domingo, 29 de novembro de 2015

Dois homens são assassinados do sábado para o domingo em Garanhuns e violência recrudesce no município


A violência urbana recrudesceu de vez em Garanhuns nesta reta final de 2015. O índice de homicídios explodiu na Cidade das Flores no mês de novembro. Somente de sexta, 27, até este domingo, 29, três pessoas foram mortas, perfazendo uma média de uma vítima fatal a cada dia. 

O primeiro assassinato ocorreu na zona rural, no Sítio Jenipapo e foi noticiado pelo blog. RELEMBRE AQUI. Já  na noite do sábado, 28/11, um homem tombou morto dentro de sua residência no Sítio Lagoa do Boi, ao ser alvejado por disparos de arma de fogo. Ele estava sozinho no imóvel quando foi surpreendido por um desconhecido que, armado com uma pistola, foi até o seu quarto e o executou a queima roupa. A vítima é Fábio da Silva Ricado da Silva Alves, de 34 anos, morador da comunidade. Fábio recebeu tiros no braço e tórax. A Polícia Civil compareceu ao local e deu início as investigações que podem elucidar o crime. O que se sabe até o momento, segundo depoimento de testemunhas, é que a vítima teria sido ameaçada de morte dias atrás após um desentendimento com outra pessoa. 

O terceiro assassinato se deu na madrugada do domingo, 29/11, na Ceaga, zona urbana de Garanhuns. A vítima é Jovane Ferreira da Silva. Ele foi encontrado caído com marcas de faca pelo corpo. Testemunhas que acionaram a Polícia não souberam dizer de que maneira o homem foi assassinado. Ele é morador do Magano e, tal como no caso do Sítio Lagoa do Boi, a Civil irá abrir um inquérito para investigar a autoria do crime.  Com a morte de Jovane, chega a 41 o número de homicídios em Garanhuns no corrente ano e, segundo informações preliminares, esse índice já supera o registrado em 2014. 

Com informações do Agreste Violento

http://agresteviolento.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger