terça-feira, 4 de abril de 2017

Com tempo de vida útil vencido, ambulâncias do Samu param para conserto e serviço é suspenso por tempo indeterminado em Garanhuns


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Garanhuns teve seu atendimento suspenso por tempo indeterminado.  O motivo foi o envio para a manutenção (ao mesmo tempo) das duas ambulâncias que prestam serviço à população. 

Segundo o Governo Municipal de Garanhuns, a ideia era mandar apenas um dos veículos para a manutenção e deixar o outro rodando, entretanto, no sábado, 01 de abril, a segunda unidade apresentou problemas mecânicos e foi encaminhada para o conserto. Com isso, o serviço encontra-se suspenso por tempo indeterminado. Durante o período em que o Samu Garanhuns tiver fora de atividade, todas as ocorrências seguem sendo repassadas para o Corpo de Bombeiros. A direção do órgão ressaltou que assim que o reparo for concluído as ambulâncias voltarão a atender as ocorrências normalmente e que um comunicado será emitido para conhecimento de toda população.​​


PUBLICIDADE
(CLIQUE PARA AMPLIAR)


AMBULÂNCIAS ESTÃO COM  TEMPO DE VIDA ÚTIL VENCIDO
Em contato com o Governo Municipal de Garanhuns para buscar mais esclarecimentos sobre a suspensão do atendimento do Samu, este blog foi informado que uma das causas que contribuíram para a total suspensão do serviço foi o fato de o tempo de vida útil das duas ambulâncias estar vencido há quase um ano.  É que os veículos foram comprados em 2013 e, caberia ao Governo Federal, através do Ministério da Saúde, substituí-los após três anos de uso, ou seja em maio de 2016, o que evidentemente não ocorreu.  Preocupado com o problema, já que a demanda diária das duas ambulâncias é muito alta, o prefeito Izaias Régis solicitou, ainda no ano passado via emenda parlamentar, recursos para a substituição das duas unidades. O valor da emenda, que tem a autoria do deputado federal Jorge Corte Real, é de 360 mil reais e, tão  logo o repasse seja feito ao município, as duas ambulâncias atuais serão substituídas por novas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger