sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Show mais caro pago pela Fundarpe no FIG 2015 custou cem mil reais, menos da metade dos dois contratados pela Prefeitura de Garanhuns

Ministério Público deve abrir procedimento investigativo para apurar suposto superfaturamento das contratações de Ana Carolina e Capital Inicial, feitas pela Prefeitura de Garanhuns


O AB/TV exibiu uma matéria nesta quinta em que um grupo de vereadores de oposição da Câmara Municipal de Garanhuns enviou ao Ministério Público local uma denúncia para que se apure suposto superfaturamento na contratação dos shows de Ana Carolina e Capital Inicial, atrações pagas pela Prefeitura de Garanhuns e que se apresentaram no Festival de Inverno deste ano. O promotor Alexandre Bezerra afirmou à reportagem da TV Asa Branca que o resultado da investigação deve sair em 30 dias. A Prefeitura foi procurada pelo AB TV e relatou que notas fiscais comprovam que o preço cobrado por Capital Inicial ( 230 mil reais) e Ana Carolina (227 mil reais) estão dentro do praticado por estes artistas em shows em outros locais do país. 

A verdade é que de fato estes dois contratos foram muito caros. Não estamos dizendo com isso que houve superfaturamento ou má fé. Até acreditamos que não tenha havido, e o Ministério Público deve dar o parecer dentro de 30 dias para dirimir todas as dúvidas. Mas o V&C fez um levantamento do valor pago pela Fundarpe aos principais artistas que se apresentaram no FIG 2015 e descobriu que nenhum cachê custou acima cem mil reais, ou seja, eles pechincharam e muito. Partindo do princípio que o Governo do Estado tem um poder aquisitivo infinitamente maior do que a Prefeitura de Garanhuns, faltou a esta última, talvez, realizar uma pesquisa mais criteriosa no mercado do show business afim de obter valores mais adequados ao momento de crise que o país atravessa.


CACHÊ PAGO  PELA FUNDARPE AOS PRINCIPAIS ARTISTAS NO FIG 2015
Racionais; 90 mil reais
Calypso:  90 mil reais
Flávio José:  48 mil reais
Lenine: 95 mil reais
Quinteto Violado 25 mil reais,
Silvério Pessoa: 19 mil reais
Assisão: 17 mil reais
Banda Eddie: 32 mil reais
Maestro forró e Bomba do Hemetério: 32 mil reais
Leo Gandelman: 12 mil reais
Pitty: 100 mil reais (show mais caro)
Fafá de Belém: 80 mil reais
Belo X e Wellington do Pandeiro: 25 mil reais
Ave Sangria: 22 mil reais
Agnaldo Timóteo: 30 mil
Moraes Moreira - 73 mil

CACHÊ PAGO ÀS DUAS PRINCIPAIS ATRAÇÕES CONTRATADAS PELA PREFEITURA
Ana Carolina: 227 mil reais
Capital Inicial: 230 mil reais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger