segunda-feira, 25 de julho de 2016

Com turnê Estratosférica pela primeira vez em Pernambuco, Gal Costa encanta público da 4ª noite do FIG 2016


A terceira noite de shows no palco principal do 26º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) foi uma homenagem à música popular brasileira, com direito a forró, pop rock e samba. A Praça Cultural Mestre Dominguinhos foi o cenário escolhido para quatro apresentações: Amanda Back, Josildo Sá, Karynna Spinelli e Gal Costa.

 A cantora garanhuense Amanda Back iniciou os shows do domingo (24). Com uma setlist variada, indo do pop rock ao forró, ela performou músicas de Cazuza e da cantora da nova MPB, Tiê. Amanda cantou músicas já conhecidas pelo público e fez uma homenagem aos ritmos regionais cantando com um chapéu de coro. Foi a primeira vez que ela se apresentou no palco principal. A cantora havia se apresentado em uma edição anterior do festival, no Palco Forró, localizado no Euclides Dourado. “A sensação de estar aqui no FIG é ótima, maravilhosa, não tem igual”, declarou Amanda.

Josildo Sá veio logo em seguida com o seu projeto ‘Samba de Latada’, apresentado pela quarta vez na cidade. O cantor apresentou músicas com influências vindas do forró e do samba de coco. Josildo declarou seu amor pela Suíça Pernambucana. “Garanhuns é sempre muito interessante. De vez em quando, eu venho pra cá para passar um final de semana, mesmo sem ter shows aqui, para comer bem, tomar um vinho e curtir o clima. Estou muito feliz de estar aqui cantando nesse festival”, finalizou. 

A cantora e compositora Karynna Spinelli, considerada a voz do samba pernambucano, apresentou músicas influenciadas por batuques de candomblé e samba-afro. O show contou com um intérprete de libras. Ao final, Karynna cantou a música “Como Nossos Pais”, do cantor e compositor cearense Belchior, e emocionou o público presente. 

 A noite foi encerrada pela cantora, internacionalmente conhecida, Gal Costa.O Show de Gal no FIG mesclou presente, passado e futuro. A baiana trouxe ao Palco Mestre Dominguinhos não somente as novas canções de sua turnê Estratosférica, como também cantou sucesso dos anos 90 como, Arara e dos anos 70 com destaque para a antológica Pérola Negra. A público ficou encantado. Seu nome é Gal. De acordo com a PM, 20 mil pessoas compareceram à praça na terceira noite de show no Palco Mestre Dominguinhos.

O recifense José Gomes veio com toda a família assistir ao show de Gal. “Já tentamos muitas vezes mas esse é o primeiro show dela que pudemos vir”, afirmou José, que estava na expectativa de ouvir o clássico “Meu Nome É Gal”, ao vivo, pela primeira vez. A cantora baiana apresentou sua nova turnê: “Estratosférica”, em Pernambuco, pela primeira vez, e animou o público que cantou com louvor as todas as suas canções.

Com informações da Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura de Garanhuns: fotos -Nichole de Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger