quinta-feira, 28 de abril de 2016

PERNAMBUCO: PMs aceitam proposta do governo e descartam entrar em greve

Caminhada dos PMs nesta quarta, 27 de abril, no Recife

Policiais e bombeiros militares de Pernambuco aceitaram a nova proposta do executivo estadual de reajuste, em uma segunda assembleia na Praça da República, na noite desta quarta-feira (27).  A nova proposta representou um ganho real de 20% para as categorias. Policiais e bombeiros trabalham normalmente na quinta (28).

Governo e os representantes das categorias se reuniram por duas vezes nesta quarta (27), na Secretaria de Administração de Pernambuco, no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife. A nova proposta do governo foi de elevar de R$ 350 para  R$ 400 fixos mensais de auxílio-transporte, passando a ser a partir de junho, invés de julho. A gratificação vale também para os inativos.

A nova proposta incluiu a revisão, ainda neste ano, do Código Disciplinar, além de concurso para 300 soldados dos Bombeiros. Com as gratificações, o ganho real chega a 20% para a categoria. Permaneceu a proposta de R$ 750 anuais de auxílio-uniforme pagos a partir de junho, o que equivale a R$ 62,50 mensais."Ficou acordado com o governo que, em janeiro do ano que vem, vamos discutir os reajustes reais que as categorias precisam", comemorou Alberisson Carlos, presidente da Associação dos Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE).

"O que o ativo tem o inativo também terá. A nossa força vem da nossa união. Os policiais e os bombeiros militares foram verdadeiros guerreiros, pois nós conseguimos uma grande vitória", afirmou José Roberto Vieira, presidente da Associação de Praças Policiais e Bombeiros Militares de Pernambuco (Aspra-PE).

Negociação
Na primeira reunião, o percentual médio de reajuste oferecido pelo governo em forma de gratificações foi de 17,06%, mas as categorias continuaram reivindicando 18,53% de revisão salarial. A proposta do governo inicial eras de oferecer às categorias esses percentuais de reajustes em forma de duas gratificações: R$ 750 anuais de auxílio-uniforme pagos a partir de junho, o que equivale a R$ 62,50 mensais, além de R$ 350 fixos mensais de auxílio-transporte a partir de julho.

As categorias reivindicavam reajuste salarial de 18,5% e aumento de 6,5% nos salários, além da reforma do Hospital da Polícia Militar, localizado no bairro do Derby, e da atualização do Código Disciplinar através de leis complementares.

G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger