terça-feira, 24 de maio de 2016

NA PRAÇA MESTRE DOMINGUINHOS: Comerciante mata homem a tiros em Garanhuns e diz que vingou irmã estuprada e morta em 2001

Vitima

Um homem de 30 anos, auxiliar de serviço gerais, e x-presidiário, residente  na Rua Santa Sofia, centro de Garanhuns foi morto por volta das 22h30min desta segunda-feira, 23 de maio de 2016, na Praça Mestre Dominguinhos, alvejado por  08 disparos de arma de fogo efetuados  na cabeça. A vítima, identificada como Alan Pessoa de Vasconcelos, morreu instantaneamente. Testemunhas acionaram a PM e disseram que o assassino, após cometer o crime, saiu correndo a pé pela praça até a Rua Agamenon Magalhães, mas os policiais agiram rápido e, antes que o acusado pudesse fugir em um veículo tipo Polo, estacionado na Agamenon Magalhães, foi detido. Júlio Cesar de Brito Cavalcanti, 33 anos, confessou o homicídio e disse que a motivação foi uma vingança pessoal. Segundo ele,  em 2001, a irmã do mesmo, Rafaela Brito, havia sido estuprada e morta e a vítima, ALAN, havia participado do crime. O corpo foi encaminhado ao IML em  Caruaru. 


Julio reside na Rua Severiano Peixoto, no centro. Ele foi autuado em flagrante e recolhido para a Cadeia Pública de Capoeiras, sendo apreendido em seu poder, além do Polo, duas armas calibre 38, uma delas com numeração raspada.

Rafaela Brito desapareceu misteriosamente em 2001, sendo encontrada dias depois estuprada e morta. O crime teve grande repercussão em Garanhuns gerando forte comoção na população.


Foto: Alysson Novato

PUBLICIDADE


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger