segunda-feira, 12 de setembro de 2016

ELEIÇÕES EM GARANHUNS: PCB e Paulo Camelo duvidam de números de pesquisa que apontou amplo favoritismo de Izaías e pedem que Justiça Eleitoral investigue lisura do levantamento


A pesquisa do Instituto Opinião, encomendada pelo blogueiro Magno Martins e divulgada com ampla repercussão pela imprensa de Garanhuns no final da semana passada, continua causando polêmica sobretudo na ótica dos candidatos de oposição. O levantamento apontou uma abissal vantagem do atual prefeito e candidato à reeleição, Izaías Régis em relação aos seus oponentes, Sivaldo, Paulo Camelo, Claudomira e Valter Couto.

RELEMBRE OS NÚMEROS:
IZAÍAS: 67,3%
SIVALDO: 9,8%.
PAULO CAMELO: 2%,
CLAUDOMIRA, 1,8%
VALTER COUTO,  0,5%.
BRANCOS E NULOS: 10,3%
INDECISOS: 8,3%.

Diante dos questionamentos e dúvidas sobre a lisura da pesquisa, o PCB, do candidato Paulo Camelo, protocolou junto à 56 Zona Eleitoral um pedido para que a Justiça Eleitoral investigue todo o processo, além de proibir que o candidato Izaías Régis veicule o resultado em seus meios de propaganda. 

De acordo com Camelo, são várias as dúvidas que levaram o PCB a acionar a Justiça Eleitoral.  Uma destas, segundo ele, é que o contratante do levantamento não cita a fonte pagadora. "Qual a intenção e “bondade” do jornalista Magno Martins, em mandar o Instituto Opinião, sediado em Campina Grande/PB, fazer uma pesquisa em Garanhuns/PE, mediante pagamento pelo serviço realizado? O que sabemos é que o preço de Mercado para efeito de tal pesquisa, é em torno de R$10.000,00 e haja dinheiro e “bondade” do jornalista Magno Martins, para mandar fazer várias pesquisas em diversas cidades, a exceção da sua terra natal, Afogados da Ingazeira/PE," questiona o Partido Comunista Brasileiro, no referido requerimento.

Ainda segundo o partido, não consta outros dados inerentes a uma pesquisa dessa natureza, a exemplo da margem de erro, sexo, escolaridade, poder aquisitivo.  "Paulo Camelo, obteve, nas eleições para Prefeito em em 2012, cerca de 6,74% das intenções de voto, ou seja, 4.302 votos. Enquanto isso, nas eleições de 2014 para Deputado Federal, obteve índice similar, cerca de 3.913 em Garanhuns/PE. Como justificar tamanha queda de Paulo Camelo, para um índice menor ou igual a 2%, quando no momento atual estamos melhor posicionado", frisa outra parte do requerimento. 

A última questão abordada pelo PCB é o que a legenda chama de: absurdo índice de rejeição, 13,5%, atribuído a Paulo Camelo, sem que o mesmo tenha exercido cargo público. 

"Solicitamos-lhe os seus préstimos com o objetivo de mandar investigar a ocorrência acima, a qual fere os princípios democráticos. E proibir que o candidato Izaías Régis, divulgue tal pesquisa, ora sob suspeita, em quaisquer que sejam os meios de comunicação, incluindo carro-de- som." diz a parte final do requerimento enviado à Justiça Eleitoral.



2 comentários:

  1. Com o atual momento esses partidos PCB, PSOL, PT não me admiro em ver essa rejeição.

    ResponderExcluir
  2. As pesquisas estão corretas o problema é que a oposição não sabe o momento de ganhar e de perder

    ResponderExcluir

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger