segunda-feira, 10 de abril de 2017

DECLAROU TER 69 MIL, MAS DOOU 90: Em caso raro no país prefeito Izaías Régis doou à própria campanha 130% do seu patrimônio declarado à Justiça eleitoral


A prestação de contas do prefeito Izaías Régis (PTB) reeleito em outubro do ano passado, se configura em um caso raro no país. Uma brecha na lei eleitoral permite que os candidatos a prefeito financiem suas campanhas com recursos próprios, até o limite ou teto estipulado pelo TSE para cada município.  O problema, e o que faz o caso do prefeito de Garanhuns ser raro no país, é que ele declarou possuir um patrimônio de 69 mil trezentos e vinte e dois reais, que inclui um automóvel Up no valor de R$41.322,00 e um Uno Mille de R$ 28.000,00, mas doou do próprio bolso a sua campanha,  R$ 90.162, 80, ou seja 130% do patrimônio declarado. 

Dentre os candidatos que disputaram a eleição municipal nos 309 municípios com mais de cem mil habitantes, a autodoação de Régis foi uma das maiores em relação a porcentagem do seu patrimônio, o que faz do prefeito de Garanhuns um caso diferenciado no país, o do candidato que doou mais do que tinha em patrimônio(ou que declarou que tinha). Apesar do fato curioso, porém permitido pela legislação eleitoral, as contas do candidato Izaías Régis já foram aprovadas pelo TRE-PE.

Os 90 mil doados pelo prefeito correspondem a 35,2% de todo o valor arrecadado pela sua coligação, que foi de R$ 255.804,65. O limite de gastos dos candidatos a prefeito de Garanhuns na eleição passada, estabelecido pelo TSE, foi de R$ 261 mil reais.

CLIQUE NAS IMAGENS ABAIXO PARA AMPLIÁ-LAS





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger