segunda-feira, 4 de maio de 2015

Assembleia de professores decide pela suspensão da greve em PE

Com a suspensão da greve, aulas devem ser retomadas nesta terça, 05 de maio

Após proposta realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (Sintepe), a greve dos professores foi suspensa até pelo menos 21 de maio, quando deve ocorrer uma nova assembleia. Dessa forma, os docentes voltam às salas de aula, mas ficam em estado de greve, retomando rodadas de negociação com o governo de Pernambuco. A decisão foi tomada após assembleia, nesta segunda-feira (4), no Centro de Convenções, em Olinda, Grande Recife. A proposta teve votação acirrada. Os profissionais estavam de braços cruzados há 24 dias.

De acordo com o Sintepe, a entidade recebeu, no fim da manhã desta segunda, um documento do governo estadual sobre compromissos que seriam assumidos pela administração com a categoria, caso o movimento fosse suspenso. Dentre as medidas, estaria a publicação de uma portaria, na próxima quarta (6), tornando sem efeito os descontos efetivados pelas faltas dos professores grevistas; a punição dos docentes temporários; e a transferência dos 15 docentes de escolas de referência no Estado.

"Às vezes precisamos retroceder um pouco, para avançar mais. A proposta do sindicato de suspender a greve é para continuar a negociação e alcançarmos os objetivos. O governo também recuou em comparação à sua primeira posição", disse Fernando Melo, presidente do Sintepe.

Como a votação foi apertada, muitos que queriam a continuação da greve saíram frustrados. O professor Mateus Toledo, que representou a proposta de greve na deliberação, contou que o grupo segue junto à base, buscando apoio de mais professores, porque foram eles que estimularam a greve. "Qualquer greve sempre tem seu fim. Do jeito que foi, voltamos à estaca zero, mas vamos seguir unidos, acompanhando a negociação", afirmou.

Retomada das negociações
Com o fim da paralisação, as reuniões de negociação serão retomadas na quinta (7). O governo também se comprometeu em apresentar uma nova proposta financeira com impacto no primeiro semestre. Antes, a Secretaria de Administração iria avaliar as contas estaduais apenas em junho, quando fossem mostrados os resultados financeiros do primeiro quadrimestre.
Na sexta-feira (8), os professores têm reunião marcada  com a Procuradoria-Geral do Estado, para tratar da multa de R$ 80 mil aplicada ao sindicato por cada dia parado. Antes, na quinta, será definida com o governo o cronograma para a reposição das aulas.

Do G1 PE

GARANHUNS

Em Garanhuns, as aulas devem ser retomadas nesta terça. Pelos grupos do Whatsapp, a notícia do final da greve se espalhou rapidamente gerando ansiedade e expectativa no alunado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger