 no município. A diplomação foi feita pelo juiz eleitoral Demétrius Liberato Aguiar.

Ao sair da Câmara de Vereadores, Hélio dos Terrenos e Dr. Silvano foram recebidos pelo povo, que se concentrava na Praça da Câmara, aguardando-os para irem em caminhada até a Prefeitura Municipal de Belo Jardim.

A transmissão de cargos na Prefeitura foi feita pela Procuradora do Município, a advogada Fernanda e o secretário municipal de Saúde, Dr. Maneco, que, cordialmente, receberam o prefeito Hélio dos Terrenos e o vice Dr. Silvano.

Além dos secretários e vereadores, amigos, familiares e demais lideranças políticas fizeram presentes na solenidade o ex-prefeito Cintra Galvão; deputado Federal Silvio Costa (Avante); o presidente estadual do PTB e deputado estadual José Humberto Cavalcanti, representando o senador Armando Monteiro (PTB); os deputados estaduais Augusto César (PTB) Silvio Costa Filho (PRB) e Teresa Leitão (PT); entre outras autoridades.

Após a transmissão de cargo, o prefeito Hélio dos Terrenos fez um agradecimento, em seu discurso, em frente ao Palácio Municipal, reforçando o compromisso em trabalhar para garantir uma melhor qualidade de vida a todos os cidadãos belo-jardinenses. O gestor petebista destacou que sua gestão será pautada na transparência e na participação popular. Hélio anunciou o secretariado, ressaltando que outros nomes que vão compor a equipe ainda serão divulgados até o início da próxima semana.

Confira os nomes dos secretários municipais:

- Secretaria de Saúde: Dr. Silvano Galvão
- Procuradoria Municipal: Uriel José Campelo Filho
- Secretaria de Educação e Tecnologia: Ricardo de Oliveira 
- Secretaria de Cultura, Esporte, Turismo e Eventos: Sílvio Romerio
- Secretaria de Obras: Fábio Galvão
- Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente: Roberto Barbosa
- Secretaria de Juventude e Trabalho: Neto Andrade
- Secretaria Especial da Mulher: Zuleide Oliveira
- Secretaria de Governo e Articulação Política: Cecílio Galvão
- Controladoria Geral: Uriel José Campelo
- Secretaria de Ação e Desenvolvimento Social: Luza Torres
- Autarquia Educacional: José João Ribeiro
- Instituto de Previdência dos Servidores Municipais: Sebastião Cordeiro Filho
- Autarquia de Trânsito: José Valdemir de Brito
- Gabinete do Prefeito: Ivanildo Assis

FIG 2017: Repertório foi do rock à MPB nos shows de segunda-feira, no Palco Mestre Dominguinhos


Iniciando mais uma noite do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), na Praça Cultural Mestre Dominguinhos, a primeira atração a subir ao palco foi a banda de rock garanhuense Still Living, que está na estrada desde 2004. No segundo semestre deste ano o grupo lança no Brasil, na Europa e no Japão o terceiro álbum da carreira, intitulado “YmmiJ”. 

“Tocamos para as pessoas que gostam e curtem o nosso trabalho, precisamos expressar o que a gente canta. Estamos ansiosos para concretizar o nosso terceiro álbum. Em breve iremos apresentar o nosso novo trabalho”, enfatizou o vocalista Renato Costa, que disse estar lisonjeado em estar na grade de programação da 27ª edição do evento. 

Na sequência, quem subiu ao palco foi o recifense Herbert Lucena junto à sambista alagoana Mel Nascimento, que apresentou um projeto musical em tributo a Jacinto Silva. Herbert foi o grande vencedor do 23º Prêmio da Música Brasileira, em 2012, com o álbum "Não Me Peçam Jamais que Eu Dê de Graça Aquilo que Eu Tenho pra Vender” (2011). Sebastião Jacinto da Silva nasceu em 1933 em Palmeira dos Índios (AL), mas viveu boa parte da vida em Caruaru. Foi cantor, compositor e mestre de coco de roda. 

A penúltima atração da noite foi a Banda Cantoria Agreste. Foi inspirado em Dominguinhos que surgiu o projeto da Cantoria, que é formado por músicos que tem ele como principal elo de ligação. A última atração a se apresentar nesta noite foi a Banda Mpb4, que foi fundada em 1962. A banda é formada por Miltinho, Pauleira, Aquiles e Dalmo. Sua apresentação foi marcada por muito samba e MPB. No repertório, músicas de grandes artistas brasileiros como Tom Jobim, Chico Buarque e Milton Nascimento.  

Terça no FIG – Nesta terça-feira (25), a partir de 12h, no Palco da Cultura Popular, começam as apresentações culturais, que terão coco, maracatu e a banda da Polícia Militar de Pernambuco. Hoje iniciam as apresentações do Palco Instrumental, que fica no Parque Ruber van der Linden (Pau Pombo), contando com o show do garanhuense Marcos Cabral. 

Os garanhuneses Nando Azevedo e a Banda Gold Hits irão se apresentar no palco do Forró e Pop, respectivamente – localizado no Parque Euclides Dourado. O Palco Mestre Dominguinhos contará com os shows de Neander, Lucas Santanna, Banda Eddie, com participação da Orquestra Henrique Dias, e BaianaSystem. 

Com informações e fotos da Secom
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...