quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Em Garanhuns, pai agride filho de apenas 4 anos e homem tenta matar companheira

Confira ocorrências policiais desta terça-feira, 29/12/2015


As ocorrências policiais desta terça-feira, 29/12, na Cidade das Flores foram marcadas por casos lamentáveis de violência doméstica. No primeiro deles, um pai que havia passado o dia inteiro ingerindo bebida alcoólica agrediu o filho que chegava da escola. A PM disse que encontrou a criança com marcas no pescoço, com  a blusa rasgada e com hematomas na orelha. A agressão ocorreu por volta das 17 horas no bairro da Brasília, próximo à BR-423. O suspeito foi levado para a delegacia, mas, uma vez lá, a mãe desistiu de prestar queixa contra o agressor. Ele é Robson Deivian  da Rocha Alves, servente de Pedreiro, de 27 anos.

O outro caso registrado pela Central de Operações do 9º BPM, ocorreu por volta das 8 horas desta terça, 29/12, na Avenida Arraial do Bom Jesus, bairro  Severiano de Moraes Filho. Populares chamaram a PM ao endereço acima e relataram que uma  mulher estava sendo agredida haja vista terem escutado gritos de socorro vindos da residência.  Os PMs rapidamente chegaram ao local e entraram na casa. A cena que a guarnição viu após isso foi de revoltar até o mais experiente dos policiais. Uma mulher caída, desfalecida em baixo do chuveiro tinha sua cabeça apertada por um homem que pisava no seu pescoço. O efetivo teve dificuldade em controlar o agressor, que partiu para cima dos PMs, sendo contido à duras penas. A mulher foi socorrida pelos Bombeiros para o hospital Dom Moura onde ficou em observação.

O suspeito, que também fez ameaças à própria filha, foi identificado como sendo Carlos Wilson Pereira, 34 anos, residente na Rua da Prosperidade, bairro São José. Ele foi autuado em flagrante e desceu para a Cadeia Pública de Saloá. Já a mulher é doméstica e atende pelo nome de Maria Cidália.  Segundo informações divulgadas com exclusividade pelo blog Arlete Santos Notícias, o casal estava separado há cerca de um mês e tentava se reconciliar.  




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger