quarta-feira, 1 de abril de 2015

Propagandas sumiram das paradas de ônibus de Garanhuns e vereador diz ter reposta para o mistério

Propagandas foram colocadas nas paradas de
 ônibus de Garanhuns, mas após dias foram retiradas

Os leitores mais atentos devem ter percebido que as propagandas que haviam sido colocadas nas novas paradas de ônibus de Garanhuns foram retiradas subitamente gerando uma certa celeuma  e curiosidade. Mas porque os mini outdoor, que diga-se de passagem, embelezaram as coberturas metálicas foram retirados? O vereador Silvaldo Albino, em nota enviada à imprensa parece ter parte da resposta.

Segundo o edil, ele e sua assessoria jurídica solicitaram à prefeitura um pedido de informações para saber qual a empresa que estava comercializando essas propagandas e se o município estaria recebendo os valores pagos . "Para minha surpresa, após ter protocolado o ofício, vimos que as propagandas foram retiradas das paradas de ônibus, o que nos  causou uma interrogação do porque a mesmas foram retiradas. Após o prazo, a Prefeitura de Garanhuns respondeu nosso ofício informando que não teria feito qualquer licitação de concessão pública e nem arrecadado nenhum recurso com relação a essas propagandas, o que causou mais estranheza", diz Sivaldo na nota enviada à imprensa.

Ainda segundo o vereador do PPS, é importante saber quem arrecadou o recurso das propagandas e se este(s) tinham o aval da prefeitura para tal comercialização, a priori, irregular.


"A Prefeitura se omitiu ao ver essas propagandas serem comercializadas e não tomou nenhuma atitude. Isso me configura desvio de recursos públicos, omissão de receita, pois se utilizaram de espaço público para obter vantagem financeira", concluiu Sivaldo

Do V&C: Sobre o assunto em questão é preciso reconhecer o esforço da Prefeitura de Garanhuns que dotou a cidade com essas novas paradas, algo que era reivindicado por décadas e nenhuma administração se preocupou em fazer. Segundo, a ideia é viável haja vista que,  além de gerar recursos para a manutenção das próprias coberturas, as propagandas embelezam estes equipamentos. Por fim, não se pode fazer uma transação dessa envergadura ao arrepio da Lei de Licitações.  Se foi feito, errou o poder público municipal e as explicações têm que vir com transparência e celeridade. 






Um comentário:

  1. quero saber se ja existe notas de trinta reais,quem foi o jumento que colocou aqueles cartazes nos onibus.volta a estudar maluco.kkkkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir

Postagens ofensivas não serão publicadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
RSS Feedrss

 
Powered by Blogger