quinta-feira, 3 de setembro de 2015

MPPE vai investigar "suposta" máfia de funerárias e funcionários que teria atuado dentro do Dom Moura, em Garanhuns


O MPPE, através da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Garanhuns, anda investigando uma denúncia de que funcionários do Hospital Dom Moura, em Garanhuns, estariam privilegiando determinadas funerárias da cidade, facilitando o acesso a corpos de pacientes, mediante cobrança de uma comissão. 

A denúncia é de 2014 e só agora foi convertida em inquérito civil público. A simples abertura do procedimento investigatório não significa dizer que a improbidade acima citada esteja sendo cometida. Por enquanto é apenas um fato que precisa ser muito bem averiguado, podendo ser até arquivado, como tantos outros, caso não haja provas de sua existência. Mas, segundo a Portaria do MPPE publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, 03 de setembro, um procedimento administrativo disciplinar já havia sido aberto pela Secretaria Estadual de Saúde para apurar o caso.

Através de um ofício encaminhado à TCI BPO, Tecnologia Conhecimento e Informação S/A, empresa que detém a guarda dos documentos da Secretaria de Saúde, a promotoria requereu o referido processo para facilitar nas investigações.

Cópia da portaria de abertura do inquérito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger