quarta-feira, 2 de novembro de 2016

EX-MULHER TERIA SIDO A MANDANTE: Esposa de vereador eleito de Tabira é morta com golpe de faca e polícia esclarece rapidamente o crime

Acusada foi presa

Duas pessoas foram presas e autuadas em flagrante pelo envolvimento no assassinato de Erica da Silva Souza Leite, 30 anos. A vítima era esposa do dentista, major reformado da Polícia Militar e vereador eleito de Tabira Marcílio Fernandes Valadares Vieira. O crime aconteceu por volta das 10h dessa terça-feira (1), na Zona Rural de Tabira, no Sertão do estado. Erica foi agredida por um golpe da faca no pescoço, na calçada de casa, quando voltava da academia de ginástica.

Segundo a polícia, o autor do crime foi identificado como José Tenório, conhecido como Zé galego, 58. Ele ainda teria tentado fugir pela mata, mas foi perseguido por policiais do 23º Batalhão, policiais civis e guardas municipais. José foi encontrado perto da cidade de Solidão com a faca usada no crime. Em depoimento, segundo a polícia, ele confessou o crime e apontou a mandante, que foi identificada como Maria Silvaneide da Silva Patrício, conhecida como Paquita, 44, que seria ex-mulher do vereador.
Vereador e vítima, ao centro acusada de ser a mandante
 e à direita homem que assassinou Érika

Ainda de acordo com a Polícia Civil, Maria Silvaneide negou participação no assassinato apesar das provas reunidas contra ela. Executor e mandante foram autuados em flagrante por homicídio duplamente qualificado. Os presos serão apresentados nesta quarta-feira em audiência de custódia, no plantão judiciário de Afogados de Ingazeira. O juiz decidirá se ambos seguirão para presídios ou serão liberados

MOTIVAÇÃO
 De acordo com a Tribuna do Moxotó, o crime na verdade foi um trágico desfecho após o fim de um relacionamento que Marcílio e Sílvia tiveram a quase dez anos. Desde então, ela vivia inconformada com o término da relação e passou a assumir segundo o próprio odontólogo uma postura obsessiva, de perseguição a ele e aos seus relacionamentos, segundo a apuração. Marcílio já chegou a denunciá-la por ameaça à sua esposa. Ainda segundo a Tribuna, Silvia teria confessado que pagara mil reais a Zé Galego para cometer o crime.

Com informações do Diário de Pernambuco e Tribuna do Moxotó

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger