quinta-feira, 7 de julho de 2016

SURTOU: Após levar surra em bar da Cohab III e desmaiar, homem acorda acusando a PM de espancá-lo e de ter roubado seu celular


Um desempregado de 32 anos protagonizou uma cena surreal na tarde desta quarta-feira, 06 de julho em Garanhuns. A confusão teve início em um bar da Cohab 3 e foi parar na delegacia. A sequência de fatos foi a seguinte: O desempregado Carlos Gonçalves bebia em um bar na Rua Abdênago Revoredo, na Cohab 3. Por motivos não detalhados pelo relato do 9º BPM, ele discutiu com o ajudante Marcos Alves dos Santos, de 35 anos e levou uma surra, a ponto de desmaiar. Testemunhas que presenciaram a agressão afirmam que o ajudante de pedreiro aplicou vários socos e golpes no desempregado, que desmaiou. Ao tornar a si, encontrou ao seu redor, a PM que fora chamada para dar suporte a ocorrência, mas, ao invés de narrar o fato do qual foi vítima, o que ajudaria a responsabilizar seu agressor, passou a descontar a surra que levou nos policiais. 

(“polícia de merda”, “seus pau no ..., foram alguns dos xingamentos, segundo relatório escrito na ocorrência. Como se não bastasse as palavras de baixo calão, o desempregado  passou também a acusar o efetivo policial de ter subtraído seu aparelho celular.

Diante do desacato, o envolvido foi conduzido até o Hospital Dom Moura para realização do exame traumatológico. Ao chegar na delegacia, acreditem, passou a afirmar que as lesões sofridas haviam sido causadas pelos policiais e não pelo outro imputado, no caso o ajudante de pedreiro,

Felizmente para o efetivo policial e infelizmente para o desempregado, as acusações feitas foram prontamente desmentidas pelas testemunhas que se encaminharam á delegacia. A PM não informou se o ajudante de pedreiro, responsável pelas agressões ao desempregado foi detido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger