sábado, 5 de novembro de 2016

RNA INFIEL: Professor de biologia cria paródia com música de Marília Mendonça para ajudar alunos do Prevupe em Garanhuns a memorizar conteúdo do Enem

Criatividade que faz a diferença:Paródia de Klebson com música de 
 de Marília Mendonça fez sucesso no Prevupe
Foto/Arquivo Pessoal

Sim, nas aulas de  biologia do Prevupe - Pré vestibular da UPE aqui em Garanhuns - tem lousa, giz e alunos sentados na carteira buscando absolver conhecimentos que os ajudarão a obter sucesso em vestibulares e sobretudo no Enem, que acontece este final de semana. Mas todos esses ingredientes, tão comuns no já combalido e esgotado modelo brasileiro de ensino, viram coadjuvantes quando o professor Klebson Cordeiro resolve usar a criatividade e a irreverência como ferramenta para ajudar os alunos a memorizarem o conteúdo. Til Krebs,como é conhecido, tem 24 anos e faz paródias de músicas nas suas aulas de biologia, prática que se intensificou nessa reta final de preparação para o Enem. Ele afirma que a ideia nasceu da dificuldade dos alunos entenderem alguns conceitos relacionados ao conteúdo de biologia (Ácidos Nucleicos). 

No vídeo abaixo é possível ver uma das performances mais comentadas de Klebson.  O professor parodiou a música Infiel, da cantora sertaneja Marília Mendonça, e vestiu literalmente o personagem. "Peguei a música e adaptei a letra criando o RNA infiel. Escolhi esta canção porque é algo que eles (os alunos) ouvem e queria alguma coisa que se relacionasse com o cotidiano dos estudantes, algo que estivesse presentes na vida deles", disse o Til Krebs, que também já parodiou músicas de Gustavo Lima, Glória Gaynor, Israel Novaes e Kid Abelha.

VÍDEO DO PROFESSOR KLEBSON PARODIANDO MARÍLIA MENDONÇA

Os alunos do professor garantem que a tática funciona e que a música vem na cabeça quando o exercício é sobre o assunto. "No meu ensino médio não tive uma boa base na matéria de biologia. Sempre senti uma deficiência nessa disciplina. Mas com as aulas do professor Klebson, que utiliza as paródias, fica muito mais fácil a memorização dos conteúdos, por isso acho muito positivo", contou o estudante Isaac Braga, que vai fazer o Enem este final de semana e quer cursar faculdade de História.  Isaac ainda revelou que a paródia RNA Infiel foi repetida quatro vezes fazendo despertar dentro dele a vontade de querer cantar também. "Essa repetição torna o hit contagioso, o que facilita o aprendizado. Que mais professores venham para renovar o estilo de dar aulas, melhorando o ambiente escolar", salientou o jovem de 17 anos, que reside em Jupi.
TIL KREBS MENDONÇA: Professor de Biologia do Prevupe
 trabalha paródias para ajudar alunos  a obterem bom desempenho no ENEM e  vestibular da UPE
foto/ arquivo pessoal
As aulas do Prevupe acontecem na UPE, sempre aos finais de semana. O professor Klebson é responsável pela disciplina de biologia em oito turmas com cerca de 50 alunos cada. Para a estudante Karla Regina, 19 anos, a aula diferente prende a atenção e pode fazer diferença na hora da prova do Enem. “Foi a primeira vez que assisti uma aula desse modo. Amo biologia. É minha matéria preferida, mas estudei anos com professores só ensinando conteúdo, explicando assunto mecanicamente e eu achava muito chato. O professor Klebson, quando veio com esse novo método, inovou bastante. Fez um dos assuntos mais difíceis de Biologia, que são o RNA e DNA, se tornarem os mais fáceis através da paródia," disse Karla, que deseja entrar no curso de Medicina Veterinária.

AULÕES SOLIDÁRIOS
Outra boa iniciativa de Klebson consiste em levar os aulões solidários, consagrados dentro do contexto do Prevupe, para escolas públicas estaduais. Esses aulões já foram realizados nas cidades de Águas Belas, Paranatama, Garanhuns, Lagoa do Ouro e Saloá, no Agreste Meridional. No Prevupe, alguns aulões são abertos ao público e a inscrição é 01 kg de alimento não perecível. O material arrecadado serve para ajudar ao Abrigo São Vicente de Paula. "Eu tenho quatro anos de Prevupe e sempre trabalhei com a dinâmica de paródia. A ideia deu certo e por isso resolvemos levar os aulões solidários às escolas públicas para alcançar alunos que não têm oportunidade de assistir as aulas do Prevupe.  O ensino caminha para outras formas de aprendizado. Acredito que a criatividade e inovação é um diferencial. Seja no cursinho ou nos meus aulões, quero atingir o universo daqueles que não tem acesso a uma educação pública de qualidade", revelou Klebson, que já planeja novas paródias para o ano que vem.  Maria Betânia pode ser uma das opções a serem trabalhadas em sala de aula.  A julgar pela empolgação do autor do RNA Infiel, a mesmice vai passar longe das aulas de biologia no Prevupe 2017.

Professor Klebson Cordeiro da Silva

SOBRE O PREVUPE
É o cursinho pré-vestibular da UPE. Funciona de abril a novembro no próprio campus da UPE,  em Garanhuns, sendo totalmente gratuito. Para conquistar uma das 400 vagas, o aluno oriundo de escolas públicas passa por um processo seletivo. Se aprovado, passa a ter aulas nos finais de semana de diversas disciplinas exigidas no Enem e vestibular seriado da UPE, conhecido como  SSA (Sistema Seriado de Avaliação). Os professores do Prevupe são remunerados com bolsas pagas pelo Governo do Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger