segunda-feira, 18 de julho de 2016

Sargento do 71º BI Mtz é assassinado em Garanhuns

José Fábio

Mais um homicídio foi registrado em Garanhuns, o segundo em pouco mais de 24 horas, fechando um um final de semana bastante violento e tumultuado na Cidade das Flores.  De acordo com informações da Polícia Civil, populares acionaram uma guarnição da Polícia Militar por volta das 21 horas de ontem para informar sobre um possível homicídio às margens da BR-424, nas imediações da Fazenda Fojos, ( após o posto 13, sentido Paranatama ) aqui em Garanhuns. De posse da informação, a PM foi ao local, mas não localizou nenhum corpo. Entretanto, já na madrugada desta segunda, 18 de julho, populares voltaram a fazer contato com as autoridades policiais, desta vez com a Civil, dando a localização exata de um corpo. Ao chegar ao local, a equipe se deparou com o 3º sargento do 71º BI Mtz José Fábio da Silva Araújo, 37 anos, morto com um tiro no ouvido direito. Ele residia na Avenida Júlio Brasileiro, era natural de Belo Jardim, e era integrante da banda do batalhão. Segundo informações extraoficiais, o militar vinha sendo ameaçado.

O corpo de José Fábio foi transferido para o IML onde será necropsiado e liberado para sepultamento.  O militar havia sido promovido recentemente e estava a pouco mais de um ano no 71º BI Mtz. Em nota, o comandante do Batalhão Duarte Coelho lamentou a perda e afirmou que a unidade vai acompanhar as investigações com a finalidade de apurar o ocorrido. CONFIRA ABAIXO

NOTA DE FALECIMENTO

"É com enorme pesar que o Comando do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado (71º B I Mtz) comunica o falecimento, do 3º Sargento JOSÉ FÁBIO DA SILVA ARAÚJO, de 37 anos de idade, vítima de um suposto homicídio.

O Batalhão foi informado do ocorrido pela Polícia Civil na madrugada do dia 18 de julho de 2016, por volta de 01h, que o 3º Sargento FÁBIO havia sido encontrado morto, por volta das 18h, do dia 17 de julho de 2016 (domingo), às margens da BR 423, no município de Garanhuns, com um ferimento no ouvido direito, supostamente provocado por disparo de arma de fogo.

O Batalhão iniciou os procedimentos administrativos cabíveis a fim de apurar o ocorrido, bem como se solidariza com a perda do estimado militar e informa que está prestando todo o apoio necessário aos seus familiares."

LUIZ DUARTE DE FIGUEIREDO NETO - Tenente Coronel
Comandante do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger