CLIQUE NO BANNER E SEJA REDIRECIONADO PARA O SITE DA PREFEITURA

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Projeto que beneficiará 500 pessoas com catarata é iniciado em Garanhuns


Nessa segunda-feira (05), teve início um projeto da Fundação Altino Ventura, em parceria com a Secretaria de Saúde de Garanhuns, que irá beneficiar aproximadamente 500 garanhuenses – acima de 50 anos de idade, que sofram de catarata. O projeto está sendo desenvolvido no Centro de Especialidades de Saúde da Mulher e da Criança (Cesmuc), localizado na avenida Simôa Gomes, nº 345, bairro Heliópolis. Os atendimentos são realizados das 7h às 12h e das 14h às 17h, sendo necessário realizar inscrição prévia. O projeto segue até sexta-feira (09).

Para participar da iniciativa, é necessário que o morador realize a inscrição na Unidade Básica de Saúde (UBS) de sua abrangência. No ato, o paciente deve estar munido com documento de identidade, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS. Com a inscrição finalizada, o garanhuense será direcionado ao Cesmuc para a realização da triagem. “É uma ação muito boa e até um incentivo a mais. Esse pessoal de mais idade é complicado de procurar atendimento, e foi bom porque o pessoal do posto nos procurou e incentivou”, relatou Maria Eugenio, de 46 de idade, que estava acompanhando a sua mãe, que tem 67 anos de idade.

O projeto é desenvolvido por uma equipe especializada, composta por médicos e técnicos da Fundação Altino Ventura. O médico da instituição, que está realizando os atendimentos no Cesmuc, falou sobre a relevância do projeto. “Esse é um projeto que visa atender a população mais carente. E isso visa a prevenção da cegueira legal, principalmente por conta da catarata. Nesse atendimento, outras patologias que forem diagnosticadas também serão encaminhadas para a nossa sede em Recife. Lá, nós daremos sequência ao atendimento adequado para cada caso. E isso tudo gratuitamente”, ressalta Itamar Aragão. 

Caso o paciente seja diagnosticado com catarata, ele será encaminhado para a cirurgia, que deverá ser realizada no início de fevereiro de 2017, devido ao tempo para realização dos exames pré-operatórios que serão solicitados. “É realmente oferecido um atendimento completo a esses cidadãos, pois mesmo esses que precisem de cirurgia, após 15 dias da realização da mesma, o paciente será atendido novamente para revisão e até mesmo para a marcação da cirurgia no outro olho, caso seja necessário”, completa o secretário de Saúde de Garanhuns, Alfredo de Góis. 

Com informações da Prefeitura de Garanhuns

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...