segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Servidores do INSS entregarão cargos de chefia em Garanhuns; greve chega a 53 dias


Os servidores do INSS decidiram hoje (31/08) em assembléia geral entregar os 37 cargos de chefia da gerência Regional do Recife e manter a greve geral que já dura 53 dias. Na semana passada, as chefias das gerências de Caruaru e Petrolina também deixaram os cargos.  Na próxima quinta-feira, os servidores que ocupam cargos de chefia na gerência do INSS em Garanhuns colocarão os cargos à disposição.

Os  trabalhadores da Previdência Social reivindicam 27% de reajuste salarial, a incorporação da gratificação à aposentadoria, o cumprimento  da jornada de 30 horas semanais e a realização de concurso público.

De acordo com José Bonifácio, coordenador-geral do Sindicato dos Trabalhadores  Públicos Federais em Saúde e Previdência Social no Estado de Pernambuco (Sindsprev), os servidores decidiram pela manutenção da greve porque as negociações com o governo federal não avançaram.

A última contraproposta encaminhada pelo Ministério do Planejamento prevê o aumento salarial de 21,3%, parcelado em quatro anos.

Hoje à tarde estava prevista uma reunião do ministro da Previdência Social (MPAS) Carlos Gabas com o Comando Nacional de Greve da CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social para tratar sobre a paralisação.
     
Do Diário de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger