terça-feira, 14 de abril de 2015

Governo Municipal de Garanhuns reajusta salário dos professores e esclarece sobre polêmica do Abono Educador


O Governo Municipal de Garanhuns reajustou a grade de vencimentos dos servidores do Grupo Ocupacional do Magistério. A oficialização do aumento, que ficou fixado no valor de R$ 1.917,78 para 200 horas-aula, vai ser  publicada no Diário Oficial dos Municípios/Amupe desta quarta-feira (15). O novo piso equivale ao aumento de 13,01% - em conformidade com a proposta do Governo Federal. “Para nós é um esforço muito grande dar esse reajuste, que mesmo sendo o preconizado pelo Governo Federal, a maioria das prefeituras e o próprio Estado de Pernambuco ainda não vem cumprindo. Mas acreditamos que educação é algo fundamental e aqui em Garanhuns o piso será pago ao professor”, pontuou o Prefeito Izaías Régis.

Na Lei nº 4117/2015, ainda fica definido que os valores correspondentes às diferenças de vencimentos relativos aos meses de janeiro, fevereiro e março serão pagos em uma parcela única, no mês de abril.

Abono Salarial

A Lei Nº 4117/2015 mantém o abono salarial pago aos professores da rede municipal. O assunto foi largamente discutido em uma reunião, realizada ontem (13), onde participaram o secretário de Articulações Políticas e Governo, Wanderley Lopes, a secretária de Educação e Esportes, Janecélia Marins, o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Garanhuns, Luciano Florêncio e os vereadores Audálio Ramos Filho, Gerson Filho, Sílvio Sabino, Luzia da Saúde, Haroldo Vicente e Carla de Zé de Vilaço para esclarecer dúvidas da categoria sobre o assunto.

Na ocasião, ficou esclarecido que não haverá extinção do abono, que é custeado pelo Fundo Nacional de Manutenção do Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), mas, seu texto foi readequado para atender ao que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. “Diante dos questionamentos feitos pelos professores do município, se fez necessário a realização desse momento, para reafirmarmos o nosso compromisso com os profissionais de Educação da Rede Municipal, ressaltando, ainda, que a responsabilidade legal de um governo, vai além das vontades individuais”, reforçou o secretário de Governo, Wanderley Lopes.

Secom PMG



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger