terça-feira, 29 de março de 2016

UM DOS MARGINAIS USAVA TORNOZELEIRA ELETRÔNICA: Residência e mercadinho são assaltados nesta segunda em Garanhuns


Após um feriadão de extrema violência no que se refere a CLVI em Garanhuns onde quatro pessoas foram mortas em um intervalo de 72 horas, a cidade voltou a mergulhar na onda de assaltos à mão armada que é ameaça constante à segurança da população. As ocorrências desse tipo de crime são quase que diárias, e em sua maioria são praticados por menores infratores, protegidos pelo véu da lei, e por ex-presidiários que sequer esquentam o colchão da cela e já são postos em liberdade para voltar a transgredir. A PM, o último pilar de defesa da sociedade contra a marginalidade, trabalha de maneira limitada e quase sempre chega ao local quando o marginal já está longe após ter mutilado, matado, ou assaltado. Menos por culpa dela, PM, e mais por falta de uma melhor infraestrutura, de mais aparato operacional e sobretudo de mais efetivo. É essa conjunção de problemas que faz a violência em Garanhuns grassar a passos largos, e a conta recai nos ombros da população.

 Dentro dessa estatística, 02 assaltos à mão armada foram registrados nesta segunda-feira, 28 de março, em pontos distintos de Garanhuns. O primeiro ocorreu ao Mercado Primícias na Rua João Alfredo, na Brasília. Dois homens armados, que chegaram em uma moto vermelha com a lameira dianteira branca, assaltaram o estabelecimento comercial citado acima. Armados de revólver eles levaram 150 reais e fugiram. A PM foi ao local, mas os marginais já haviam fugido. 

 Também às 19 horas de ontem, houve um registro de um assalto a uma residência em Garanhuns, desta vez na Rua Laura Moreira Braga, Massaranduba. E vejam que este crime vem a corroborar com o que foi falado na introdução desta matéria. Um dos assaltantes, que com uma arma ameaçaram toda a família levando  480 reais e um celular, usava tornozeleira eletrônica, provavelmente mais um marginal  a quem a Justiça concedeu erroneamente o benefício do regime aberto.  Ainda de acordo com as vítimas, eram três os suspeitos. Ninguém foi preso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger