terça-feira, 5 de abril de 2016

SAIU O EDITAL: Polícia Civil de Pernambuco abre Concurso com mais de 600 vagas para Agente, Delegado e Escrivão; confira


A terça-feira, 5, começa com novidades para você que aguardava o Concurso da Polícia Civil do Pernambuco, é que o edital foi publicado no Diário Oficial do Estado e está sob a responsabilidade do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe).

São oportunidades para Agente de Polícia (500 vagas), Delegado de Polícia (97 vagas) e Escrivão de Polícia (50 vagas), do Grupo Ocupacional Policial Civil da Secretaria de Defesa Social do Estado de Pernambuco (SDS/PE), com salários que variam de R$ 3.276,42 a R$ 9.069,81.

Se você tem nível superior e disponibilidade para atuar em jornadas de 40h semanais, inscreva-se a partir das 10h do dia 7 de abril de 2016 até às 23h59 do dia 26 de abril de 2016, mediante preenchimento da ficha no site www.cespe.unb.br. Não se esqueça de pagar a taxa de participação.

Os inscritos serão classificados mediante aplicação de duas etapas sendo: Prova Objetiva, Discursiva, Prática de Digitação, Capacidade Física, Avaliação Psicológica, Exame Médico, Investigação Social, Avaliação de Títulos e Curso de Formação.

As provas objetivas e a prova discursiva serão realizadas nas cidades de Recife - PE e sua Região Metropolitana, Caruaru- PE, Serra Talhada - PE e Petrolina - PE, nas datas prováveis de 12 e 19 de junho de 2016, de acordo com o cargo pretendido.

Este Concurso tem validade de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

EDITAL DE ABERTURA Nº 01/2016

PCI Concursos

Um comentário:

  1. Ainda não entendi esse comportamento absolutamente contraditório da administração pública de Pernambuco, que em 22/12/2015, através do site oficial da SDS, lançou Nota à Imprensa (http://www.portaisgoverno.pe.gov.br/web/sds/exibir_noticia?groupId=124015&articleId=8209055&templateId=176917) para esclarecer que a exigência de 3 anos de prática jurídica não atingiria os postulantes da seleção para os 100 cargos de delegado de 2016. Até porque, não custa nada lembrar, o concurso lançado em 2015 pela UPENET, frustrado em virtude de anulação judicial por comprovação de FRAUDE, não fazia tal exigência e, portanto, esta não é cabível na ocasião do edital publicado ontem. Mais um concurso conturbado para o Estado de Pernambuco, com a certeza de muitas ações judiciais. #lamentável

    ResponderExcluir

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger