CLIQUE NO BANNER E CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO NATAL DE GARANHUNS

Mande seu currículo

Mande seu currículo
SELEÇÃO EM GARANHUNS E REGIÃO. MANDE SEU CURRÍCULO

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Mulher nascida em Correntes e levada pra São Paulo com um ano de idade reencontra mãe biológica após quase 30 anos


A história de Jaqueline Fernandes da Silva é parecida com a de muitas filhas que foram deixadas por suas mães biológicas na maternidade, para adoção. 

Jaqueline nasceu em Correntes/Pernambuco e veio para Votuporanga com apenas um ano de idade. Ao completar seus 15 anos, ficou sabendo que era adotada. “Fiquei sem rumo, perdi o chão”, contou. A partir disso, começou a escrever cartas para os programas de televisão, na tentativa de encontrar sua mãe biológica. Como não tinha informações sobre ela, a tentativa era em vão. 

Em entrevista exclusiva a reportagem do Votunews.com.br ela relatou que, depois de sofrer um grave acidente, resultando em traumatismo craniano, Jaqueline ficou internada na UTI do Hospital de Base de São José em Rio Preto. Ao abrir os olhos, pediu para que Deus ajudasse a realizar o sonho de encontrar sua mãe. 

Depois de receber alta do Hospital, casou-se. Mas não quis trocar seu nome porque tinha muita fé em encontrar sua verdadeira família. 

Ela conta que em sua certidão de nascimento está registrado o nome de um homem com o mesmo sobrenome, Djalma Fernandes da Silva. Ela conseguiu encontrá-lo pelo Facebook e ficou sabendo que ele era seu primo legítimo. 

“Para mim, foi um choque muito grande. Nesta vida, eu poderia ter optado por caminhos errados, mas não foi isso o que aconteceu. Sou casada há 12 anos, tenho dois filhos que são bênçãos de Deus. Trabalho há 9 anos no Supermercado Santa Cruz e sou evangélica. Nunca desisti. Inclusive, o meu patrão me ajudou muito para que eu reencontrasse a minha mãe”, contou. 

Jaqueline disse que Djalma passou o contato de uma tia legítima e que a mesma ajudou para que ela e sua mãe pudessem se reencontrar. “Para mim foi a maior felicidade do mundo porque ela também estava me procurando há quase 30 anos e não sabia nada sobre mim”, disse. 

Jaqueline e sua mãe biológica, Lúcia Barbosa, se reencontraram na rodoviária de Votuporanga no dia 28 de outubro. Lúcia saiu da cidade de Garanhuns/Pernambuco para poder conhecer a filha no dia de seu aniversário. “Foi o melhor presente que eu poderia ter recebido. Estou muito feliz”, afirmou. 

O reencontro foi emocionante, filmado e fotografado o momento de muita alegria tanto da mãe quanto da filha.

Texto, informações e fotos: Votunews  votunews.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...