CLIQUE NO BANNER E SEJA REDIRECIONADO PARA O SITE DA PREFEITURA

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Internado há mais de um mês, Bacalhau luta contra o Alzheimer e a depressão


O torcedor mais especial e mais querido do Santa Cruz está internado há 33 dias no Hospital Perpétuo Socorro, em Garanhuns e, pelo grau de sua enfermidade, certamente não tem compreensão de que seu time foi recentemente rebaixado para a terceira divisão. Diagnosticado com Alzheimer e lutando há alguns anos contra uma depressão, José Mariano da Silva, de 77 anos, o nosso Bacalhau, trava uma das maiores batalhas de sua vida. De acordo com a ex-esposa, Maria Auxiliadora, que se reveza com os filhos nos cuidados com Bacalhau, o estado dele é estável. "Ele não tem diabetes, a pressão é boa, o problema mesmo é a depressão e o Alzheimer e o fato de ele só poder se alimentar por sonda", revelou Maria Auxiliadora em contato com o V&C, que visitou Bacalhau na manhã desta sexta, 17 de novembro.  

NÃO PRECISAMOS DE FRALDAS
Maria Auxiliadora aproveitou para desmentir que a família tivesse iniciado uma campanha para doação de fraldas geriátricas ou qualquer outro material para Bacalhau.  "Fiquei  surpresa ao saber que nas redes sociais tem uma campanha de doação de fraldas para ele. Sou aposentada pelo estado. Trabalhei no Dom Moura e Bacalhau também ganha um salário. Tenho plano de saúde e ele é meu dependente, portanto, não está faltando nada. O atendimento aqui está sendo ótimo. A única coisa que estou comprando é uma pomada pra tratar feridas, já que ele passa o tempo todo deitado", justificou.

A LEMBRANÇA DO AMIGO IZAÍAS RÉGIS
Ainda segundo a ex-esposa de Bacalhau, devido ao Alzheimer,  ele não se lembra ou reconhece quase ninguém, mas ela contou ao blog um fato curioso. Disse que de vez em quando Bacalhau é pego chamando pelo prefeito  Izaías Régis, por quem sempre teve carinho e respeito.  "Ele diz que tem que ir na prefeitura resolver um assunto", disse Maria Auxiliadora

NÃO HÁ PREVISÃO DE ALTA
Apesar do estado de saúde de Bacalhau ser estável não há previsão de alta. "Os médicos não vão dá alta enquanto ele estiver se alimentando por sonda". Difícil ele voltar a ser o que era. As chances de recuperação são pequenas.  Ele chegou andando e agora não consegue se locomover," salientou a ex-esposa.  Bacalhau faz fisioterapia todos os dias e já não movimenta pernas e braços. Sua internação se deu porque ele se recusava a se alimentar e tomar a medicação prescrita pelos médicos.

SANTA CRUZ , O TIME DE CORAÇÃO
De  acordo com o Jocélio, filho Bacalhau, alguns antigos diretores do Santa Cruz, time de coração do pai, foram informados sobre o estado de saúde dele. "Alguns diretores antigos que o conhecem estão sabendo, mas, como times de futebol estão sempre mudando de diretoria, fica difícil. Além do mais, o Santa passa por um momento complicado com a queda para a terceira divisão", ressaltou.

EPISÓDIO NO PALÁCIO CELSO GALVÃO E INTERNAÇÃO NO RECIFE
Em janeiro de 2016, quando estava no Palácio Celso  Galvão, sede do Governo Municipal de Garanhuns, Bacalhau ameaçou se jogar da escadaria do belo edifício construído em Art Déco. As consequências só não foram mais graves porque o simpático torcedor foi contido por assessores do prefeito. Após o episódio, Bacalhau foi encaminhado à Clínica do Sol, em Garanhuns, e em seguida para o Hospital Psiquiátrico Ulisses Pernambucano, no Recife onde ficou internado por cerca de um mês tratando da depressão. 
Bacalhau e um dirigente do Santa Cruz
 à época da internação no Recife

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...