quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Garanhuns protagoniza ato em favor da presidente Dilma


Garanhuns foi palco nesta quarta-feira, 16 de dezembro, de um ato em defesa da manutenção do mandato da presidente Dilma, ameaçado de ser abreviado por um processo de impeachment que começará seu rito na Câmara Federal no início do próximo ano.

Caravanas vieram de vários municípios do Agreste para endossar o coro contra aquilo que os contrários ao afastamento chamam de golpe. A concentração se iniciou por volta das 10 horas da manhã no Parque Euclides Dourado. Gritando palavras de ordem, tais como "Não vai ter golpe, vai ter luta", e com faixas que pediam o afastamento de Cunha da presidência da Câmara Federal, os manifestantes marcharam em direção ao centro, onde ocorreu a dispersão.

Os organizadores falam em 2.500 mil pessoas presentes ao desagravo. A mobilização em Garanhuns repercutiu para muito além das Sete Colinas pelo fato de a cidade ser erroneamente conhecida como a terra de Lula, expoente maior do PT e responsável direto pela ascensão de Dilma ao poder. O senador Humberto Costa usou seu perfil em uma rede social para publicar um vídeo sobre a manifestação na Cidade das Flores. Já o site oficial da CUT deu ampla cobertura ao ato falando em 3 mil pessoas presentes, o que a julgar pelas imagens, se traduz em um certo exagero.   


Para escapar do impeachment Dilma precisará de 172 votos, já que são necessários os votos de dois terços dos 513 deputados (342 votos) para que o processo  siga para seu julgamento final no Senado Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger