domingo, 15 de novembro de 2015

Profissionais do Projeto Travessia participam de formação continuada em Garanhuns


A Gerência de Educação do Agreste Meridional (GRE-AM). através de sua Unidade de Desenvolvimento do Ensino,  e a Fundação Roberto Marinho realizaram,  de  11  a 13 de novembro, a Formação do Módulo I do ensino médio referente às  turmas da edição 2015/2016 do Travessia. O público alvo foi composto por professores atuantes no projeto, supervisores e a equipe de coordenação regional.

 Na ocasião, a gestora regional de educação, Professora Adelma Elias, e a coordenação Regional do Travessia da GRE-AM, nas pessoas de Elvira, Arnon e Itaneide, deram as boas vindas a todos os professores e desejaram dias de produtividade rumo a qualidade do ensino e da educação. "Sabemos da importância de cada educador nesse processo (Ensino x Aprendizagem) no Travessia, programa que tem a missão de reduzir as distorções entre idade e série nos ensinos médio e fundamental", frisou Adelma em discurso proferido durante a capacitação. 

O Travessia é uma importante ferramenta para a correção de fluxo escolar e diminuição das distorções entre idade e série. Criado em 2007 como um programa de aceleração do estudo, ele tem  tem trazido ótimos resultados, ajudando o Governo de Pernambuco a atingir suas metas na correção dessa defasagem. Um exemplo da eficiência do Travessia é que, antes da sua implantação, a distorção idade-série no estado chegava a 72%. Atualmente, com a ajuda do programa e com seu aperfeiçoamento constante, essa porcentagem está  em 30,1%, e caindo gradativamente.

 A formação ainda contou com a presença das formadoras da Fundação Roberto Marinho, Josy e Rober. O papel principal  da fundação no Travessia é de fornecer todo o material didático, além de dar o suporte na aplicação da formação dos educadores.  "Foram três dias de ação educativa, aprendizagem e integração muito produtivos e que renderam bons frutos. Os professores saíram renovados, levando na bagagem  novas experiências e atitudes que serão de muita valia na nobre tarefa de dar continuidade a este importante projeto do Governo do Estado que tem como parceira a Fundação Roberto Marinho", comentou Ana Paula Ferreira, uma das participantes. 


SOBRE O PROJETO TRAVESSIA
Lançado em junho de 2007, o Travessia - Programa de Aceleração de Estudos de Pernambuco configura-se como uma política pública de ensino do governo de Pernambuco cuja finalidade é reduzir a defasagem idade/série dos estudantes do Ensino Médio da Rede Estadual de educação pública. Para efetivação dos objetivos desse programa, a Secretaria de Educação convidou a Fundação Roberto Marinho para atuação junto aos jovens do Ensino Médio com dois anos ou mais de defasagem escolar, por meio da metodologia do Telecurso. O projeto beneficiou, logo no início, 54 mil estudantes e envolveu 2 700 professores que atuaram em 1800 telessalas. PARA SABER MAIS CLIQUE AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger