CLIQUE NO BANNER E SEJA REDIRECIONADO PARA O SITE DA PREFEITURA

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

RAQUEL LIRA ABRIU MÃO DE AUMENTO: Câmara quer aumentar para R$ 12 mil salários de secretários em Caruaru

Na penúltima sessão da atual legislatura da Câmara de Vereadores de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi apresentado o projeto de reajuste do salários dos secretários municipais. De acordo com o presidente da Casa Jornalista José Carlos Florêncio, Leonardo Chaves (PDT), o aumento – caso seja aprovado – será de 30% e os salários passarão de R$ 9 mil para R$ 12 mil.

Chaves explicou que a prefeita eleita Raquel Lyra (PSDB) abriu mão do aumento e continuará recebendo o salário de procuradora do estado, já o vice-prefeito eleito, Rodrigo Pinheiro, também abriu mão do reajuste e receberá o salário de R$ 8 mil – sem aumento.

De autoria da Mesa Diretora, o projeto prevê um reajuste nos salários do Poder Executivo. O salário da prefeita passaria de R$ 16 mil para R$ 20 mil e o do vice de R$ 8 mil para R$ 14 mil. “Ela não quer que dê um centavo de aumento a ela e o vice também abriu mão. A gente vai abrir uma emenda só para os secretários”, explicou Leonardo.

O projeto foi comentado pelo presidente após os discursos de alguns vereadores que não conseguiram a reeleição. Ao final da sessão, ele disse ainda será analisada a viabilidade do projeto ser votado até a sexta-feira (23), às 10h, dia da última sessão ordinária. Quatro projetos do executivo ainda serão analisados dia 23. O reajuste dos salários dos secretários pode ser votado em 2017.

‘Demagogia comparar com salário mínimo’
O presidente da Câmara afirmou que “seria demagogia comparar um salário mínimo com um salário de um secretário”. “Eu acho um aumento muito pequeno, digo sinceramente. Um secretário de uma prefeitura de porte de Caruaru, ou arruma um secretário de segunda classe ou não arruma”, afirmou Chaves.

“Pega um médico, ele vai deixar um consultório para ganhar R$ 7 mil líquido e cuidar de uma secretária de Saúde como a nossa, ele não vai querer”, afirmou o presidente ao explicar que, na visão dele, um médico não aceitaria trabalhar na Secretaria de Saúde de Caruaru pelo salário atual que é pago.

Do G1 Caruaru

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...