quarta-feira, 17 de junho de 2015

Tablóide britânico Daily Mail entrevista homem que ficou conhecido no mundo como Canibal de Garanhuns


Clique na imagem para ampliá-la
O tabloide britânico “Daily Mail'', um dos mais populares e mais sensacionalistas veículos de imprensa do mundo, publicou nesta quarta-feira em seu site uma entrevista exclusiva com Jorge Beltrão Negromonte, preso em Pernambuco por homicídio e canibalismo. Segundo a publicação, os crimes de Negromonte foram motivados pelo satanismo, como uma tentativa de fazer um ritual de purificação. Curioso observar que, apesar de Jorge Negromonte ser de Olinda e só vir morar por aqui uns dois anos antes de cometer as atrocidades que horrorizaram o planeta, a imprensa do país e mundial só se refere a ele como Canibal de Garanhuns. 

“O canibal confesso Jorge Beltrão Negromonte não havia saboreado o gosto 'suculento' da carne humana há pelo menos três anos'', diz a reportagem, que alega ter conversado “cara a cara'' com o criminoso dentro da prisão por quatro horas.

“Ele é um dos assassinos mais infames do mundo, que sem misericórdia matou jovens mulheres antes de comer sua carne – refogada com cebola e orégano, ou cozida com vegetais'', diz o tabloide, que compara o caso com a história fictícia de Sweeney Todd, barbeiro que servia carne humana em tortas em Londres.

O jornal diz ter ido a Pesqueira, em Pernambuco, onde o “monstro'' esteve preso em uma cela com mais 33 detentos. Na entrevista, Negromonte diz que acha certo estar preso, pois se estivesse solto cometeria mais crimes.

“Sobre seu gosto pela carne humana, ele disse: 'carne humana, para mim, não é diferente de carne de boi. Tem o mesmo sabor e a mesma consistência suculenta. Não é mais deliciosa, mas também não é menos deliciosa.''

Fonte - Uol - Blog Brasilianismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger