sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Balanço de ações no 26º Festival de Inverno é divulgado pela Prefeitura de Garanhuns


O 26º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) foi encerrado na madrugada do último domingo (31). Foram 10 dias de extensa programação cultural, com cerca de 240 apresentações musicais. Autarquias e Secretarias da Prefeitura atuaram diretamente, em parceria com o Governo do Estado, na concretização do evento – que teve como última atração a banda Biquíni Cavadão, atraindo mais de 50 mil pessoas para a Praça Cultural Mestre Dominguinhos, de acordo com a Polícia Militar (PM).

A valorização dos artistas nordestinos continuou sendo a prioridade da formatação do festival, consagrado como um dos maiores do país. Em 20 polos, o público visitante pôde conferir uma grande variedade de expressões artísticas, entre elas literatura, circo, dança, exposições fotográficas, teatro e música. Ao todo, 72 artistas foram contratados pela Prefeitura de Garanhuns, resultando num investimento de pouco mais de 250 mil reais.

Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, as atrações foram divididas da seguinte forma: nove no Palco Mestre Dominguinhos, três no Palco Pop, cinco no Palco Forró, cinco no Palco Instrumental, cinco no Cultura Popular, 18 para o projeto Roda de Sanfona, um para o Palco Castelo de João Capão, quatro do Palco Boião’s, um do Palco Mamulengo, um da Dança, um de Teatro Adulto, cinco oficinas e duas exposições da Casa Galeria Galpão – além de 11 atrações do Palco Gospel.

Entre artistas e grupos convidados, 16 integraram a programação de algum palco ou oficina. Trinta quadrilhas e grupos culturais da Gerência Regional de Educação (GRE) também aceitaram o convite para se apresentarem no FIG. A grande novidade da 26ª edição foi o palco do Castelo de João Capão, que teve nove dias de programação; o Orquestrando no FIG, com apresentações da Orquestra Manoel Rabelo e convidados, funcionou cinco dias em frente ao Palácio Celso Galvão.

A Secretaria de Turismo informou que, nos meios de hospedagem – incluindo hotéis e pousadas –, a ocupação ficou em cerca de 60% em dias de semana. Já durante os finais de semana, o número chegou aos 100% na maioria dos estabelecimentos consultados.

Durante o período do FIG, de 21 a 30 de julho, a Secretaria da Mulher (Secmul), por meio do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram), realizou 22 atendimentos especializados. A nona Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher registrou 11 boletins de ocorrência.
Visando garantir a saúde dos moradores e turistas que estiveram prestigiando o FIG, a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou serviço de urgência e emergência médica móvel e fixa com equipe completa e especializada nos polos mais movimentados do evento. Durante o período de festa, a Saúde realizou 110 atendimentos no polo principal do evento, na Praça Cultural Mestre Dominguinhos, e 60 atendimentos no Parque Euclides Dourado.

Por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) foram realizadas algumas blitz noturnas para resgatar animais nas vias públicas da cidade e nas rodovias perimetrais. A equipe, composta por médicos veterinários, tratadores, laçadores e motoristas, recolheu 34 animais que se encontravam em situação de risco, sendo 26 cães, dois jumentos e dois cavalos. Após o recolhimento, os animais foram encaminhados à sede do CCZ. Parte desses animais já foram solicitados por seus proprietários e devolvidos, mediante pagamento de multa; outra parte se encontra à disposição da população para adoção responsável.

A Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária, realizou 157 cadastros, 1.413 inspeções, emitiu 5 termos de notificação, 39 autos de apreensão e inutilização e 111 licenças. Os dados totalizados referem-se ao trabalho executado na Praça Cultural Mestre Dominguinhos, no Parque Euclides Dourado e por meio da equipe móvel que esteve transitando pela cidade. Além disso, a equipe realizou um trabalho educativo, distribuindo material informativo sobre manipulação de alimentos.

A Secretaria de Assistência Social, em parceria com o Conselho Tutelar, promoveu ações com o intuito de chamar a atenção da população para os casos de violação dos direitos das crianças e adolescentes. As atividades foram divididas em dois momentos. Inicialmente, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), foram realizadas ações educativas e informativas, com distribuição de panfletos, abordando temas relacionados aos direitos das crianças e adolescentes.

Tendo em vista o Termo de Ajuste de Conduta (TAC), firmado junto ao Ministério Público (MP) de Garanhuns, os educadores sociais com os profissionais do Conselho Tutelar e a Polícia Militar (PM) fizeram cumprir-se a norma relacionada ao acesso de crianças e adolescentes no polo principal do evento, durante os shows. Nessa ação, participaram 20 profissionais da Assistência Social, sendo dezesseis educadores sociais, duas coordenadoras e dois motoristas. Em relação ao quantitativo de intervenções noturnas, três crianças e/ou adolescentes foram abordadas sob efeito de consumo de bebidas alcoólicas e/ou drogas; uma situação de trabalho infantil e 27 crianças e adolescentes desacompanhados e entregues ao responsável em domicílio. Nos casos em que não existia proteção social para criança, expondo-a a algum risco, foram comunicados ao Conselho Tutelar, para que as devidas providências fossem tomadas.

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Obras manteve um esquema de limpeza especial nas principais vias públicas e nos 15 polos culturais. Entre as ações, podem ser citadas a pintura de meio-fio, capinação em canteiros e instalação de iluminação nos entornos dos principais polos. Cerca de 100 homens estiveram espalhados. Além de 20 containers e oito caminhões compactadores utilizados na limpeza.

Uma equipe de 90 profissionais da Rede Municipal de Educação trabalhou nos dez dias do evento. A Secretaria de Educação e Esportes (Seduce) atuou no evento com programações educativas – executando-as na Praça da Palavra, com alunos do projeto “Nas Ondas da Leitura”. Na Biblioteca Luiz Brasil, o espaço de literatura infantil chegou a sua terceira edição, em parceria com o Imeph.

O Planetário Mauro Souza Lima funcionou com duas sessões, todas as tardes do festival. Já na comunidade quilombola Castainho, diversas oficinas foram vivenciadas – assim como em outros prédios de escolas municipais. A Biblioteca Ler é Preciso realizou exposição. E, em parceria com a Secretaria de Assistência Social, a Seduce se integrou à equipe social na atuação no Centro de Acolhimento.

A Secretaria de Comunicação Social, em parceria com a Gerência de Comunicação da Secult/PE, credenciou mais de 70 veículos de comunicação de todo o Brasil para a cobertura jornalística do FIG, totalizando mais de 200 profissionais identificados. A equipe municipal de Assessoria de Imprensa produziu, durante o evento, mais de 30 releases, que eram enviados diariamente para toda a imprensa. Em tempo real, na fanpage da Prefeitura de Garanhuns no Facebook, os shows noturnos tiveram cobertura. Na conta do Instagram, informações gerais dos polos também eram repassadas diariamente

Da assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger