segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Prefeitos vão se reunir nesta terça (22/09) na Amupe para debater a crise que assola municípios pernambucanos


Prefeitos de Pernambuco associados à Amupe foram convidados pelo presidente José Patriota (PSB) para participar de uma reunião na sede da entidade, nesta terça-feira (22), para debater os rumos da crise econômica.

As prefeituras estão passando por grandes dificuldades porque a desaceleração da economia nacional teve rebatimento direto no FPM, que é formado por parte da arrecadação do IPI e do Imposto de Renda. Como o país está em recessão, a União arrecadou menos e, consequentemente, repassou menos recursos para estados e municípios.

Em todo país, prefeitos têm realizado mobilizações para chamar a atenção da sociedade para a realidade dos cofres municipais. Em Pernambuco, as manifestações devem acontecer de forma regionalizada no mês de outubro, culminando com uma mobilização nacional, convocada pela Confederação Nacional dos Municípios na última semana do mês.

Os protestos deverão ocorrer em Carpina (Mata Norte), Palmares (Mata Sul), Caruaru (Agreste Central e Setentrional), Garanhuns (Agreste Meridional), Petrolina (Sertão do São Francisco e Itaparica), Salgueiro (Sertão do Araripe e Central) e Serra Talhada (Sertão do Moxotó e Pajeú).

A ideia é divulgar os números que fizeram as contas municipais entrar em crise: merenda escolar, transporte escolar, gastos com a saúde e outros programas federais, todos subfinanciados pela União.

Segundo Patriota, a crise poderia ser atenuada se a União pagava os R$ 35 bilhões que deve aos municípios de “restos a pagar” dos orçamentos de 2012, 2013 e 2014.

Inaldo Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger