Carregando...

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Vice-prefeita de Izaías e 3 ex-prefeitos de Garanhuns aderem a candidatura de Paulo Câmara


A coerência política pavimentou, nesta sexta-feira (26), o anúncio de importantes apoios à caminhada de Paulo Câmara (PSB) rumo ao Palácio do Campo das Princesas. Em Garanhuns (Agreste), cidade governada por um dos principais aliados do seu adversário, o socialista e o seu companheiro de chapa, Fernando Bezerra Coelho (PSB/Senado), foram recebidos pela vice-prefeita do município, Rosa Quidute (PT), e seu marido, o ex-prefeito Bartolomeu Quidute, que declaram alinhamento à Frente Popular.
Durante sua passagem pelo município, Paulo Câmara e Fernando Bezerra Coelho também visitaram os ex-prefeito Luiz Carlos (PDT) e Ivo Amaral (PMDB). Assim como a vice-prefeita e seu marido, os dois também estão com Paulo. O palanque do socialista no município conta com três ex-prefeitos e a atual vice, além de outras lideranças e candidatos proporcionais.

Paulo Câmara se comprometeu a honrar os apoios com muito trabalho por Garanhuns e por Pernambuco. "Tenham a certeza de que farei tudo o que for possível para que o município siga avançando na saúde, educação e segurança. Receber apoios como esses são estimulantes para continuarmos fortes e vencermos a eleição", afirmou Paulo Câmara.
Os Quidute são historicamente ligados ao grupo que possui Pelópidas Silveira, Miguel Arraes e Eduardo Campos como referências. "É uma questão de coerência. Sempre estivemos desse lado e não podia ser diferente agora. Estamos declarando a nossa posição, o nosso apoio", anunciou Rosa Quidute, completando: "Acreditamos que Pernambuco vai seguir no caminho certo com Paulo Câmara".

Bartolomeu Quidute recordou que a Frente Popular sempre foi muito bem representada no município, que reconhece o empenho e a dedicação dos gestores que representaram o grupo no Palácio das Princesas. "Sempre contamos com esse retorno. Garanhuns teve a sua importância reconhecida", lembrou.
Fernando Bezerra Coelho frisou que a coerência demonstrada pelos Quidute é uma marca importante que precisa ser resgatada na política. "É importante vermos posições como essa. Pessoas que tem comprometimento e lado se mantendo alinhadas pelo projeto", afirmou.

Crédito fotos: Wagner Ramos

Assessoria

Candidato do PSOL ao Governo do Estado está em Garanhuns


O candidato do PSOL ao Governo do Estado, Zé Gomes, fará nesta sexta-feira (24/7) a primeira atividade de campanha em Garanhuns, no agreste pernambucano. Acompanhado pela candidata ao Senado, Albanise Pires, e por candidatos a deputado estadual e federal, Gomes esta  participando de caminhada no Centro que começou por volta das 13h. O ponto de encontro é a loja Ferreira Costa (Av. Santo Antônio, 515). 

"Esta será uma atividade muito importante, nossa primeira fora da Região Metropolitana. Vamos apresentar nossa candidatura e dialogar com a população sobre suas necessidades imediatas", afirma Gomes, lembrando que a região foi pesadamente afetada pela última estiagem.



"Quase 60% do rebanho leiteiro foi dizimado. Até agora as ações do governo foram insuficientes para a recomposição deste importante setor da economia regional", afirma Gomes. 

Creche de Garanhuns recebe agasalhos arrecadados por Ferreira Costa em campanha de doação


A creche Lar Santa Maria e uma Associação que acolhe meninos de rua, todas de Garanhuns-PE, receberam a primeira entrega de agasalhos arrecadados pela Ferreira Costa, que foram recebidos por meio de doações nas lojas de Recife e Garanhuns. Confira na reportagem, como a mídia noticiou sobre as campanhas do agasalho em Garanhuns

Com o grande sucesso de arrecadação, superior à do ano passado, a campanha continua e as lojas estarão recebendo doações para que mais instituições sejam beneficiadas.

A campanha do agasalho faz parte do Projeto Por Um Mundo Melhor da Ferreira Costa, criado com o intuito de prezar pela sustentabilidade socioambiental em parceria com outras instituições, clientes e colaboradores, através de ações que beneficiam crianças, adolescentes, comunidades e os próprios colaboradores da empresa.

Família procura homem desaparecido há 11 dias em Garanhuns

Desaparecido
Esse da foto é Márcio dos Santos Leandro. Ele tem  34 anos. Está desaparecido há 11 dias e foi visto pela última vez  no dia 14 de julho, aqui em Garanhuns, quando carregou a carreta que trabalha e viajou com destino ao Recife. A família está desesperada, haja vista, que,  desde então,  não tem informações do paradeiro de Márcio. Qualquer informação que leve a sua localização, deve ser passada  pelo fone (87) 9612-7963. (Agreste Violento)

Mecânico é assassinado na cidade Jupi quando saía de oficina

mecanico-morto-a-tiros-em-jupi
Movimentação de curiosos no local onde ocorreu o crime
foto- divulgação/Agreste Violento
Na cidade de Jupi,distante pouco mais de 20 KM de Garanhuns, um mecânico foi assassinado a tiros enquanto trabalhava. O crime ocorreu na tarde desta quinta-feira (25). José Antônio Santos Pedrosa, de 24 anos, estava na entrada de uma  oficina quando dois elementos usando capacetes, e em uma moto Honda Biz, chegaram dizendo “É tu mesmo Paulistinha”,  efetuando disparos de revólver calibre não informado. A vítima ainda tentou correr, mas foi atingida por quatro tiros. Outro homem que estava no local, identificado como Luan Feitosa de Almeida de 19 anos, foi alvejado na mão e não corre risco de morte.

A moto usada no crime pode ser uma Honda Biz que foi roubada pela manhã no município de Lajedo.  A motocicleta foi encontrada abandonada no sítio queimadinha área rural do mesmo município e entregue na Delegacia de Polícia local. Com essa morte, chega a 4 o número de homicídios em Jupi no ano de 2014.

Com informações do Agreste Violento

Show de Alceu Valença no FIG em Garanhuns foi de clássicos e homenagem a Ariano Suassuna

Foto: "Dedico esse show a Ariano Suassuna", disse Alceu Valença na coletiva de imprensa.

E você vai perder, é?
Acompanhe o #FIG2014 ao vivo pela TV FIG/ TV Pernambuco : 
www.cultura.pe.gov.br/fig2014
Alceu Valença fecha 8ª noite do FIG 2014 na Praça Mestre Dominguinhos
Foto: Fundarpe
Quem deixou o Palco Mestre Dominguinhos por volta das duas horas da manhã desta sexta (25), foi Alceu Valença que encerrou a 8ª noite de apresentações do FIG 2014. O cantor fez um show empolgante já que, diferente de sua última vinda ao FIG, cantou seus grandes sucessos, aquilo que o povo gosta e quer ouvir. O resultado não poderia ter sido outro. Uma praça lotada, aplaudindo e cantando belas canções. No final Alceu fez uma homenagem a Ariano Suassuna interpretando "Madeira de lei que cupim não rói", uma das músicas preferidas do escritor paraibano, falecido neste dia 23. Um telão com a imagem de Ariano exibia seu sorriso peculiar e expressivo, deixando tudo mais carregado de emoção. Depois desse momento mágico, Alceu Sapecou Morena Tropicana e encerrou os trabalhos.


 Tá acabando o FIG, por isso, é importante tentar aproveitar cada momento deste restinho de Festival que já tá deixando saudade sim, mas que ainda tem muita coisa para mostrar, como as apresentações nos Palcos Instrumental, POP, Palco do Forró, além do 10º Virtuosi na Serra.

A noite desta quinta no Palco principal ainda teve shows de Nena Queiroga, Lia Sophia e a Orquestra Jovem de Pernambuco, com a companhia de Arthur Moreira Lima e Rafael Garcia, sobre estes, falaremos a seguir.

LIA E NENA
Lia Sophia trouxe a mistura do som do carimbó, da guitarrada e do merengue e mostrou seu carinho por Pernambuco ao trazer para o palco a bandeira do Estado. O show ainda contou com a participação especial dos cantores Elvis Pires e Carlinha Alves, que juntos cantaram a música “Em Plena Lua de Mel”, em homenagem ao cantor Reginaldo Rossi. A compositora Lia Sophia deixou por último um de seus maiores sucessos, a canção “Ai Menina”.

 Logo após ela, a cantora Nena Queiroga, com um show bastante dançante, trouxe hits do forró e marchinhas de carnaval. A última atração da noite foi esperada, segundo a Polícia Militar, por mais de 25 mil pessoas. Já passava da meia noite quando Alceu Valença iniciou sua apresentação.

FIG: Palco Pop foi pequeno para show de Tribo de Jah nesta quinta (24), em Garanhuns

Tribo de Jah no Palco POP no FIG 2014, em Garanhuns 


Não, não há nenhum exagero ou hiperbolismo no título acima. Quem esteve no Parque Euclides Dourado, nesta quinta-feira, 24 de julho, 8ª noite do 24 Festival de Inverno de Garanhuns, se deparou com um Palco Pop acanhado diante da grandiosidade do show proporcionado pela banda de Reggae Tribo de Jah. O pouco espaço do local não foi problema para as centenas de fãs que lotaram a pequena tenda para cantar os grandes clássicos da Tribo, e eles vieram logo no início da apresentação com duas pedradas. "Babilônia em Chamas" e "Não Basta Ser Rasta". E para quem pensa que só de clássicos vive os regueiros maranhenses engana-se. O show em Garanhuns também foi a oportunidade ideal para o grupo divulgar algumas músicas do seu novo CD, o Pedra de Salão, 15º da carreira.  Morena Raíz, Guerra, Regueiros Guerreiros e Ruína da Babilônia completaram o repertório.

Com o vocalista Fauzi Beydoun simpaticíssimo, em constante interação com seu público, a Tribo de Jah não decepcionou e fez um dos melhores shows deste festival, motivo mais do que suficiente para que a próxima apresentação deles no FIG seja, não no Palco Pop, e sim no Palco principal, na Praça Cultural Mestre Dominguinhos, pois, como dissemos no início desta matéria, o Parque está pequeno para tanto fã da banda. Ainda se apresentaram nesta quinta, Hersinho, NZambi e King Size.
Tenda do Palco POP foi pequena para fãs da Tribo em Garanhuns


Confira a programação do Palco Pop neste fim de semana e de FIG

Sexta-feira, 25/07
18h – Tatu Goiaba
19h10 – Banda Francisco
20h20 – Trio Eterno
21h30 – Trummer SSA
22h40- O Terno

Sábado, 26/07
18h – Jades
19h10 – Café Preto
20h20 – Ylana Queiroga
21h30 – Maria Alcina













quinta-feira, 24 de julho de 2014

Ariano Suassuna é enterrado no cemitério Morada da Paz, no Grande Recife

João Suassuna, neto de Ariano, recita poemas antes do sepultamento (Foto: Vitor Tavares / G1)
Corpo do escritor Ariano Suassuna foi sepultado no cemitério Morada da Paz
Após 16 horas de velório, o corpo do escritor, dramaturgo e poeta Ariano Suassuna foi enterrado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, no Grande Recife. O sepultamento foi precedido pela leitura de dois poemas, a pedido da viúva, Zélia de Andrade Lima. Um dos netos do casal, João Suassuna, recitou "Acahuan", que Ariano escreveu em homenagem a seu pai, e "A mulher e o reino", feito para a esposa. Todos os parentes acompanharam a leitura muito emocionados e Zélia foi amparada por eles.

O caixão chegou ao cemitério pouco antes das 17h, após ter desfilado em carro aberto, em um veículo do Corpo de Bombeiros, fazendo o percurso desde o Palácio do Campo das Princesas, local do velório. Ainda no palácio, os netos de Ariano carregaram o caixão até o carro, ao mesmo tempo em que os presentes aplaudiam e cantavam -- o frevo "Madeira que cupim não rói" e o grito de guerra do Sport, time do coração do autor.
Dantas Suassuna, filho de Ariano, acompanha o caixão do pai no percurso entre o velório e o cemitério (Foto: Kety Marinho / TV Globo)
Percurso do velório até o cemitério foi feito em carro de Bombeiros
Ao lado do caixão do pai, Dantas Suassuna,
de azul fez a última viagem com seu genitor
A presidente da República, Dilma Rousseff, passou cerca de 40 minutos no velório, onde conversou com familiares do escritor e com políticos, como o governador de Pernambuco, João Lyra Neto, e o candidato a presidente pelo PSB, Eduardo Campos. Dilma deixou o local sem fazer declaração pública. Também estiveram presentes o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo; os governadores Ricardo Coutinho (Paraíba) e Jaques Wagner (Bahia); o senador Humberto Costa e o prefeito do Recife, Geraldo Julio.
Uma das últimas imagens de Ariano antes de sofrer o AVC que o levaria a morte
(Aula-espetáculo em Garanhuns -18-07-2014)

Filha de Ariano Suassuna e atual secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Recife, Ana Rita Suassuna se emocionou ao falar do pai, ressaltando o grande homem que ele foi não somente nas artes, mas também em casa. De acordo com ela, a felicidade com que o escritor passou os últimos dias amenizou, de certa forma, o sofrimento dos parentes. "Na última semana, ele fez duas aulas-espetáculo, uma no Teatro Castro Alves, em Salvador, e outra em Garanhuns. E a satifação dele, quando chegou em casa, contando com alegria a festa que foram essas duas aulas. Então, a Caetana [como Ariano chamava a morte] chegou, mas ele está aqui presente com a gente", contou.
Caixão com o corpo de Ariano Suassuna chega ao cemitério (Foto: Vitor Tavares / G1)
Caixão chegou ao cemitério por volta das 17 horas
Para a filha mais velha de Ariano, Maria das Neves, o carinho demonstrado pelas pessoas ao pai é o maior legado que ele deixa. "O maior legado que fica é o carinho das pessoas têm por ele, não é nem tanto a obra. Esse carinho está vindo de todo o Brasil, estamos recebendo muitas mensagens", afirmou, agradecendo especialmente ao apoio que as pessoas têm dado à mãe, Zélia.

Suassuna morreu na quarta (23), aos 87 anos. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Português, onde foi submetido a uma cirurgia após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico, na segunda (21).


Fonte e fotos G1

Última Aula-espetáculo de Ariano Suassuna foi no FIG em Garanhuns


Ariano Suassuna em sua última Aula-espetáculo
"Na minha vida tem dois homens que me perseguem. Um sou eu, o outro é Ariano Suassuna". Com essa frase, um dos maiores escritores da nossa literatura, falecido no final da tarde desta quarta (23),  iniciou sua última Aula-espetáculo, sexta-feira, (18), no teatro do Centro Cultural, em pleno início de Festival de Inverno de Garanhuns. Bem humorado, contou piadas, explorando a sofrível e inapagável derrota do Brasil para Alemanha. Como sempre, citou Camões para ressaltar a riqueza da língua portuguesa, seu instrumento de trabalho, além de prestar homenagem a seu amigo Capiba. Enfim, terminou como queria, em cima do palco, e quis Deus que fosse na nossa abençoada Garanhuns.

Para muitos que viram apresentação do escritor, a sensação era de que ele estava se despedindo. Foi o que contou a colaboradora do V&C, Ana Paula Ferreira, que testemunhou o epílogo da vida e obra de Ariano naquela noite de sexta-feira inesquecível, no Teatro Luiz Souto Dourado. "Sem dúvida nenhuma, assisti essa mesma aula , "O Circo da Onça Malhada", na cidade vizinha de Teresinha mas, aqui em Garanhuns, ele estava com uma inspiração além da conta, em certa parte da aula sentenciou: "Ninguém quer morrer". Era como se estivesse se despedindo do público", disse Ana Paula, que ainda teve o privilégio de tirar uma foto com o mestre paraibano (ver abaixo).

O prefeito Izaías Régis decretou luto por 3 dias em Garanhuns. Ele relembrou a triste coincidência de Ariano ter falecido exatamente um ano depois de Dominguinhos, que morreu em 23 de julho de 2013. " Ariano se foi no mesmo dia que, no ano passado, sofríamos com a perda do Mestre Dominguinhos, em pleno Festival de Inverno de Garanhuns. Dois grandes artistas que levaram a cultura popular e as histórias do Nordeste para o mundo", declarou o prefeito em nota. A aula-espetáculo em Garanhuns aconteceu 3 dias antes do AVC que vitimou Ariano, levando-o a morte 48 horas depois.

(Créditos das fotos: Ana Paula Ferreira )
Suassuna em Garanhuns com seu Circo da Onça Malhada
Teatro lotado assistiu Ariano sair de cena em grande estilo

Colaboradora Ana Paula Ferreira com Ariano Suassuna em Garanhuns
(despedida)



7ª Noite do FIG foi de música, poesia e reverência a legado de Ariano Suassuna

Não havia a sombra da tristeza e do luto no canto dos artistas que se apresentaram na noite de ontem na praça Mestre Dominguinhos, que no entanto parecia ainda um pouco mais fria e cinza que o usual, um pouco menos “castanha”, descolorida pela partida de Ariano Suassuna.
A tristeza era como um pano de fundo, um certo ar de comoção, que aproximava-se mais de uma reverência e gratidão que de um lamento. “Nós não perdemos Ariano Suassuna. Ele nunca será para nós uma perda, mas sempre um ganho. Ele era o grande espadachim, o grande cavaleiro brasileiro de Taperoá, que moveu uma ação benfazeja para preservar as tradições populares desse nordeste brasileiro”, afirma Xangai. “A batuta dele soará sempre no ouvido e nos corações de todos nós”, resume o músico.
Eric Gomes
Eric Gomes
Xangai e Maciel Melo dedicaram a
 apresentação do projeto
 Cantoria a Ariano Suassuna
Parceiro de Xangai na noite no “Projeto Cantoria”, Maciel Melo relembra as palavras do próprio Ariano no “Auto da Compadecida”, quando fala da morte não como um lamento, mas como o curso natural da vida, “um moto-contínuo” que a todos iguala: “E aquilo que é a marca do nosso estranho destino sobre a terra, aquele fato sem explicação que iguala tudo o que é vivo num só rebanho de condenados, porque tudo o que é vivo, morre”. A partida de Ariano não desestabilizou a noite de ontem, marcada pela música de claras raízes tradicionais, influenciadas pela cantoria de viola, pela poesia oral, pelo imaginário sertanejo e inclusive pela música desenvolvida pelo movimento armorial. Muito pelo contrário. Xangai, Maciel Melo, Josildo Sá, Alexandre Revoredo, Irah Caldeira e Em Canto e Poesia comungaram do sentimento e deixaram transparecer uma energia fora do comum em seus shows. A sensação era de que ali acontecia uma espécie de cerimônia, de cortejo luminoso sob uma chuva fina. Cada show soava como um agradecimento. “Enquanto houver rabeca, pífano e viola, Ariano estará presente; enquanto houver um circo, um palhaço e um picadeiro, Ariano estará presente; enquanto houver um cantador, Ariano estará presente”, diz Maciel em cima do Palco Dominguinhos, em um show dedicado integralmente ao escritor.
“É uma noite que, claro, tem a tristeza, tem a saudade, mas acho que também tem a alegria dos 87 anos da vida do Ariano Suassuna. Um homem que escolheu o seu povo antes de tudo, e isso é maravilhoso. Quanto a perda, claro, a gente sabe, a gente está mais pobre de verdade, de generosidade, de sorriso e de pertinência e coerência com o que escrevia e como vivia. Acho que Ariano é esse homem que foi a própria obra”, resume Antônio Marinho, do grupo “Em Canto e Poesia”, primeira atração da noite, que apresentou um show marcado pelo diálogo forte entre música e literatura, sobretudo a poesia popular.
Eric Gomes
Eric Gomes
Alexandre Revoredo no palco Dominguinhos
Alexandre Revoredo, segunda atração da noite de ontem, lembra a importância do Movimento Armorial que marca toda a trajetória de Ariano: “ele fundou um movimento, assinou um movimento, ele é o grande ícone do armorial. Morre um ícone, um grande escritor”.
Eric Gomes
Eric Gomes
Josildo destacou sua afinidade com a obra do mestre Ariano
Josildo Sá e Irah Caldeira, que fizeram os shows mais dançantes da noite com conexão forte com os ritmos populares, compartilharam o sentimento de um aumento de responsabilidade. “Ariano Suassuna fez tanto por nós, pela história do nordeste de maneira geral, que mesmo de maneira modesta nós nos sentimos responsáveis por, de alguma forma, continuar com isso”, diz a cantora.
Eric Gomes
Eric Gomes
Irah cantou para Ariano e Dominguinhos
“Quando morre um mestre a gente fica mais forte, e o sentimento de responsabilidade também cresce”, afirma Josildo, que diz sentir uma afinidade forte com a arte de Ariano, pois compartilham do “mesmo linguajar puro” e uma relação intensa com o sertão, a cultura popular e o dia a dia do povo nordestino.
No final da noite, por volta das três horas da manhã, ouvem-se os últimos acordes dos violões de Xangai e Maciel Melo. O “salve Ariano!”, bradado pelos artistas no início do show, continua a ressoar, seguramente, no coração da música e da poesia nordestina. Salve Ariano!
Secom/Secult

Corpo de Ariano Suassuna está sendo velado no Recife; sepultamento ocorre nesta quinta (24)

Caixão com corpo do escritor chegou à sede do governo estadual por volta das 22h55 (Foto: Vitor Tavares/G1)
Do G1
O corpo do escritor Ariano Suassuna começou a ser velado no Palácio do Campo das Princesas, no Centro do Recife, ainda na noite de quarta (23). Por volta das 22h55, o caixão foi recebido por familiares, amigos e políticos, que participaram de uma celebração religiosa. As portas do palácio, que é sede do governo de Pernambuco, só foram abertas ao público por volta das 23h30, meia hora após o previsto inicialmente. Ariano morreu às 17h15 da quarta, vítima de uma parada cardíaca. Ele estava internado desde a noite de segunda (21) no Hospital Português, onde foi submetido a uma cirurgia na mesma noite após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico.

Além dos familiares, muitos vestidos com a camisa do Sport Club do Recife, time de coração de Ariano, políticos estiveram na cerimônia realizada pelo frei franciscano Aloísio Fragoso. O ex-governador de Pernambuco e candidato à presidência, Eduardo Campos; o atual governador do estado, João Lyra Neto, e o candidato ao Senado e ex-ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, além de parentes carregaram o caixão para o hall principal do Palácio. Ariano foi secretário de Cultura de Pernambuco e também assessor especial do governo de Campos.

Para a celebração familiar, o caixão foi coberto com as bandeiras da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde ele foi professor do curso de Letras, do Estado de Pernambuco e do Brasil. Durante a celebração religiosa, frei Aloísio relembrou a trajetória do dramaturgo e destacou a religiosidade de Ariano. "Lá em cima, Nossa Senhora pedirá que ele represente a peça O Auto da Compadecida", afirmou.

Corpo de Ariano Suassuna chega ao Palácio do Campo das Princesas, Centro do Recife (Foto: Vitor Tavares/G1)Corpo de Ariano Suassuna chega ao Palácio do Campo das Princesas, Centro do Recife (Foto: Vitor Tavares/G1)









Na cerimônia, Germana Suassuna, neta de Ariano, leu um texto em homenagem ao avô. Ela destacou que o escritor viveu os últimos dias da forma que queria, no palco. Na última sexta-feira, ele apresentou sua última aula-espetáculo, no Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). Germana também destacou o apoio que todos os familiares darão a Zélia Suassuna, agora viúva de Ariano. "Meu avô foi o homem mais feliz do lado dela. E ela também foi a mulher mais feliz. [...] Meu avô é simplesmente imortal", disse.
A previsão é que o velório aconteça durante toda o dia e só termine às 15h desta quinta (24). O corpo será enterrado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, Grande Recife, por volta das 16h.
Caixão foi coberto com as bandeiras da Universidade Federal de Pernambuco, onde ele foi professor do curso de Letras, do Estado de Pernambuco e do Brasil (Foto: Vitor Tavares/G1)Caixão foi coberto com as bandeiras da Universidade Federal de Pernambuco, onde ele foi professor do curso de Letras, do Estado de Pernambuco e do Brasil (Foto: Vitor Tavares/G1)

quarta-feira, 23 de julho de 2014

A alegria do circo está presente no FIG 2014;confira programação


A lona de circo do 24º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) é um sucesso. Todos os dias, o espaço, com capacidade para 1.300 pessoas, fica lotado por famílias que buscam a alegria do circo. Até 26 de julho, o FIG recebe 11 espetáculos de circos, trupes e companhias e artistas de Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal.

A lona de circo está montada, na Avenida Caruaru, ao lado do Terminal Rodoviário, as apresentações acontecem às 16h. A entrada é gratuita. Os ingressos são distribuídos no local, das 13h30 às 15h. Cada pessoa pode receber até três ingressos. A comunidade quilombola do Castainho – a 5 km de Garanhuns – e as ruas do centro comercial de Garanhuns também recebem atrações circenses. Já passaram pelo picadeiro do FIG, os Irmãos Brothers (RJ), o Circo Alves (PE) e a Cia. Brincantes de Circo (PE).

A assessora de arte circense da Secretaria de Cultura de Pernambuco, Suenne Sotero, explica a diversidade de espetáculos que estão na programação. “O circo é uma linguagem milenar que vem se modificando com o tempo. Não existe esta história de que o circo está morrendo. Na programação do FIG, selecionamos circos itinerantes, companhias, trupes e artistas, que irão apresentar as gags clássicas, números contemporâneos e que mostram as habilidades de força, destreza e beleza”, destacou.

Um dos destaques da programação é a Mostra de Números Circenses, que será realizada na sexta-feira (25), com sessões às 14h e 16h. A mostra terá como mestre de cerimônias o ator Williams Sant’Anna e contará com a banda “Orquestralhaço” (Caravana Tapioca – PE), tocando músicas autorais ao vivo durante os números. Será uma chance imperdível para o público ver exibições de malabares, magia, tecido acrobático, palhaço, equilíbrio, acrobacia aérea cômica, monociclo e malabares cômicos, todas apresentadas por artistas pernambucanos. Para completar a mostra, foram convidados dois artistas de São Paulo, Cesar Rossi e Victor Abreu, que apresentam a roda cyr e o mastro chinês, modalidades sem praticantes em Pernambuco.

PROGRAMAÇÃO

LONA DE CIRCO
Local: Av. Caruaru – Heliópolis (próximo ao Terminal Rodoviário de Garanhuns)
Horário: 16h

*Terça-feira, 22/07
Família Vidal – 5ª Geração
Disney Circo| Recife-PE
Duração: 1h
Sinopse: Sob o comando dos palhaços Zunguinha e Peteleco, o espetáculo tradicional de circo apresenta reprises, malabares em dupla, tecido, passeio aéreo, mastro chinês, lira, giro, alças e cubos, mala moscovita, cabelo de aço, paradas de mão, rola-rola e equilíbrio em monociclos e bicicletas.

*Quarta-feira, 23/07
Alegria, Alegria, O Circo Chegou!
Circo Itinerante Millennium| Cabo de Santo Agostinho-PE
Duração: 1h
Sinopse: Um espetáculo de tradição familiar com números de malabares, magia, arame, equilibrismo, acrobacias, corda indiana, trapézio, giro espacial e contorcionismo, além do talentoso Palhaço Mentirinha.

*Quinta-feira, 24/07
Magikamerluza
The Pambazos Bros | São Paulo – SP
Sinopse: Com um circo cigano, a família Kamerluza toma o espaço. Nono, Kalaca e o músico multinstrumentista Kishi, o Cowboy, executam assombrosos, arriscados e ilusórios números. Inspirando-se no virtuosismo do circo tradicional, neste espetáculo as técnicas circenses e a música ao vivo servem como pretexto para desenvolver o humor universal. Desta forma, truques de mágica, ilusões de palco, malabarismo de cristais, guilhotina, entre outros, tornam-se farramentas que os atores utilizam para interagir com a plateia e criar situações cômicas.

*Sexta-feira, 25/07
Mostra de Números Circenses
Duração: 1h
Sessões: 14h e 16h
Sinopse: Artistas locais e nacionais exibem-se com números de roda cyr, mastro chinês, malabares, magia, tecido acrobático, palhaço, equilíbrio, acrobacia aérea cômica, monociclo e malabares cômicos, musicados pela banda de palhaços “Orquestralhaço” e apresentados pelo mestre de cerimônias Williams Sant’Anna. As mostras têm a participação de Victor Abreu (SP)| Cesar Rossi (SP)| Irmãos Michel (PE)| Mickael Marvey (PE)| Kelly Trindade (PE)| Cia. 2 em Cena de Teatro, Circo e Dança (PE)| Trupe Circus – Escola Pernambucana de Circo (PE)| Caravana Tapioca (PE)| Alequissandro Barbosa (PE)| Jaqueson Santana (PE) | Atawallpa Coello (DF).

*Sábado, 26/07
O Reencontro de Palhaços na Rua é a Alegria do Sol com a Lua!
Companhia Teatral Turma do Biribinha| Arapiraca-AL
Duração: 1h
Sessões: 14h e 16h
Sinopse: O espetáculo conta a história do reencontro de dois palhaços de circo que não se veem há muito tempo e, num encontro inusitado, relembram o maravilhoso passado vivido juntos. A apresentação é repleta de reprises, gag’s, pilhérias e galhofas, embaladas por músicas alegres. A montagem da consagrada Turma do Biribinha, companhia familiar fundada por Teófanes Silveira (Biribinha) há 27 anos, trabalha a linha do Circo Teatro nordestino, resultando em uma mescla entre o palhaço tradicional e o contemporâneo.

POLO CASTAINHO
Horário: 16h30

*Quarta-feira, 23/07
Circuluz Brincante
Trupe Circuluz| Olinda-PE
Direção: Raquel Franco
Duração: 50 minutos
Sinopse: A palhaça Keke Kerubina leva à cena brincadeiras, risos e absurdos. Em Circuluz Brincante são exploradas várias possibilidades de jogo, resultado de um diálogo entre comicidade, cultura popular maranhense e habilidades circenses. A artista realiza números de malabarismo e acrobacia aérea no tecido, dentre outros, fazendo uso da dança e da dramaturgia popular, para semear na plateia a vontade de mostrar seu próprio brincante.

ESPETÁCULOS DE RUA
Local: Espaço de Cultura Popular (Centro)
Horário: 10h

*Quinta-feira, 24/07
Brincando no Picadeiro
Caravana Tapioca| Recife-PE
Direção: Anderson Machado
Duração: 50 minutos
Sinopse: Cavaco e Nina apresentam um espetáculo de variedades circenses com as melhores cenas do repertório do grupo. Malabarismo, magia, números musicais e palhaçaria clássica. Tudo isso com muito improviso e riso garantido para todas as idades. Um resgate ao mundo mágico do circo.

*Sexta-feira, 25/07
InkaClown Show
Cia. Circo Rebote| Brasília-DF
Direção: Atawallpa Coello
Duração: 40 minutos
Sinopse: InkaClown é um palhaço vindo das terras mais altas das Américas. Diretamente dos Andes, veio trazendo muitos truques, acrobacias, danças, equilibrismos e malabarismos. Acompanhado por sua “Lhaminha” acrobática, fará todos rirem e se emocionarem com suas peripécias. Através da música, das técnicas circenses e do jogo do palhaço, o artista conquista e cativa o público, seja por sua graça, seja por seu espetacular nível técnico.

Fonte: Secretaria de Cultura de Pernambuco

Senac abre curso gratuito de Organizador de Eventos em Garanhuns

O Programa Senac de Gratuidade (PSG) está com inscrições abertas para 238 vagas em cursos da instituição nos municípios de Recife, Paulista, Limoeiro, Caruaru e aqui Garanhuns, onde as oportunidades são para organizador de Eventos,com 19 vagas. 

O Programa é destinado para as pessoas com renda per capta de até  dois salários mínimos, alunos matriculados ou egressos da educação básica e ser trabalhador empregado ou desempregado. Além dos critérios do PSG, os candidatos devem atender aos requisitos do curso escolhido. 

O curso de Organizador de Eventos conta com  garga horária de 180 horas e para se habilitar a uma vaga o interessado, além de fazer a inscrição, deve ter ensino médio completo e idade mínima de 17 anos. O curso vai do dia 29 de julho a 08 de setembro, sempre das 8 às 12 da manhã na unidade do Senac em Garanhuns.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 27 de julho no site do Senac:
www.pe.senac.br/psgnet/ . Os candidatos deverão escolher apenas um curso e realizar somente uma inscrição. O resultado será divulgado no dia 28 de julho também no site da instituição. No endereço, estão disponíveis mais informações sobre o PSG e o edital completo deste processo. Outras informações através do 0800 081 1688.

CONFIRA O EDITAL CLICANDO AQUI

Escritor Ariano Suassuna morre aos 87 anos no Recife

Morre Ariano Suassuna
 Morreu na tarde deste dia 23 de julho de 2014, às 17h40min  o acadêmico, escritor e dramaturgo Ariano Suassuna, de 87 anos. Ele estava internado em Recife após sofrer um AVC hemorrágico. O escritor paraibano havia sido internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Real Hospital Português  na noite da última segunda-feira, (21), onde passou por uma cirurgia para conter o sangramento intracraniano decorrente do AVC.  Nesta quarta o quadro clínico do escritor piorou muito devido a uma queda na pressão arterial e pressão intracraniana bastante elevada e, mesmo com os drenos que foram colocados para resolver este último problema, ele não resistiu e veio a óbito.

Suassuna esteve em Garanhuns na última sexta-feira (18), quando apresentou, no Centro Cultural, sua Aula-espetáculo, lotando o teatro Luis Souto Dourado. No evento, fez uma homenagem ao compositor de frevos Capiba, além de se enveredar por outros assuntos da cultura popular nordestina. Ele era integrante da Academia Brasileira de Letras e deixa uma lacuna impreenchível na literatura brasileira.


  PARA CONFERIR VIDA E OBRA DESTE BRASILEIRO NOTÁVEL CLIQUE AQUI




AO MESTRE COM CARINHO: Há um ano morria Dominguinhos

JOSÉ DOMINGOS DE MORAIS ( 12 - 02 - 1941) - (23 - 07 -2013) 

Era por volta das 18 horas daquele 23 de julho de 2013, quando vivíamos também um Festival de Inverno, que Neném, aos 72 anos, nos deixou. Neném era o apelido de José Domingos de Morais, até Luiz Gonzaga batizá-lo de Dominguinhos. O  molecote saiu de Garanhuns em 1954 para fazer história e virar um gigante da música brasileira e nordestina. Ele se foi, mas deixou um legado imortal que renasce a cada dia, seja  no roncar da sanfona de um pequeno aprendiz ou na voz neófita de um jovem cantor. Saudades Mestre, mas sabemos que você está feliz aí em cima, dedilhando seu acordeon sob os olhares atentos do velho Lua , de Sivuca e de Jackson do Pandeiro.   


Luis Caldas agita 6ª noite do FIG 2014 na Praça Mestre Dominguinhos em Garanhuns

Luiz Caldas

Ontem (22), a banda garanhuense Lux Time abriu a noite de shows, no palco principal do Festival de Inverno de Garanhuns, o nosso FIG 2014, que continua coroado de sucesso. A surpresa do show da prata da casa foi a participação da pequena Milena Braz, de 10 anos de idade, filha de um dos músicos da banda. Milena já é acostumada a fazer participações especiais com a banda. O hit "De Janeiro a Janeiro" foi uma das canções que marcou a participação da pequena. 
The Rossi

A segunda banda a subir ao palco foi a The Rossi, a banda oficial do Reginaldo Rossi, formada em janeiro deste ano com o objetivo de homenagear o rei do brega, que partiu para o andar de cima. Em sua primeira apresentação na cidade de Garanhuns, relembraram sucessos de Reginaldo. Um dos destaques do show foi quando o grupo tocou a música “Garçom”, momento em que todos os músicos colocaram uma peruca em homenagem à Rossi, arrancando aplausos do público.  
banda garanhuense Lux Time 

A grande atração da noite entrou pouco depois das 23 horas. Foi esse o horário que o cantor Luiz Caldas iniciou seu show. Conhecido como o “Pai da Axé Music”, o baiano trouxe para o FIG a energia positiva e ritmada da sua terra natal. A música “O Que Essa Nega Quer?” foi uma das primeiras de sua apresentação. O compositor mostrou muita animação e sacudiu a praça ao som de hits como “Haja Amor”, “Tarraxinha” e “Tieta”.

A Academia da Berlinda fechou a noite de ontem, com um show dançante. O grupo, vindo de Olinda (PE), mostrou ao público um trabalho musical com influências em vários ritmos brasileiros. Hoje (23), a expectativa é para o show de Josildo Sá, de Marciel Melo e Xangai.

Academia da Berlinda

Secom PMG

Poste pega fogo próximo ao Centro Cultural em Garanhuns

Chamas por pouco não atingiram barracas (foto: Waldéria Santana)

Um incêndio de pequenas proporções atingiu, na manhã desta quarta-feira, (23), um poste de eletricidade, próximo a praça Mestre Dominguinhos, onde acontece os principais shows do Festival de Inverno. O fato assustou as pessoas que estavam próximas e temiam que o fogo pudesse se espalhar. A preocupação era que as chamas chegassem até que as barracas próximas ao poste. Uma sobrecarga pode ter sido a causa do incêndio. O Corpo de Bombeiros chegou ao local a tempo e evitou que a ocorrência tomasse proporções maiores. FIG QUE SEGUE.


Bombeiros rapidamente controlaram situação (foto: Walderia Santana)

Confira último boletim divulgado às 11 horas desta quarta (23) sobre estado de saúde de Ariano Suassuna


Boletim médico do Real Hospital Português, no Recife, divulgado no final da manhã de hoje (23) informa que não houve alteração no quadro clínico do escritor Ariano Suassuna, que permanece internado na UTI Neurológica. Ele continua em coma e respirando com ajuda de aparelhos.

O quadro de saúde dele continua instável e grave, com pressão arterial baixa e pressão intracraniana muito elevada, segundo o boletim assinado pela neurocirurgiã Feliciana Castelo Branco.


Bandidos levam R$ 40 mil de casa no distrito de São Pedro em Garanhuns

Um assalto rendeu pelo menos 40 mil reais a quatro marginais, nesta terça-feira (22) no Distrito de São Pedro em Garanhuns. De acordo com o G1 Caruaru, os homens, armados, invadiram uma casa na referida comunidade, ameaçaram o proprietário de 54 anos, que é agricultor, e o fizeram mostrar onde se encontrava o cofre. Assustada, a vítima mostrou onde se localizava o equipamento e o quarteto fugiu em uma caminhonete levando os 40 mil reais. A Polícia foi acionada e fez buscas pela região de Garanhuns, mas, até o momento, ninguém foi preso. O dinheiro levado era fruto de vários anos de economia.

Ator Eduardo Moscovis apresenta monólogo "O Livro", hoje, na programação de teatro do FIG


Eduardo Moscovis apresenta O Livro

O ator global Eduardo Moscovis vai estar nesta quarta-feira em Garanhuns onde apresentará no teatro Luis Souto Dourado, que fica no Centro Cultural, o monólogo "O livro", escrito pelo pernambucano Newton Moreno.  O espetáculo faz parte da programação teatral do  24º Festival de Inverno de Garanhuns. Haverá  duas sessões. Uma às 17h e outra ás 19h. Para os turistas: o Centro Cultural é aquele que fica coladinho à Praça  Mestre Dominguinhos.

INGRESSOS: Deverão ser adquiridos gratuitamente no Centro Cultural de 10h ás 11h e das 15h às 16h: cada pessoa tem direito a 2 ingressos. A classificação etária é 12 anos

BRIGADÚ: Show de Fábio Júnior no FIG, em Garanhuns, custará 110 mil reais a prefeitura


Saiu por 110 mil reais a contratação de Fábio Júnior para cantar na sexta-feira (25), no 24º Festival de Inverno de Garanhuns. A grade de programação do palco principal era totalmente custeada pela FUNDARPE, que este ano, bateu o pé e disse que só cobriria nove dias de festa. A Prefeitura, para manter a tradição dos 10 dias, resolveu bancar a sexta-feira que tem como atrações principais, Fábio Júnior e José Augusto.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Quadro clínico de Ariano Suassuna piora e situação é instável, diz boletim divulgado às 20 horas


Boletim médico divulgado ás 20 horas desta terça-feira (22) informa que houve um agravamento do quadro clínico do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna, 87 anos, internado no Hospital Português, no Recife, desde a última segunda-feira (21). Segundo a nota, "a situação é instável, com queda da pressão arterial e pressão intracraniana muito elevada". Ele permanece internado na UTI neurológica, em coma e respirando com ajuda de aparelhos. Ainda na noite da segunda, o escritor passou por uma cirurgia para a colocação de dois drenos, na tentativa de controlar a pressão intracraniana. Suassuna sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico. Não há previsão de alta.

Do G1 PE

LEIA TAMBÉM
Jornal O Globo publica morte de Ariano Suassuna, mas volta atrás e admite que se enganou

Implantação Do Programa Pernambuco no Batente em Paranatana

Ana Paula Freitas  Mestre de cerimônia e coordenadora Técnica do PE no Batente de Paranatama
Dia 18 de julho de 2014 se deu a Implantação e aula inaugural do Programa Pernambuco no Batente, este terá o objetivo de incentivar as beneficiárias a geração de emprego e renda, pois após 1 ano de cursos de Qualificação Social, Produtiva e Profissional, nossas alunas se tornarão protagonistas de suas próprias ações no mundo da economia criativa, superando as dificuldades e alçando voos onde terão seu próprio sustento. Este Programa é incentivado pelo O Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos em Parceria com a Prefeitura de Paranatama, através da Secretária de Assistência Social.

Prefeito de Paranatama, Zé Teixeira assinando os termos junto ao Secretário Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Bernardo D'Almeida

A abertura se deu no Auditório da Secretaria de Educação de Paranatama onde contamos com as presenças das seguintes autoridades: Bernardo D’Almeida, secretário Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos; de Ana Célia Farias, secretária executiva de Desenvolvimento e Assistência Social, o Prefeito de Paranatama José Teixeira Neto; a secretária de Assistência Social do referido município Renata de Lima Cavalcante Tavares; a secretária de Turismo Adelvanda; a de Educação Maria Aparecida de Melo Silva e 200 alunas beneficiárias que estavam muito felizes de fazer parte deste momento tão importante para suas vidas.


De acordo com Bernardo, o Programa Pernambuco no Batente, é coordenado pela Gerência de Proteção Social Básica da SEDSDH, está nas 12 Regiões de Desenvolvimento do Estado. Ao todo são 51 unidades, dessas 41 estão sendo reativadas e 10 implantadas, entre esses o de Paranatama. O programa foi criado em 2007, e vem promovendo a inclusão social e produtiva de indivíduos com baixa renda, acima de 15 anos, com nível de escolaridade a partir da alfabetização, em situação de vulnerabilidade pessoal, social e econômica, em situação de risco pessoal e/ou social, mulheres chefes de famílias e pessoas com deficiência inseridas no Cadastro Único dos Programas Sociais. O programa tem por objetivo inserir as pessoas no mundo produtivo, para que os mesmos gerem renda para o próprio sustento.

O CIP – Centro de Inclusão Produtiva iniciará uma nova era para Município de Paranatama, já que após o término do curso as alunas terão acompanhamento de assistência social e serão formadas para tornarem-se empreendedoras e viver de seu próprio sustento, ao final será realizado a Feira do Empreendedor com exposição das produções, convidando o empresariado local, o SEBRAE e outros parceiros para prestigiarem e conhecerem os futuros empreendedores da área têxtil.

Jornal O Globo publica morte de Ariano Suassuna, mas volta atrás e admite que se enganou

Ariano Suassuna

O estado de saúde do escritor paraibano Ariano Suassuna é gravíssimo, entretanto, ele ainda vive, está em coma e respira com a ajuda de aparelhos. Essa informação é da família, da assessoria de Ariano e de alguns membros da equipe médica do Hospital Português, onde foi internado na noite desta segunda-feira (21), após sofrer um AVC hemorrágico e passar por cirurgia de emergência. O fato desagradável se deu no início da noite de hoje, quando,  o renomado colunista do Jornal o Globo, Ancelmo Gois, noticiou irresponsavelmente a morte do escritor, mas o próprio "O Globo" voltou atrás e admitiu que se enganou. (veja imagem abaixo) O blogueiro pernambucano Jamildo também anunciou a morte de Ariano em seu twitter.  Internautas indignados criticaram fervorosamente a falsa informação, sobretudo, porque saiu de um dos mais respeitados veículos de informação do país. A SITUAÇÃO É MUITO COMPLICADA, MAS ARIANO VIVE



Ancelmo Gois noticiou morte de Ariano, mas depois O Globo desmentiu

Jornal O Globo se desculpa por ter matado Ariano Suassuna

URGENTE:

CONFIRA ÚLTIMO BOLETIM MÉDICO SOBRE O ESTADO DE SAÚDE DO ESCRITOR ARIANO SUASSUNA DIVULGADO ÀS 20 HORAS DESTA TERÇA (22). CLIQUE AQUI PARA TER ACESSO A ESTA INFORMAÇÃO





5ª Noite do FIG 2014 teve Otto e Nação Zumbi como atrações principais; confira como foi

Otto foi uma das atrações da Praça Mestre Dominguinhos em quinta noite de FIG

Iniciando mais uma noite de shows, do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), na Praça Mestre Dominguinhos, subiu ao palco, Still Living, banda de Garanhuns, nascida em 2004. Dando sequência, foi a vez de BNegão e Seletores da Frequência tomarem conta do palco, com hap e hip hop. Fizeram parte do seu repertório, músicas que fizeram o público sair do chão, como “A dança do patinho”.  Bnegão falou sobre a pluralidade cultural do FIG. “O Festival de Inverno de Garanhuns é uma coisa nacional, não se manteve no regional. Acho fundamental essa questão de ter vários palcos e vários ritmos, realmente um festival multicultural”, comentou.
BNegão e Seletores da Frequência tomaram conta do palco Mestre Dominguinhos

Influências do sound system, baladas românticas, sambas e batidas afro. Essas são marcas registradas do cantor Otto, que subiu ao palco às 23h15. O cantor, compositor e percussionista, natural do município de Belo Jardim, dançou, pulou, foi de um lado a outro do palco, e fez com que essa energia fosse transmitida ao público, que também não ficou parado. Trouxe, no repertório, músicas como “Crua” e “Fahrenheit”. Cantou também uma música de Ronnie Von e a dedicou aos casais presentes. Expôs ao público seu sentimento pelo show. “É uma honra está em Garanhuns, é uma honra participar do FIG, e que honra, juntar eu, BNegão e Nação Zumbi em uma noite só, de segunda-feira”, afirmou.
Still Living, banda de Garanhuns, nascida em 2004
, abriu 5ª noite de shows no palco principal do FIG 2014

Logo após, encerrando a noite, Nação Zumbi, banda brasileira de rock, dominou o palco. Uma das atrações de maior destaque da noite cantou músicas como “Foi de Amor” e “Bossa Nostra”, fazendo o público esquecer o frio e a chuva e ser envolvido pelos ritmos. Os shows desta terça-feira (22), serão da Banda Lux Time, The Rossi e Victor Camarote, Luiz Caldas e Academia da Berlinda.
Nação Zumbi encerrou shows na Praça Mestre Dominguinhos


Secom PMG
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger