quinta-feira, 3 de novembro de 2016

RENASCENDO DAS CINZAS: Projeto agrega novas propostas para compartilhamento de memória e saberes no Instituo Lívio Valença em São Bento do Una


Cidade de muitos artistas como o escritor Gilvan Lemos e o músico Alceu Valença, São Bento do Uma respira um novo movimento para pautado na preservação, resgate histórico e geração de novas oportunidades para população que avança capitaneado pela advogada e escritora Lívia Valença, que preside o Instituto Lívio Valença. O espaço histórico da cidade passa por processo de restauração e adaptação do prédio da antiga Cooperativa dos Produtores Rurais, a partir de projeto cultural intitulado Renascendo das Cinzas. A iniciativa, que conta com incentivos do Funcultura, envolve ainda uma série de atividades que tiveram corpo já em meados deste ano com ações de educação patrimonial direcionadas as escolas da cidade para construir o sentimento de pertencimento e reconhecimento sobre a importância do patrimônio. De acordo com Lívia Valença, proponente do projeto "Renascendo das Cinzas", a iniciativa está restaurando e readequando o prédio que será o maior complexo cultural do interior de Pernambuco, contando uma área.

Um dos mais importantes patrimônios do agreste, o Instituto Lívio Valença foi criado para prestar uma homenagem ao ex-deputado e ex-prefeito da cidade Lívio de Souza Valença, que comandou a prefeitura de 1947 a 1951. E depois de um incêndio passa agora por um amplo processo que resultará não só em um verdadeiro centro cultural para adultos e crianças como ainda ambientes de integração para valorização da tradição artesanal e produtiva. O local terá ao final duas bibliotecas (uma infantil e uma para adultos), ambiência com oficina de artes e artesanato, sementeira entre outros serviços que serão oferecidos a população da cidade, localizada a 205km da capital pernambucana. E, conforme Lívia Valença, a investida está finalizando a Primeira Etapa e já inicia a Segunda com a grata felicidade de ter tido uma Terceira aprovada para dar continuidade ao processo de transformação do espaço neste patrimônio cultural que irá beneficiar de forma imensurável a região. 

Os trabalhos envolvidos no projeto, que terá agora o “Espaço Cultural Escritor Gilvan Lemos”, envolveu em etapas anteriores as ações de educação patrimonial direcionadas à duas escolas em São Bento do Uma: uma parte foi dedicada a explanação de termos relativos ao patrimônio e bens patrimoniais da cidade, como a Corrida da Galinha (um dos mais conhecidos); e a outra envolveu visita técnica ao local do restauro do Instituto Lívio Valença para geração do sentimento de pertencimento do público educacional para perpetuação da importância desse projeto histórico e da memória de São Bento para as futuras gerações. Lívia Valença ainda adianta que atividades de lazer estão nos planos do ILV que contará ainda com Salão de jogos, Café Cultural e espaço para eventos diversificados como Feira de Livros Festivais de Música e Poesia, Parque para Eventos e Feira de Artesanato

Com informações da assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger