sexta-feira, 29 de maio de 2015

Após 17 dias, professores de Garanhuns suspendem estado de greve


O estado de greve decretado pelos professores da Rede Municipal de Ensino de Garanhuns chegou ao fim neste dia 28 após  17 dias. O motivo foi uma liminar expedida pelo TJPE considerando ilegal o movimento. A informação é do SINSEMUG.  

Os docentes estavam parados em meia jornada, desde o dia 11 de maio, por não concordarem com o reajuste não linear concedido pela Prefeitura de Garanhuns como cumprimento do novo piso salarial da educação. Além disso, a categoria pedia melhores condições de trabalho nas escolas e a retificação da lei que mudou a forma de concessão do Abono Educador. 

Mesmo antes da decisão judicial sair, professores e prefeitura já vinham optando por um diálogo em  torno da questão dos 13,01%,  tendo o Governo Municipal se comprometido a, até o final de junho, após o período em que fecham as contas do município do mês de maio, fazer um levantamento junto à Secretaria da Fazenda de Garanhuns para rever a possibilidade de percentual do reajuste salarial dos educadores. A alegação da prefeitura para não conceder o aumento de forma linear foi o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal que proíbe que o gestor comprometa mais de 54% da receita do município com pagamento de pessoal. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger