segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Trio de canibais participa de audiência nesta quinta, 29/10, em Garanhuns


O trio que ficou conhecido mundialmente como Canibais de Garanhuns estará de volta à cidade onde foram presos na qual foi descoberto um dos mais horrendos crimes de que se tem notícia na história policial do país.  A vinda será na próxima quinta-feira, 29 de outubro, e o objetivo é participar de uma audiência referente as mortes de Alexandra Falcão e Giselly Helena. As duas foram assassinadas e esquartejadas e seus corpos foram encontrados enterrados na casa dos acusados, em Garanhuns,  em abril de 2012.

Em novembro de 2014, Jorge Beltrão Negromonte, Isabel Pires e Bruna Silva foram condenados pela morte, esquartejamento, ocultação de cadáver e prática de canibalismo contra a adolescente Jéssica Camila, de 17 anos, crime este ocorrido em Olinda em 2008. A audiência será realizada às 9 horas da manhã no fórum Ministro Eraldo Gueiros Leite, na Avenida Rui Barbosa e 26 testemunhas serão arroladas.  O 2º julgamento  de Jorge, Isabel e Bruna ainda não tem data para acontecer.

O CRIME EM GARANHUNS
Em abril de 2012 o trio foi preso em Garanhuns após restos mortais de Alexandra e Gisely serem encontrados na casa deles.

As vítimas foram  atraídas ao local por uma falsa proposta de emprego de babá para cuidar de uma criança de 5 anos.  Ao chegar na residência dos três monstros, a candidata era abordada e morta pelo grupo. Os acusados revelaram ainda que a criança é filha de uma vítima anterior, Jéssica Camila, morta em 2008 em Rio Doce, Olinda. Bruna Cristina era amante de Jorge e ajudava nas atividades da casa.


Em depoimento na época do crime à Polícia Civil de Garanhuns Isabel estarreceu a todos ao revelar que a vítima era morta, logo tinha a pele arrancada por Jorge e depois partes dos corpos eram consumidas pelos três e pela criança. Isabel ainda afirmou que coxinhas e empadas feitas por ela e vendidas nas ruas de Garanhuns continham carne das duas moças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger