Distribuidora Hyundai para Garanhuns e Região da linha HB20 e CRETA

Distribuidora Hyundai para Garanhuns e Região da linha HB20 e CRETA
Distribuidora Hyundai para Garanhuns e Região da linha HB20 e CRETA

quinta-feira, 18 de maio de 2017

JÁ RESPONDIA POR ESTUPRO:Detento que saiu do presídio de Canhotinho no indulto do Dia das Mães é preso por estupro de vulnerável após beijar forçadamente menina de 12 anos em Paranatama


Algumas leis de nosso país, em especial as que tratam do Direito Penal, são um curioso caso onde o legislador, o congressista, o deputado, o senador, ou seja lá quem as tenham produzido, trabalha contra a sociedade e a favor do marginal. Do contrário, como explicar que alguém que já esteja preso pelo crime de estupro seja beneficiado com um indulto do Dia das Mães e seja a nós devolvido como se fosse imaculado como a Madre Tereza de Calcutá ou puro como Frei Damião de Bozzano? 

A prova que essa legislação é tosca e deletéria à sociedade ocorreu no dia de ontem, 17 de maio, na vizinha Paranatama. Lá, em uma comunidade rural, um detento de 39 anos que ganhou a liberdade no indulto do Dia das Mães, foi preso pela Guarda Municipal daquela cidade acusado de beijar, forçadamente,  uma criança de apenas 12 anos de idade. A pequena vítima foi conduzida até a delegacia pelo Conselho Tutelar. O suspeito ainda quebrou a tornozeleira eletrônica sob a alegação de que queria passear na cidade e, no ato da prisão, estava embriagado. Ele foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e deve voltar para o lugar de onde nunca deveria ter saído, o presídio de Canhotinho. 

O revoltante é que o detento já estava preso lá, respondendo por outro estupro, mas, para a nossa Justiça, isso é apenas um detalhe sem importância. Nossas crianças, mães, irmãs e esposas que corram o risco e paguem o pato. É UMA VERGONHA


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...