terça-feira, 5 de julho de 2016

GARANHUNS SITIADA: Após série de assaltos, moradores do bairro da Brahma, em Garanhuns, pedem ao 9º BPM reforço no policiamento


Moradores do bairro José Maria Dourado, mais conhecido como bairro da Brahma, criaram recentemente um grupo no WhatsApp para discutir e propor soluções que diminuam a série de assaltos que vem sendo praticados na comunidade e para, unidos e mais fortes, cobrarem do Comandante do 9º BPM mais policiamento para o bairro.

Na tarde do último domingo, 03 de julho, uma jovem de 19 anos foi assaltada em plena luz do dia. Déborah Lavínia se deslocava pela Rua Capitão Valdemar Viana quando foi abordada por dois homens em uma moto.  "Foi muito rápido. Na hora só passou pela minha cabeça que eles pudessem me fazer algum mal. O garupa colocou a mão no casaco indicando que estava armado e mandou eu passar o celular. Depois que dei o aparelho eles foram embora", disse a jovem em contato com o blog

Após o ocorrido, dezenas de moradores da Brahma relataram sentirem-se inseguros ao sair de casa devido aos últimos acontecimentos. "O bairro é tranquilo e nunca foi de ter assaltos, mas ultimamente este tipo de crime aumentou por aqui. Presenciei um bem na esquina de casa.  Tem também o problema de termos muitas ruas escuras à noite, um convite aos marginais", desabafou um morador. "Ando com tanto medo que não posso ver uma moto com duas pessoas e já penso que é assalto", comentou outro em uma rede social. Não ando mais com celular com medo de ser assaltada", desabafou uma jovem no recém criado grupo do WhatsApp com moradores do bairro.

Um vídeo mostrando a ação dos criminosos assaltando Déborah Lavínia foi divulgado nas redes sociais. As imagens foram captadas por câmeras de segurança posicionadas em uma residência na rua onde ocorreu o crime. Nelas, é possível ver dois homens em uma moto vindo na direção contrária a da vítima. Após fazerem o reconhecimento e perceberem que a rua não tinha nenhuma movimentação, os marginais fizeram o retorno e anunciaram o assalto. Ainda de acordo com Deborah, os homens estavam em uma moto Honda CG vermelha. Ela procurou a delegacia de Polícia Civil e formalizou um Boletim de Ocorrência. "Estou em choque ainda. Fecho os olhos e vem a cena na minha mente", desabafou.


Garanhuns vem registrando nos últimos meses um aumento significativo do número de furtos e assaltos. Os casos são diários e ocorrem em praticamente todos os pontos da zona urbana. Por outro lado, a PM tem imprimido alguns reveses à bandidagem colocando alguns na cadeia mas, uma Lei penal frouxa e que beneficia os malfeitores, não os deixa passar muito tempo atrás das grades. 

Diante da sensação de insegurança, alguns cidadãos de Garanhuns estão se enveredando pelo perigoso caminho de tentar fazer justiça com as próprias mãos. Não são raros os casos, segundo registros das próprias resenhas diárias do 9º BPM, onde vítimas ou testemunhas de assaltos correm eles mesmos atrás dos marginais, muitas vezes conseguindo imobilizá-los até que que uma viatura da polícia apareça. Não é o correto. Com marginal lida a polícia que é preparada para isso. Os cidadãos têm que agir em outra frente, três, melhor dizendo. Uma é exercer sua cidadania pressionando as autoridades estaduais para que reforcem o policiamento; a segunda é cobrar do município que resolva de uma vez por todas o problema da escuridão em alguns pontos da cidade; e por último, é preciso melhorar nosso voto, exigindo dos deputados e senadores congressistas que aprovem leis mais duras onde os marginais possam passar mais tempo na cadeia. Sem isso, continuaremos reféns do medo,   sitiados em nossa própria residência, tendo nosso direito de ir e vir limitado pela violência e impunidade que adquirem ares de verdadeira epidemia no país.

VEJA O VÍDEO ABAIXO


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger