sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Escritor garanhuense Mário Márcio de Almeida morre aos 88 anos, no Recife

Mário era membro da Academia Pernambucana de Letras e escreveu livro sobre a hecatombe em Garanhuns

Faleceu na manhã desta sexta-feira (25), o romancista, historiador, crítico literário, ensaísta e professor universitário Mário Márcio de Almeida Santos, membro da Academia Pernambucana de Letras, na qual ocupava a cadeira de número 4. O velório acontece, agora, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista e o enterro será por volta das 18h, no mesmo cemitério.Mário Márcio morreu em decorrência de falência múltipla dos órgãos no Hospital Albert Sabin em Recife.

O escritor nasceu no dia 22 de agosto de 1927, em Garanhuns-PE.  É detentor de vários prêmios: “Prêmio Othon Bezerra de Mello”, da Academia Pernambucana de Letras, edição 1992, dado ao livro “Anatomia de uma tragédia – A hecatombe de Garanhuns”; “Prêmio Othon Bezerra de Mello”, da Academia Pernambucana de Letras, Edição 1994, dado ao livro “Um homem contra o império – Vida e luta de Antônio Borges da Fonseca”; e o “Prêmio Joel Fontes”, da Fundarpe, 1995, dado ao livro “Um homem contra o império – Vida e luta de Antônio Borges da Fonseca”.

NE 10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger