CLIQUE NO BANNER E CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO NATAL DE GARANHUNS

Mande seu currículo

Mande seu currículo
SELEÇÃO EM GARANHUNS E REGIÃO. MANDE SEU CURRÍCULO

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

O ALTO PREÇO DA VIOLÊNCIA : Morre segurança residente em Garanhuns baleado no assalto a carro forte em São Bento do Una

Roberto Ferreira

Não resistiu aos ferimentos o vigilante Roberto Ferreira, de 31 anos, que estava no carro forte que foi explodido por uma quadrilha fortemente armada na tarde da última terça-feira, 15 de agosto, na PE-180 que liga os municípios de Lajedo e São Bento do Una. 

De acordo com o perfil do Facebook do vigilante, ele era natural de São João, mas residia em Garanhuns. Roberto tinha sido alvejado com  disparos de arma de fogo durante o assalto ao carro forte. Desde então, o segurança estava internado no Hospital da Restauração (HR), no Recife, onde chegou a ser submetido a uma cirurgia para amputação da perna direita. 

Um agricultor de 65 anos,que foi atingido na cabeça por uma bala perdida e após permanecer internado em coma na unidade de trauma do HR também faleceu. Outro vigilante baleado de raspão foi atendido em um hospital em São Bento do Una e liberado. Os outros dois vigilantes não ficaram feridos. 

Nas redes sociais, sobretudo no perfil de Roberto no Facebook, amigos lamentaram a morte do segurança. Roberto foi soldado no 71º BI Mtz durante anos onde se destacou pela sua capacidade profissional sendo reconhecido por chefes e pares. "Infelizmente nosso irmão não resistiu! E ainda há quem defenda ladrão, até quando vamos viver assim? pessoas boas perdendo suas vidas nas mãos desses covardes. Roberto Ferreira que Deus te reserve um descanso eterno", diz uma das mensagens. 

ENTENDA O CASO
O assalto aconteceu na tarde da última terça-feira passada. Um grupo de cerca de 10 homens fortemente armados atacou um carro forte da Preserve que seguia de São Bento do Una para Lajedo, respectivamente a 215 e 173 quilômetros do Recife, no Agreste. O grupo utilizou uma Hillux e um Duster, além de cinco motos que foram abandonadas na fuga.

Há informações não confirmadas de que assaltantes estariam seguindo o carro que teria recolhido malotes da agência do Banco do Brasil em São Bento do Una. Quando estava na rodovia, o grupo iniciou o ataque a tiros. O carro forte saiu da pista, capotou e terminou no matagal.

Os assaltantes teriam obrigado os ocupantes do carro forte da Preserve a deixarem o veículo, tomando todo o armamento, de escopetas calibre 12 a pistolas 380, além dos coletes, e utilizaram explosivo para levarem tudo que estava sendo transportado. Segundo a PMPE, a Preserve não informou o montante que estava sendo transportado, nem forneceu mais detalhes do que  foi levado.

Acréscimo de informações do Diário de Pernambuco



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...