segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Falta de delegado leva caos ao plantão da Delegacia Regional em Garanhuns


A falta de delegado de plantão na  Delegacia Regional de Garanhuns (18ª DESEC), vem trazendo enormes prejuízos à população de  Garanhuns e das mais de 20 cidades do Agreste Meridional que fazem parte da sua circunscrição. A falta de delegado perdura desde ontem, 01 de novembro.

De acordo com o competente portal  Agreste Violento, que realiza uma excepcional cobertura da cena policial do Agreste,  ontem (1/11) uma equipe de agentes se apresentou para trabalhar, contudo, o delegado que estava escalado para este dia não compareceu ao plantão, e nem foi informado o motivo da ausência.

Os agentes continuaram na delegacia, mas sem poder receber as ocorrências da PM, nem registrar Boletins. A situação se complicou ainda mais neste feriado de Finados. É que os agentes que deveriam sair do plantão às 07h00min da manhã desta segunda-feira (2) tiveram que permanecer lá, uma vez que nenhum agente ou delegado se apresentou para trabalhar hoje. A equipe de plantão, de maneira responsável, decidiu  que não poderia abandonar o prédio já que este encontrava-se lotado  de pessoas detidas, além de vários familiares de envolvidos em ocorrências.


Ainda segundo o Agreste Violento,  a Polícia Militar não foi informada da situação de caos que está se passando na delegacia quanto a falta de policiais para trabalhar. Com isso, as ocorrências continuaram sendo encaminhadas com frequência para a Regional, piorando a situação.


Policiais da ROCAM do 9º BPM que deveriam sair do serviço à meia noite e às 13h00min desta segunda-feira (02/11) ficaram por um bom tempo na delegacia aguardadando um delegado para receber uma ocorrência de assalto  à residência, onde foram apreendidos arma, um carro roubado  e vários objetos. A equipe policial ficou sem se alimentar e sem ingerir água, haja vista não ter no prédio sequer água para se hidratar.


"Esperamos que os responsáveis pela instituição olhem com bons olhos para esta delegacia que é de suma importância para esta Região do Agreste, não deixando a população a mercê dessa situação vexatória e caótica, uma vez que muitos não deveriam estar ali esperando por tanto tempo e sendo constrangidos por dificuldades administrativas que é de responsabilidade do Estado," escreveu o Agreste Violento no final da publicação

Com informações do Agreste Violento

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger