domingo, 24 de abril de 2016

COMÉRCIO FOI O QUE MAIS DEMITIU:Garanhuns contratou 1.089 empregados com carteira assinada no primeiro trimestre e demitiu 1.151, revela Caged


Garanhuns contratou 1.089 empregados com carteira assinada e demitiu 1.551 no primeiro trimestre de 2016, totalizando uma perda de 62 postos de trabalho.  A informação é do Ministério do Trabalho e Emprego, através do CAGED.  Se não tem aberto novas vagas, o município tem conseguido, pelo menos, manter as atuais , situação  menos incômoda que a estadual, que perdeu  40.676 empregos no 1º trimestre, e que a nacional, já que o país perdeu no mesmo período, 319.150 postos de trabalho.

O setor que mais demitiu nos meses de janeiro, fevereiro e março, em Garanhuns, foi o comércio, que contratou 475 empregados, mas demitiu 571, eliminando 96 postos de trabalho.  Também tiveram saldos negativos os setores da indústria da transformação (-10),  e da agropecuária (-4).

Só houve expansão de vagas no começo deste ano em Garanhuns no setor serviços industriais de utilidade pública, com 7 contratações a mais que as demissões, na construção civil, com saldo de mais 18 vagas formais e no setor de serviços que demitiu 369, mas contratou 392.
Clique nos dois gráficos acima para melhor visualização



Março
Os dados de março do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostra que em Garanhuns foram eliminados 34 postos de trabalho com carteira assinada.  A cidade contratou 343 trabalhadores e demitiu 377. O comércio foi o que mais demitiu em março na Capital do Agreste Meridional. Foram 132 pessoas contratadas, contra 188 que perderam o emprego.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger