sábado, 29 de outubro de 2016

REIVINDICAM DIREITO DE TER AULAS: Alunos contrários à ocupação da unidade da UFRPE em Garanhuns lançam carta aberta à população e afirmam que movimento que paralisou aulas não representa o desejo da maioria


Estudantes contrários à ocupação da UAG, campus da UFRPE em Garanhuns, lançaram um movimento antagônico aos que defendem a greve de alunos como protesto contra a PEC 241 aprovada esta semana em segundo turno na Câmara Federal. 

 A UAG está ocupada desde a última quarta, dia 26 de outubro, consequência de um movimento nacional que tomou várias escolas e universidades em Pernambuco e no país. Nesta quinta, uma carta aberta à população foi lançada por estudantes da UAG que não concordam com a ocupação. É o movimento UAG LIVRE. "A UAG tem em torno de 2000 alunos, mas a ocupação foi decidida apenas por 60. Portanto, nós da UAG LIVRE viemos perante à população afirmar que as assembleias que os favoráveis à ocupação fazem não nos representam. Entendo que a questão deve ser decidida de maneira democrática com a participação de todos os alunos, como fazemos nas votações para coordenador, diretório, etc. Por isso a questão será decidida em uma assembleia a ser realizada na próxima terça, 01 de novembro, onde nós vamos fazer oposição à ocupação porque ela não nos representa.  Estamos reivindicando nosso direito de estudar e de ter aula.  Muitos professores são contra essa greve", frisou o estudante de Engenharia de Alimentos, Jonathan Rodrigues.

CONFIRA A ÍNTEGRA DA CARTA ABERTA A POPULAÇÃO
Clique na imagem para melhor visualização



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger