domingo, 13 de março de 2016

13 DE MARÇO DE 2016: protesto em Garanhuns pede o impeachment de Dilma, a prisão de Lula e o fim da corrupção


Dezenas de pessoas saíram às ruas de Garanhuns no final da manhã deste domingo, 13 de março, para protestar contra o PT e  pedir o impeachment da presidente Dilma. O ex-presidente Lula, investigado pela Operação Lava Jato,  também foi alvo da mobilização. Algumas faixas pediam cadeia para Lula que semana passada foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo

A manifestação teve sua concentração no Relógio das Flores. De lá, os participantes, vestidos de amarelo - alguns envoltos na bandeira do Brasil - marcharam pelas principais ruas da cidade até a frente da prefeitura onde houve a dispersão.

De acordo com a opinião de alguns manifestantes, a mobilização contou com a presença de mais de 150 pessoas. Apoiadores de Lula e da presidente Dilma falam em 50 participantes. A PM afirmou que cerca de 300 pessoas estiveram presentes ao ato anti-PT.

"Eu contei 50 pessoas. Só Coxinhas e os que se acham burgueses", escreveu o professor Lincoln Cardoso em seu perfil no Facebook. Para a professora Ana Paula Ferreira, a movimentação de hoje em Garanhuns foi totalmente partidária e não representa a opinião da maioria dos munícipes "Se a manifestação fosse de fato contra a corrupção deveria ser também contra todos os ladrões que roubam esse país como  Cunha e Aécio. Não é justo citar apenas um partido," disse a educadora.

FAIXA POLÊMICA
A faixa utilizada em um ato contra o PT em agosto do ano passado, e  que contém dizeres: "Garanhuns pede desculpas ao Brasil por Lula, o filho corrupto," voltou a tremular nas mãos dos manifestantes neste domingo na Cidade das Flores. A imagem, como na primeira vez, ganhou destaque nacional e foi publicada no Uol e G1 nacional.

Apesar de não contar com um número expressivo de participantes, a manifestação deste domingo, contra Dilma, Lula e o PT, conseguiu atingir o objetivo a que seus organizadores se propuseram. Em 15 de março de 2015, movimento semelhante contou com a presença de 15 pessoas e um cachorro. Já no último mês de dezembro, a mobilização também teve pouquíssima adesão. Neste 13 de março, houve uma maior capilaridade no protesto na terra de Lula e aqueles que são contra a maneira como o PT vem conduzindo os destinos do país conseguiram passar seu recado, minimizando os fiascos anteriores. Há de se levar em consideração que o cenário hoje é bem diferente do que tínhamos em março de 2015. À época, poucos imaginavam, por exemplo, que o ex-presidente Lula fosse alcançado pelas investigações da Lava Jato. A crise que grassa o país, que enfrenta uma grave recessão e desaceleração da economia , também é bem mais palpável hoje que há um ano atrás.

Todos esses fatores, aliados a  apatia da presidente, que perdeu a capacidade de governar  já que não conta sequer com o apoio do fisiologista e fiel escudeiro PMDB, serviu de combustível para o acirramento dos ânimos e do aumento de brasileiros na rua, não somente em Garanhuns, mas em todo o país. Fica claro também que o modelo de administração do PT, que tantas conquistas trouxe ao Brasil  com suas politicas sociais que resultaram em um aumento sem precedentes das universidades públicas e na diminuição significativa da pobreza, definitivamente se exauriu engolfado nos próprios erros do partido que está no poder há 15 anos. 

QUE PREVALEÇA A DEMOCRACIA.






Fotos: Divulgação Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger