quinta-feira, 1 de setembro de 2016

UMA VAGA PARA GARANHUNS: PGE-PE abre seleção de estágio em Direito para alunos egressos da rede estadual

Estudantes do curso de Direito oriundos da rede pública estadual de Pernambuco estão tendo a oportunidade de aperfeiçoar seus conhecimentos através do Programa Alternativo de Estágio da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE). A iniciativa, em parceria com a Secretaria Estadual de Educação, já beneficia 13 alunos da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Universidade de Pernambuco (UPE) no Recife e agora abre novo edital de seleção, expandindo seu alcance para Garanhuns e Petrolina.

As inscrições estão abertas de 1º a 23 de setembro no site da PGE-PE (www.pge.pe.gov.br/?Estagios). Podem concorrer estudantes que concluíram o ensino médio na rede pública estadual e hoje são alunos do curso de Direito, do 3º ao 6º período, nas seguintes instituições: UFPE, UPE, Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga) e Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape).

São oferecidas sete vagas: quatro na sede da PGE-PE no Recife, uma na Sub-Regional de Garanhuns, uma em Regional de Petrolina e outra na Sub-Regional de Arcoverde. Candidatos classificados também formarão cadastro de reserva. A seleção tem validade de um ano, podendo ser prorrogada por igual período.
A prova, com 50 questões de múltipla escolha, será realizada no dia 7 de outubro. No conteúdo programático, Direito Constitucional, Direito Processual Civil e Direito Civil. O estágio tem carga horária de 20 horas semanais e os estudantes recebem uma bolsa-auxílio mensal de R$ 840. 

QUALIFICAÇÃO - O Programa Alternativo de Estágio da PGE-PE foi criado em 2014, a partir de sugestão do então corregedor-geral César Caúla, atual procurador-geral do Estado, com objetivo de incrementar os resultados concretos advindos dos investimentos feitos pelo Governo do Estado na formação dos alunos da rede pública, reforçando seu aprendizado para além do período do ensino médio, por meio da atuação junto a um corpo profissional altamente qualificado, como é o dos procuradores do estado.

O estágio é coordenado pelo Centro de Estudos Jurídicos (CEJ) da PGE-PE, em paralelo ao programa de estágio regular. A proposta, segundo o procurador-coordenador do CEJ, Paulo Rosenblatt, é possibilitar o contato mais cedo do aluno com a prática jurídica.

Ao ingressar no programa da PGE-PE, os estudantes são distribuídos por setor e passam a atuar com supervisão, orientação e avaliação dos procuradores chefes da unidade a qual estará vinculado. Trimestralmente são avaliados e, de acordo com a necessidade, podem ser remanejados para outras unidades a fim de adquirir experiência em diversas áreas da Procuradoria. Os estagiários também podem participar de treinamentos e cursos oferecidos pelo CEJ.

"Tem sido uma experiência muito rica ir além da esfera teórica, aplicando na prática o que aprendemos na faculdade. Também é de extrema relevância ter o contato com processos de verdade e com profissionais extremamente capacitados", declarou a estagiária Vanessa Cavalcanti, aluna da UPE. "É um estágio bastante proveitoso, que vai colocar o aluno, com sua carga teórica, frente a frente com a prática jurídica real e consolidar seu aprendizado para o futuro", declarou Eriane Sousa, também da UPE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger