sexta-feira, 5 de junho de 2015

Alagoanos são presos aplicando golpe em clientes bancários de Garanhuns


Na manhã desta sexta-feira (5), policiais civis da 2ª Delegacia de Garanhuns prenderam três alagoanos no bairro de Heliópolis em Garanhuns/PE. Eles são suspeitos de estarem aplicando golpes em clientes de banco da cidade.

A quadrilha já era investigada há um certo tempo, suspeita de estar praticando crime de estelionato na cidade. O golpe funcionava da seguinte forma: os suspeitos ligavam para os clientes de banco, se passando por funcionários das agências da cidade. No contato telefônico, os golpistas agendavam uma visita de um suposto funcionário na casa da vítima para, segundo eles, uma atualização cadastral. Durante a visita o falso funcionário entregava um envelope de depósito utilizado pelas agências bancárias fingindo ser o novo cartão com a senha. Mas na realidade tratava-se de um cartão qualquer de alguma loja ou que já estava inutilizado. Eles pediam para os clientes não abrirem o envelope com a desculpa que este só deveria ser deslacrado na agência, local onde seria desbloqueado o novo cartão. Depois pediam o cartão original e senha dos clientes dizendo que estes não tinham mais serventia. De posse dos cartões das vítimas os estelionatários efetuavam saques e compras. Seis vítimas foram identificadas até o momento.



Ainda segundo a PC, foram presos e autuados em flagrante, Renan Santos de Lima, de 38 anos, José Silvestre da Silva e, Carlos da Cruz, de 40 anos, todos residentes no Estado de Alagoas. O trio foi preso após efetuar um saques de R$ 1.000 reais, com um cartão pego de uma vítima na manhã de hoje (05/06). Os elementos estavam num veículo locado no estado alagoano. Com eles foram apreendidos: diversos cartões de bancários, R$ 1.174,00 (mil cento e setenta e quatro), reais em espécie, vários envelopes de agências bancarias, quatro celulares, carteiras porta cédulas e um tablet, além outros objetos. As pessoas que foram vítimas desses elementos devem procurar a 2ª delegacia e registrar uma queixa.

Fonte e foto - Agreste Violento


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger