sexta-feira, 6 de maio de 2016

Justiça cassa mandato de vereador de Correntes suspeito de ameaçar PM


O Tribunal de Justiça de Pernambuco, através do juiz da Comarca de Correntes, cassou o mandato de José Cardoso Soares (PSB), Zé Cardoso, vereador de Correntes, no Agreste de Pernambuco. O parlamentar é suspeito de ameaçar um policial militar em 8 de dezembro de 2011, no centro do município. Para o TJPE, "no tocante à materialidade e à autoria, a prova testemunhal, é uníssona e aponta para a efetiva prática do delito e para o réu como o autor dos fatos".

Em vídeo publicado em uma rede social, o vereador explicou a situação com o policial. Ele disse que foi "defender um irmão meu". "Teve um tumulto com um policial, não gostei da maneira que o policial se comportou e ele fez um Boletim de Ocorrência contra mim". Soares explicou que está recorrendo da decisão judicial.

A pena para o parlamentar também é de dois meses e quinze dias recolhido durante o "período noturno e nos dias de folga, recolhendo-se (possivelmente a sua residência) no período compreendido entre as 23 horas e às 06 da manhã". Na senteça, a Justiça determina que a Câmara Municipal seja informada da decisão da pena aplicada ao vereador.

O texto da setença informa que "opera-se a suspensão dos direitos políticos, por ser esse um efeito automático e autoaplicável da condenação, independentemente da pena aplicada ser restritiva de direitos ou privativa de liberdade e consequentemente a perda do mandato eletivo

Do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger